Home Top Ad

Um dos grandes fenômenos da internet atualmente, Pyong Lee é o convidado do 'Luciana By Night' desta terça-feira na Rede TV!

Share:

 Divulgação/RedeTV!
Pai do pequeno Jake, fruto de seu relacionamento com a influenciadora digital Sammy Lee, Pyong comenta a decisão de ter aceitado participar da última edição do Big Brother Brasil, sabendo que isso implicaria em perder o nascimento do primogênito, atualmente com quase três meses de vida. “Quando surgiu o convite eu conversei com a Sammy e, depois de alguns dias, ela me deu a resposta [consentindo]. Se ela falasse que não, para mim seria não porque não teria sentido ir sem ter o apoio da minha esposa”, explica ele, ressaltando que os prós falaram mais alto em relação aos contras. “Oportunidades melhores para o Jake, para mim e para a Sammy também, que é cantora, atriz. Por isso, resolvemos encarar o desafio."

Durante o quadro 'Atende ou Bloqueia', o hipnólogo compartilha momentos marcantes que viveu durante o reality e revela que a modelo Rafaela Kalimann foi a pessoa com a qual ele se conectou mais rápido dentro do programa. “Nos primeiros dias a gente conversou muito sobre nossas vidas, sobre sermos cristãos, trocamos muita energia boa logo no início”, diz. “Eu estava torcendo por ela [depois que saí]. Até formar a final do jeito que foi formada, eu tinha quase certeza que a Rafa iria ganhar", revela.

A grande vencedora da 20ª edição do Big Brother Brasil foi a médica anestesista Thelma Assis. Ao falar da conquista da colega, ele elogia: “Mais do que justa, eu achei que foi uma vitória necessária. Naquele momento final, foi o melhor que podia ter acontecido. Eu sabia que ela iria longe dentro do jogo, mas não imaginei que ela fosse ganhar. Não que eu duvidasse da capacidade dela, mas a Rafa, para mim, na leitura do jogo, estava muito forte”, avalia o ex-participante.

A entrevista completa irá ao ar no 'Luciana By Night’ de hoje, às 23h30, na RedeTV!.