Home Top Ad

Canal Brasil - Destaques da programação de 06 a 12 de abril

Share:

Divulgação Canal Brasil
Conheça os destaques da programação do Canal Brasil de 06 a 12 de abril.

SEGUNDA-FEIRA, 6 DE ABRIL 
  
O SOM DO VINIL
PRINCIPAL
Episódio: Áurea Martins - O Amor Em Paz (1972)
1º Horário: Segunda, 6/04, às 23h
Rebatidas: Quinta, 9/04, às 13h30; e sexta, 10/04, às 7h
Classificação: Livre 

Sinopse: Charles Gavin se jogou de cabeça no universo feminino para traçar um panorama inédito da música brasileira sob a ótica de grandes mulheres, das mais diferentes gerações. A 13ª edição do programa O Som do Vinil apresenta entrevistas com 27 intérpretes, compositoras e musicistas. Este ano, as conversas vão além da arte, e questões de gênero, machismo e homofobia são discutindas pela primeira vez. “O meio da música ainda é muito machista e até hoje a mulher é muito associada ao ofício de cantora. Não existe na língua portuguesa o feminino da palavra ‘músico’. Eu chamo as artistas da música de musicistas, mas é uma licença poética”, diz Gavin, que reuniu uma equipe inteiramente formada por mulheres para esta temporada. A direção do programa é dele e de Gabriela Gastal.
Neste episódio: “O canto para mim sempre foi uma sessão de análise”. Dona de uma das mais belas histórias de amor pela música, a eterna Áurea Martins passa a limpo os mais de 50 anos de carreira.

A ARTE DO ENCONTRO
PRINCIPAL 
Convidado: Miguel Falabella
1º Horário: Segunda, 6/04, às 23h30
Rebatidas: Terça, 7/04, às 13h30; e quinta, 9/04, às 7h
Classificação: Livre

Sinopse: Após 13 episódios comandados por Tony Ramos, Bárbara Paz assume o lugar do ator no comando da quarta temporada de “A Arte do Encontro”, do Canal Brasil. Assim como seu antecessor, Barbara recebe convidados para um encontro intimista, onde há apenas os envolvidos e uma pequena mesa. Bárbara abre uma conversa em torno de histórias de vida, infância e família, entremeadas por trajetórias profissionais. Entre as entrevistas, a apresentadora faz leituras de trechos de livros relacionados à personalidade participante.

Neste episódio: “Eu acho o mundo muito triste”. Miguel Falabella relata sua angústia acerca do uso das novas tecnologias e manifesta a importância dos encontros com pessoas notáveis.

TRANSMISSÃO 
PRINCIPAL
Convidado: Jards Macalé
Horário: Segunda, 6/4, à 0h
Rebatidas: Terça, 7/04, às 6h20; quarta, 8/04, às 13h40;  quintaa, 9/04, às 7h30; sábado, 10/04, às 9h; e domingo, 11/04, às 14h30
Classificação: 12 anos 

Sinopse: Linn da Quebrada e Jup do Bairro são duas das mais revolucionárias personalidades da nova geração da cultura brasileira. Suas apresentações de rap nas periferias são incendiárias e críticas, com letras focadas nos dilemas do universo LGBTQI, na desigualdade social e questões raciais. Suas trajetórias encantaram os documentaristas Kiko Goifman e Claudia Priscila, diretores de Bixa Travesti (2018), no qual elas expõem suas rotinas e mostram como suas posturas nos palcos visam desconstruir estereótipos de gênero, raça e classe. Novamente juntos, cineastas e cantoras estrelam o novo programa da faixa da meia-noite no Canal Brasil, dando sequência ao bastão passado por Laerte Coutinho em Transando com Laerte, que se despede da grade depois de quatro temporadas.

O talk show comandado pelas plurais artistas traz convidados para um bate-papo irreverente, no qual questões de gênero, sexo e raça são frequentemente abordadas, mas não limitadoras a conversa. O papo com Laerte Coutinho fala sobre transexualidade, mas também aborda relacionamentos amorosos e religião. Com a funkeira MC Carol, elas discutem a influência do rap na periferia e a descoberta da veia artística. A deputada Erica Malunguinho fala sobre a dificuldade de pessoas trans em ocupar espaços de poder, tanto na política quanto na academia, e a atriz Glamour Garcia fala sobre aceitação da personalidade. Há espaço ainda para os músicos Jards Macalé, Tom Zé e Letrux, o ex-prefeito Fernando Haddad, a cineasta Anna Muylaert, o ex-jogador de futebol Vampeta e a chef de cozinha Paola Carosella, entre outros.

Neste episódio:  Jards Macalé critica a marginalização de artistas e define a sociedade atual como repressora e atrasada, afirmando estar novamente do lado certo da história.

TERÇA-FEIRA, 7 DE ABRIL

PORNOLÂNDIA
PRINCIPAL
Episódio: A Pornografia Sem Limites do Sacana André
1º Horário: Terça, 7/04, à 0h15 
Rebatidas: Quinta, 9/04, às 2h55; sexta, 10/04, às 5h; e sábado, 11/04, à 1h55
Classificação: 16 anos 

Sinopse: A musa da pornochanchada Nicole Puzzi retorna à tela do Canal Brasil em entrevistas picantes, com membros do universo da pornografia e do erotismo no país. Sempre em tom irreverente, a apresentadora discute abertamente temas como fetiche, sensualidade, nudez artística e o mercado brasileiro de filmes adultos. A anfitriã está ainda mais curiosa e provocativa no quinto ano do programa, seja investigando as práticas sexuais menos comuns, revendo os velhos amigos ou conversando com figuras da indústria pornô. 

Neste episódio:  Nicole Puzzi saiu chocada deste papo irreverente com André Hot, um dos maiores nomes da pornografia nacional. O rapaz revela como foi expulso do “Youtube” e fez a sua fama em sites eróticos.
 
QUARTA-FEIRA, 8 DE ABRIL 

FAVELA GAY – PERIFERIAS LGBTQI+ 
INÉDITO
Episódio: Joice
1º Horário: Quarta, 8/04, às 19h30
Rebatidas: Segunda, 13/04, às 12h30; e terça, 14/04, às 7h
Classificação: 12 anos 

Sinopse: No documentário “Favela Gay” lançado em 2014, Rodrigo Felha mostrou o cotidiano de homossexuais de favelas do Rio de Janeiro. Em seu mais recente trabalho, o cineasta expande o roteiro e segue para outras cidades do país para entender como é a rotina da população LGBTQI+ fora dos grandes centros. A atração visita várias comunidades e traz os mais diversos depoimentos de homossexuais habitantes desses locais, que fazem relatos reveladores sobre a soma dos preconceitos de classe social e opção sexual.

Neste episódio:  A série apresenta a perspectiva das diferentes periferias do Brasil a partir do olhar do universo LGBTQI+. No terceiro episódio, conheça as dificuldades enfrentadas por Joice.

QUINTA-FEIRA, 9 DE ABRIL

FAIXA MUSICAL
BIQUINI CAVADÃO - AO VIVO
PRINCIPAL
1º Horário: Quinta, 9/04, às 11h40 
Rebatidas: Terça, 14/04, às 7h50; e quarta, 15/04, às 10h10
Classificação: Livre

Sinopse: O show convida o público a fazer coro num espetáculo que mistura clássicos a canções inéditas. No repertório, "Tédio", "Timidez", "Impossível" e "Zé Ninguém".

O PAÍS DO CINEMA
PRINCIPAL
Episódio: Domingo
1º Horário: Quinta, 9/04, à 0h
Rebatidas: Sábado, 11/04, às 13h; e quarta, 15/04, às 7h
Classificação: 14 anos

Sinopse: Andréia Horta volta ao papel de apresentadora de TV: pelo segundo ano, a atriz está à frente de “O País do Cinema”. No quarto ano da atração, a atriz recebe realizadores, diretores e intérpretes e coloca em pauta uma abordagem crítica e informativa da produção nacional. Este ano, o programa dirigido por Marcello Ludwig Maia foca sua atenção em filmes da mais recente safra do cinema brasileiro. Entre os filmes escolhidos para esta temporada estão trabalhos de artistas como Kleber Mendonça Filho, Gabriela Amaral Almeida, Murilo Salles, Marco Nanini, Andrea Beltrão, Walter Carvalho, Daniela Thomas e Andrucha Waddington. Para ilustrar as entrevistas, são exibidas cenas das obras e imagens de making of.

Neste episódio: Andréia Horta recebe Camila Morgado e Ítala Nandi para uma conversa sobre “Domingo”. As atrizes destacam o improviso no set de filmagem e revelam a proximidade entre elas e suas personagens.

SEXTA-FEIRA, 10 DE ABRIL

TIM MAIA – VALE O QUE VIER
ESTREIA 
Episódio: 1
1º Horário: Sexta, 10/04, às 22h30
Rebatida: Sábado, 11/04, às 13h30; domingo, 12/04, às 2h e  às 9h40; e segunda, 13/04, à 0h30
Classificação: 14 anos 

Sinopse: A minissérie estrelada por Babu Santana, Robson Nunes, Alinne Moraes, George Sauma, Cauã Reymond, Luis Lobianco, entre outros, remonta a biografia de Tim Maia (vivido por Robson Nunes na adolescência e por Babu Santana na fase adulta), uma das maiores vozes da história da música brasileira. A atração, que mescla cenas ficcionais com depoimentos de grandes nomes da cultura nacional que conviveram com o cantor, percorre toda a história do artista, desde a infância, o início conturbado da carreira, a consolidação com seu timbre inconfundível no topo das paradas nacionais e os problemas causados por sua personalidade difícil.

Neste episódio: Durante a juventude, Tim Maia faz entregas para ajudar em casa. O interesse pela música surge quando ele ganha um violão de presente. Com a morte do pai, o jovem artista deixa o Brasil.