Home Top Ad

SPACE disponibiliza série "Zé do Caixão" no Youtube

Share:


Uma das mais relevantes personalidades do cinema nacional, José Mojica Marins e seu icônico personagem Zé do Caixão se tornaram figuras indispensáveis do horror brasileiro. Em 2015, criador e criatura ganhou sua primeira série nacional, no canal SPACE. Como uma homenagem ao "pai do terror", esta série será disponibilizada hoje no Youtube do canal.

"Esta foi a primeira série de ficção do canal Space Brasil. Foi escolhida a dedo tendo como objetivo homenagear um dos maiores cineastas brasileiros, mostrando seu processo de criação e produção. Nada mais justo nesse momento do que disponibilizar essa homenagem para todo público. Matheus Nachtergaele teve uma interpretação irreparável, emocionando o próprio Mojica em uma visita ao set", conta Silvia Fu, Diretora Sênior de Conteúdo da Turner Brasil.

A produção ZÉ DO CAIXÃO foi inspirada na biografia de Mojica, Maldito - A Vida e o Cinema de José Mojica Marins, escrita em 1998 pelos jornalistas Ivan Finotti e André Barcinski. O próprio Barcinski assina o roteiro do seriado, juntamente com Ricardo Grynszpan e o diretor Vitor Mafra (do longa Lascados).

Com seis episódios de 45 minutos cada, a série foca na figura de Mojica e sua carreira no cinema, mostrando as filmagens e dificuldades das produções do cineasta, além de contar paralelamente como era sua vida pessoal e a relação com elenco, produtores e equipe dos longas. Cada capítulo do programa é dedicado a um de seus filmes, incluindo Ritual dos Sádicos e À Meia-Noite Levarei sua Alma, que traz a primeira aparição do personagem Zé do Caixão.

O premiado ator Matheus Nachtergaele foi o escolhido para interpretar Mojica em toda a série. Completam o elenco Felipe Solari, que vive um produtor chamado Mário Lima, e Maria Helena Chira, conhecida por suas atuações nas novelas Ti Ti Ti e Sangue Bom, como a atriz Dirce Morais. Os pais de Mojica também aparecem no seriado e foram interpretados por Anamaria Barreto (O Casamento de Romeu e Julieta) e Walter Breda (Amores Roubados).

O primeiro episódio é focado na produção do western brasileiro, A Sina do Aventureiro onde vemos Mojica antes de se tornar seu personagem icônico. Depois acompanhamos sua transformação em À Meia-Noite Levarei sua Alma e Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver. Os três últimos capítulos mostram a fase mais transgressora do cineasta, com a trinca O Ritual dos Sádicos (também conhecido como O Despertar da Besta), Perversão e 24 Horas de Sexo Explícito, que apresenta a primeira cena de zoofilia do cinema nacional.

A produção começou no dia 9 de março de 2015, em São Paulo, e contou com gravações no Bom Retiro, Cine Olido e outros espaços da capital paulista e da cidade de Paranapiacaba.

José Mojica Marins faleceu dia 19 de fevereiro de 2020 em São Paulo, aos 83 anos, em decorrência de uma broncopneumonia.

*Horário de Brasília. Programação sujeita a alterações sem aviso prévio.