Home Top Ad

Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 20 a 26 de abril

Share:

Divulgação Canal Brasil
Conheça os filmes em destaque na programação do Canal Brasil de 20 a 26 de abril.

SEGUNDA-FEIRA, 20 DE ABRIL

BUFO & SPALLANZANI (2001) (101’)
[Homenagem a Rubem Fonseca]
Horário: Segunda, 20/04, às 21h20
Classificação: 16 anos
Direção: Flávio R. Tambellini

Sinopse: Baseado na obra homônima do escritor Rubem Fonseca, o filme narra a história de Gustavo Flávio (José Mayer), um autor de sucesso que vive uma crise por falta de inspiração. Mas há pouco mais de uma década, tudo era bem diferente, já que Gustavo era Ivan Canabrava, funcionário de uma seguradora. Ele investigava o caso do fazendeiro que morreu logo após fazer um seguro no valor de um milhão de dólares. Desconfiado de uma possível fraude, o detetive começa a montar um complicado quebra-cabeças, envolvendo interesses de pessoas poderosas.

A transformação do empregado fracassado no escritor de renome começa quando ele é demitido da seguradora, abandonado pela esposa e, em meio às turbulências, conhece Minolta (Isabel Guéron), que dá uma guinada em sua vida. Ele mantém um romance secreto com a milionária Delfina (Maitê Proença), esposa do empresário Eugênio Delamare (Gracindo Jr.). Certo dia, a mulher aparece morta e, supostamente, teria se suicidado. O escritor acredita que o marido a tenha assassinado e procura pelo inspetor Guedes (Tony Ramos), responsável por averiguar os fatos. Envolto em uma atmosfera de ameaças e medo de represálias, Gustavo Flávio se isola numa chácara para tentar dar continuidade ao livro Bufo & Spallanzani.

TERÇA-FEIRA, 21 DE ABRIL

ANA E VITÓRIA (2018) (1115’)
Horário: Terça, 21/04, às 20h
Classificação: 12 anos
Direção: Matheus Souza

Sinopse: Ana (Ana Caetano) e Vitória (Vitória Falcão) já haviam estudado juntas, mas apenas se aproximam de fato em uma festa realizada na pequena Araguaína, no Tocantins, muito longe do Rio, sua cidade natal. Após se apresentar na festa, Ana fica impressionada com a informal cantoria de Vitória, em uma rodinha de violão. Logo surge a ideia de gravarem algo juntas, que rapidamente explode na internet e chama a atenção do produtor Felipe Simas (Bruce Gomlevsky). A fama repentina as traz de volta ao Rio de Janeiro, para um show transmitido pela internet e a produção de seu primeiro CD.

QUARTA-FEIRA, 22 DE ABRIL

TORRE DAS DONZELAS (2019) (92’) 
ESTREIA
[É Tudo Verdade]
Horário: Quarta, 22/04, às 20h
Classificação: 12 anos
Direção: Susanna Lira

Sinopse: O Presídio Tiradentes foi o calvário de diversas mulheres consideradas terroristas pelo regime militar, presas sem qualquer direito e vítimas da tortura dos órgãos oficiais de repressão. O documentário de Susanna Lira recria as acomodações de muitas das detentas que passaram pela casa de detenção – entre elas, a ex-presidenta Dilma Rousseff – e denuncia as cruéis experiências a que foram expostas nas mãos da brutalidade do regime militar.

QUINTA-FEIRA, 23 DE ABRIL

ÚLTIMA PARADA - 174 (2008) (108’)
Horário: Quinta, 23/04, à 0h30
Classificação: 16 anos
Direção: Breno Barreto

Sinopse: Rio de Janeiro, 1983. Marisa (Cris Vianna) amamenta o pequeno Alessandro (Marcello Melo Jr.), em sua casa na favela. Viciada em drogas, assiste impotente seu filho ser retirado de suas mãos pelo chefe do tráfico local, devido à uma dívida não paga. Dez anos depois Sandro (Michel Gomes), filho único, vê sua mãe ser morta por dois ladrões. Apesar de ficar sob os cuidados da tia, ele decide fugir e passa a conviver com um grupo de garotos que dorme na igreja da Candelária, onde tem acesso ao mundo das drogas. Apesar de não saber ler ou escrever, Sandro sonha em ser um famoso compositor de rap. Para tanto ele espera a ajuda de Walquíria (Anna Cotrim), que realiza um trabalho voluntário junto a meninos de rua. Só que Sandro testemunha mais uma tragédia, a chacina da Candelária, onde oito meninos de rua foram mortos pela polícia. Este evento aproxima Sandro e Alessandro, que passam a ter um forte convívio.

SEXTA-FEIRA, 24 DE ABRIL

10 SEGUNDOS PARA VENCER (2018) (115’)
Horário: Sexta, 24/04, às 20h30
Classificação: 14 anos
Direção: José Alvarenga Jr.

Sinopse: O paulistano Eder Jofre (Daniel de Oliveira) viveu desde criança entre as cordas dos ringues de boxe. Filho do respeitado pugilista argentino Kid Jofre (Osmar Prado), passou boa parte de sua infância assistindo aos treinamentos do pai e desferindo socos na tímida academia da família, onde o brigão Antonio Zumbano (Ricardo Gelli), estrela em ascensão no esporte, também trocava ganchos, cruzados e diretos. O talento do homem, no entanto, era inversamente proporcional ao seu comprometimento e, após mais uma confusão em um bar do bairro do Peruche, em São Paulo, o atleta morre, vítima de uma garrafada. O “galinho de ouro”, então, como o principal boxeador do centro de esportes e, com grande determinação e uma cobrança imparável do pai, começa a despontar como um talento da nobre arte. O filme percorre a vitoriosa carreira do peso-galo nos ringues mundo afora, adicionando pitadas de drama familiar a cada duelo.

SÁBADO, 25 DE ABRIL

LOVE FILM FESTIVAL (2017) (95’)
Horário: Sábado, 25/04, às 22h55
Classificação: 16 anos
Direção: Manuela Dias

Sinopse: Estrelado por Leandra Leal, Manolo Cardona, Nanda Costa e Eduardo Moscovis, o drama narra a história de um amor impossível entre uma roteirista brasileira e um ator colombiano. Luzia (Leandra Leal), uma roteirista brasileira, e Adrián (Manolo Cardona), um ator colombiano, se conhecem e se apaixonam em noite chuvosa no Festival de Santa Maria da Feira, em Portugal. Nasce ali uma história de amor que é desenvolvida em outros cinco encontros, todos eles em mostras de cinema ao redor do mundo. 

DOMINGO, 26 DE ABRIL

O CHEIRO DO RALO (2007) (112’)
Horário: Domingo, 26/04, às 21h50
Classificação: 14 anos
Direção: Heitor Dhalia

Sinopse: Lourenço (Selton Mello) é o dono de uma loja que compra objetos usados. Aos poucos ele desenvolve um jogo com seus clientes, trocando a frieza pelo prazer que sente ao explorá-los, já que sempre estão em sérias dificuldades financeiras. Ao mesmo tempo Lourenço passa a ver as pessoas como se estivessem à venda, identificando-as através de uma característica ou um objeto que lhe é oferecido. Incomodado com o permanente e fedorento cheiro do ralo que existe em sua loja, Lourenço vê seu mundo ruir quando é obrigado a se relacionar com uma das pessoas que julgava controlar.