Home Top Ad

TV Brasil estreia documentário "Poetas do Villa" nesta quinta

Share:

Divulgação TV Brasil
Uma perspectiva inédita sobre a obra de Heitor Villa-Lobos inspira a produção "Poetas do Villa" que a TV Brasil estreia na faixa DOC Especial, às 22h30 desta quinta (5), Dia Nacional da Música Clássica, data celebrada no aniversário do homenageado.

Com 51 minutos, o documentário aproxima o erudito e o popular ao apresentar uma faceta pouco conhecida do compositor, maestro, violoncelista, pianista e violonista brasileiro. O longa mostra a relação da música com a poesia e de Villa-Lobos com seus parceiros na poesia.

Outro aspecto que marca a originalidade do projeto realizado pela emissora pública está na influência da cultura popular na obra de Villa-Lobos. A produção mostra com ele bebeu no berço de seresteiros e chorões da Lapa, região que frequentou.

"Poetas do Villa" apresenta cinco canções, com arranjos exclusivos e inéditos, interpretadas por diferentes cantores do cenário nacional. O doc valoriza autores da literatura brasileira cujos versos se tornaram letras de significativas composições de Heitor Villa-Lobos: "Melodia Sentimental", "Cantiga do Viúvo", "Dança (Martelo)", "Redondilha" e "Pai-do-Mato".

Conduzido a partir da costura dos depoimentos da poetisa Elisa Lucinda e do pesquisador Marcelo Rodolfo, o filme mergulha no universo das composições de Villa-Lobos ao contextualizá-las combinando entrevistas, performances e conteúdo de acervo.

O especial intercala, ainda, pinturas de Cândido Portinari que estão associadas a essas músicas. O conteúdo foi produzido pela equipe da própria TV Brasil em 2019 para recordar as seis décadas da morte do artista lembradas naquele ano.

Para interpretar os textos dos poetas, o canal escala personalidades como Elba Ramalho, Marcos Sacramento, Fernando Portari, Clarisse Grova e Júlia Vargas. Além de entoar, as composições, também declamam versos e recitam poemas no documentário.

A execução das músicas no projeto "Poetas do Villa" é realizada pelo Iroko Trio, grupo instrumental formado pela violinista Carla Rincon, a violonista Elodie Bouny e o sanfoneiro Marcelo Caldi. Todos os artistas falam sobre a emoção e o privilégio de interpretar Villa-Lobos e seus poetas na produção da TV Brasil.

Ao longo de sua trajetória, Heitor Villa-Lobos teve aproximadamente cinquenta parceiros. A produção destaca os cinco principais. Os escritores lembrados no doc são os notáveis Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira, Dora Vasconcellos, Dante Milano e Mário de Andrade.

Com direção e roteiro de Marina Barreto e Poliana Guimarães, o filme ainda traz a participação de João Portinari que comenta a relação de Villa-Lobos com as pinturas de seu pai, o pintor Cândido Portinari cujas telas ilustram o longa. Além da janela na TV Brasil, o especial entra no aplicativo EBC Play, disponível para Android, iOS e no site http://play.ebc.com.br.

Em locações feitas no Rio de Janeiro e no palco do icônico estúdio 3 da emissora pública, as performances registradas pela TV Brasil resgatam a tradição das grandes apresentações musicais realizadas nesse espaço histórico, desde a época da antiga TV Educativa do Rio de Janeiro, com astros da música brasileira.

Músicas interpretadas no documentário original "Poetas do Villa"

"Melodia Sentimental" (da "Floresta do Amazonas") (1958)

Música: Heitor Villa-Lobos

Letra: Dora Vasconcelos

Arranjo: Marcelo Caldi

"Cantiga do Viúvo" (nº 7 das "Serestas") (1926)

Música: Heitor Villa-Lobos
Letra: Carlos Drummond de Andrade

Arranjo: Marcelo Caldi

"Dança (Martelo)" (nº 2 da "Bachianas Brasileiras Nº 5") (1945)

Música: Heitor Villa-Lobos

Letra: Manuel Bandeira

Arranjo: Elodie Bouny

"Redondilha" (nº 11 das "Serestas") (1926)

Música: Heitor Villa-Lobos

Letra: Dante Milano

Arranjo: Marcelo Caldi

"Pai-do-Mato" (nº 1 das "Canções Indígenas") (1930)

Música: Heitor Villa-Lobos

Letra: Mário de Andrade

Arranjo: Elodie Bouny

"Prelúdio" ("Introdução") da Bachianas Brasileiras nº 4 (1941)
Música: Heitor Villa-Lobos

Arranjo: Marcelo Caldi

"Feliz Aniversário" (Das Canções de Cordialidade)

Música: Heitor Villa-Lobos

Letra: Manuel Bandeira

Ficha Técnica

Gênero: Documentário

Ano: 2019

País: Brasil

Duração: 51 min.

Classificação indicativa: Livre

Direção e Roteiro: Marina Barreto e Poliana Guimarães

Produção Executiva: Carolina Rocha, Marina Barreto e Poliana Guimarães

Edição e Finalização: Carlos Damião e Fabio Nehrer

Fotografia: Denis Vianna e Marcio de Andrade

Mixagem: Silas Mendes

Sonorização: Maurício Azevedo