Home Top Ad

Canal Brasil - Destaques da programação de 25 a 31 de maio

Share:

Divulgação Canal Brasil
Conheça os destaques da programação do Canal Brasil de 25 a 31 de maio. 

O Som Do Vinil – Canção Do Amor Demais (1958)
Horário:
SEGUNDA, DIA 25, ÀS 23H
QUINTA, DIA 28, ÀS 13H30
SEXTA, DIA 29, ÀS 7H
PRINCIPAL
Classificação: Livre

Sinopse: Charles Gavin se jogou de cabeça no universo feminino para traçar um panorama inédito da música brasileira sob a ótica de grandes mulheres, das mais diferentes gerações. A 13ª edição do programa O Som do Vinil apresenta entrevistas com 27 intérpretes, compositoras e musicistas. Este ano, as conversas vão além da arte, e questões de gênero, machismo e homofobia são discutindas pela primeira vez. “O meio da música ainda é muito machista e até hoje a mulher é muito associada ao ofício de cantora. Não existe na língua portuguesa o feminino da palavra ‘músico’. Eu chamo as artistas da música de musicistas, mas é uma licença poética”, diz Gavin, que reuniu uma equipe inteiramente formada por mulheres para esta temporada. A direção do programa é dele e de Gabriela Gastal.

Neste episódio: “O permanente não envelhece”. Olívia Byington presta justa homenagem à obra de Elizeth Cardoso e destaca as dificuldades enfrentadas pelo universo feminino para conquistar espaço na música.

A Arte Do Encontro – Marjorie Estiano
Horário:
SEGUNDA, DIA 25, ÀS 23H30
TERÇA, DIA 26, ÀS 13H30
QUINTA, DIA 28, ÀS 7H
PRINCIPAL
Classificação: Livre

Sinopse: Após 13 episódios comandados por Tony Ramos, Bárbara Paz assume o lugar do ator no comando da quarta temporada de “A Arte do Encontro”, do Canal Brasil. Assim como seu antecessor, Barbara recebe convidados para um encontro intimista, onde há apenas os envolvidos e uma pequena mesa. Bárbara abre uma conversa em torno de histórias de vida, infância e família, entremeadas por trajetórias profissionais. Entre as entrevistas, a apresentadora faz leituras de trechos de livros relacionados à personalidade participante.

Neste episódio: A atriz Marjorie Estiano fala sobre o sentimento angustiante de perceber a difusão de ódio atualmente e critica a percepção de urgência que transforma o sentido de nossa existência.

Transmissão – Rita Cadilac
Horário:
SEGUNDA, DIA 25, À 0H
SEXTA, DIA 29, ÀS 13H45
SÁBADO, DIA 30, ÀS 7H
PRINCIPAL
Classificação: 12 anos

Sinopse: Linn da Quebrada e Jup do Bairro são duas das mais revolucionárias personalidades da nova geração da cultura brasileira. Suas apresentações de rap nas periferias são incendiárias e críticas, com letras focadas nos dilemas do universo LGBTQI, na desigualdade social e questões raciais. Suas trajetórias encantaram os documentaristas Kiko Goifman e Claudia Priscila, diretores de Bixa Travesti (2018), no qual elas expõem suas rotinas e mostram como suas posturas nos palcos visam desconstruir estereótipos de gênero, raça e classe. Novamente juntos, cineastas e cantoras estrelam o novo programa da faixa da meia-noite no Canal Brasil, dando sequência ao bastão passado por Laerte Coutinho em Transando com Laerte, que se despede da grade depois de quatro temporadas.

O talk show comandado pelas plurais artistas traz convidados para um bate-papo irreverente, no qual questões de gênero, sexo e raça são frequentemente abordadas, mas não limitadoras a conversa. O papo com Laerte Coutinho fala sobre transexualidade, mas também aborda relacionamentos amorosos e religião. Com a funkeira MC Carol, elas discutem a influência do rap na periferia e a descoberta da veia artística. A deputada Erica Malunguinho fala sobre a dificuldade de pessoas trans em ocupar espaços de poder, tanto na política quanto na academia, e a atriz Glamour Garcia fala sobre aceitação da personalidade. Há espaço ainda para os músicos Jards Macalé, Tom Zé e Letrux, o ex-prefeito Fernando Haddad, a cineasta Anna Muylaert, o ex-jogador de futebol Vampeta e a chef de cozinha Paola Carosella, entre outros.

Neste episódio:  A eterna chacrete Rita Cadilac fala com saudosismo sobre o tempo em que se apresentava nas prisões pelo Brasil e revela como lida com o envelhecimento.

Pornolândia – Não É Fantasia, É Cosplay
Horário:
SEGUNDA, DIA 25, À 0H15
TERÇA, DIA 26, À 3H45
DOMINGO, DIA 31, ÀS 5H
PRINCIPAL
Classificação: 16 anos

Sinopse: A musa da pornochanchada Nicole Puzzi retorna à tela do Canal Brasil em entrevistas picantes, com membros do universo da pornografia e do erotismo no país. Sempre em tom irreverente, a apresentadora discute abertamente temas como fetiche, sensualidade, nudez artística e o mercado brasileiro de filmes adultos. A anfitriã está ainda mais curiosa e provocativa no quinto ano do programa, seja investigando as práticas sexuais menos comuns, revendo os velhos amigos ou conversando com figuras da indústria pornô.

Neste episódio:  “Cosplay não é consentimento”. A atriz Thuany Salvioli fala sobre a hipersexualização do seu trabalho como cosplayer e explica o tesão em homenagear os seus personagens favoritos.

Favela Gay – Periferias Lgbtqi+
Horário:
QUARTA, DIA 27, ÀS 19H30
SEGUNDA, DIA 01, ÀS 12H30
TERÇA, DIA 02, ÀS 7H
INÉDITO
Classificação: 12 anos

Sinopse: No documentário “Favela Gay” lançado em 2014, Rodrigo Felha mostrou o cotidiano de homossexuais de favelas do Rio de Janeiro. Em seu mais recente trabalho, o cineasta expande o roteiro e segue para outras cidades do país para entender como é a rotina da população LGBTQI+ fora dos grandes centros. A atração visita várias comunidades e traz os mais diversos depoimentos de homossexuais habitantes desses locais, que fazem relatos reveladores sobre a soma dos preconceitos de classe social e opção sexual.

Neste episódio:  A série apresenta a perspectiva das diferentes periferias do Brasil a partir do olhar do universo LGBTQI+. No episódio final, conheça as dificuldades enfrentadas por Tiffany.

Faixa musical – Lô borges ao vivo no circo voador
Horário:
QUINTA, DIA 28, ÀS 11H50
TERÇA, DIA 02, ÀS 7H30
QUARTA, DIA 03, ÀS 10H
PRINCIPAL
Classificação: Livre

Sinopse: A cantora portuguesa Susana Travassos homenageia os 40 anos de carreira de Ana Terra. O repertório traz faixas como “Essa Mulher”, “Guardiã das Canções” e “Amor, Meu Grande Amor”.

O País Do Cinema – Tinta Bruta
Horário:
QUINTA, DIA 28, À 0H
SÁBADO, DIA 30, ÀS 13H
QUARTA, DIA 03, ÀS 7H
PRINCIPAL
Classificação: 14 anos

Sinopse: Andréia Horta volta ao papel de apresentadora de TV: pelo segundo ano, a atriz está à frente de “O País do Cinema”. No quarto ano da atração, a atriz recebe realizadores, diretores e intérpretes e coloca em pauta uma abordagem crítica e informativa da produção nacional. Este ano, o programa dirigido por Marcello Ludwig Maia foca sua atenção em filmes da mais recente safra do cinema brasileiro. Entre os filmes escolhidos para esta temporada estão trabalhos de artistas como Kleber Mendonça Filho, Gabriela Amaral Almeida, Murilo Salles, Marco Nanini, Andrea Beltrão, Walter Carvalho, Daniela Thomas e Andrucha Waddington. Para ilustrar as entrevistas, são exibidas cenas das obras e imagens de making of.

Neste episódio: “A opressão é construída a partir do silêncio”. Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, diretores de “Tinta Bruta”, abordam o perigo da omissão perante diferentes tipos de violência.

Larica Total – A Cebola Pirata do Deserto Australiano
Horário:
SEXTA, DIA 29, ÀS 22H
SÁBADO, DIA 30, ÀS 13H30
DOMINGO, DIA 31, 1H30
DOMINGO, DIA 31, ÀS 9H40
SEGUNDA, DIA 01, À 0H30
PRINCIPAL
Classificação: 10 anos

Sinopse: Está de volta ao Canal Brasil a terceira e última temporada da sátira a programas de culinária descolados exibidos por canais de televisão por assinatura. Ao contrário dos apresentadores experientes, treinados nas cozinhas de sofisticados restaurantes –, Paulo Oliveira (Paulo Tiefenthaler) é um solteirão que se vira como pode. Seu objetivo é apresentar receitas de pratos fáceis, capazes de satisfazer pessoas sem paciência, vontade, ingredientes ou equipamentos adequados no preparo de refeições.

Neste episódio: Alta espionagem e culinária de guerrilha. Paulo Oliveira se arrisca na linha de frente da gastronomia industrial e descobre como é feita a famosa “Cebola do Deserto Australiano”.

Malasartes – A Série – ep 2
Horário:
SEXTA, DIA 29, ÀS 22H30
SÁBADO, DIA 30, ÀS 14H
DOMINGO, DIA 31, ÀS 2H
DOMINGO, DIA 31, ÀS 10H10
TERÇA, DIA 02, À 1H
PRINCIPAL
Classificação: 14 anos

Sinopse: Malasartes (Jesuíta Barbosa) é um homem simples de ares caipiras cujos dias são dedicados a praticar pequenos golpes em todos ao seu redor. Como sempre está em busca de tirar vantagem a partir da inocência alheia, o trambiqueiro está constantemente envolvido em problemas. O principal deles é a vontade de conquistar o coração de Áurea (Isis Valverde), apesar da resistência do grosseiro Próspero (Milhem Cortaz), irmão da jovem, nada receptivo à ideia de vê-los como um casal. No dia de seu aniversário, ele finalmente recebe a visita de seu padrinho (Júlio Andrade), sem saber se tratar da personificação da morte. Pela primeira vez, não vai bastar enganar os vivos e sua astúcia será testada com os entes do mundo sobrenatural.

Neste episódio: Série adaptada do filme “Malasartes e O Duelo Com a Morte”. Pedro Malasartes aproveita para lucrar com o dom que a morte lhe deu, mas as consequências podem colocar sua vida em risco.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.