Home Top Ad

Naiara Azevedo e Belutti falam das festas juninas em quarentena no 'Tamanho Família'

Share:

Divulgação Globo/Raquel Cunha
Fogueira, pamonha, quentão. Esse ano, as festas de São João vão ser diferentes para Naiara Azevedo e Belutti. Acostumados a uma atividade intensa nessa época do ano, em quarentena eles tiveram que adaptar suas atividades e já tem planos de eventos em família quando o isolamento social terminar. Neste domingo, o público e seus parentes vão poder matar as saudades dos cantores no ‘Tamanho Família’, ouvindo os dois e os assistindo revisitar a infância e suas trajetórias profissionais. Ela levou os pais e a irmã e ele formou o time com a mulher, a mãe e a irmã.
“A gente ama festa junina. Em junho fazemos em torno de 20 shows e ficamos um pouco assustados. Aqui em casa vamos organizar uma festa só para nós três para não passar em branco, com as comidinhas típicas, e já passar para o Luis Miguel essa tradição. Mas temos que ter a consciência de que isso vai passar - e tomara Deus que seja somente este ano - e que ano que vem a gente possa festejar muito, seja fazendo shows e pulando fogueira”, torce Belutti.
“Amo tudo de festa junina, fogos, fogueira, comidas típicas, músicas. Amo os shows que a gente faz e eu sinto muita falta dos palcos. Deu uma assustada agora que chegou o mês de junho. É o mês que a gente faz de dois a três shows numa noite, com shows quase todo dia. Então, está sendo bem diferente. Sei que somos um dos últimos setores que vai voltar a trabalhar, mas a gente não pode deixar a peteca cair. Temos uma responsabilidade muito grande, tanto com o público, quanto com os nossos compromissos financeiros e de trabalho, então, estamos trabalhando muito. A diferença é que agora trabalho de casa”, conta Naiara. 
Para o pós-pandemia, os dois já planejam uma comilança em família. “Quando tudo isso acabar quero fazer um churrasco bem bom com todo mundo”, diz Naiara. “Quero sair pra comer todo mundo junto, pegar uma mesona, um restaurante bem gostoso, de comida italiana ou churrascaria, comer, tomar cervejinha, me esbaldar”, completa Belutti.
No programa de domingo, o público vai poder ouvir a cantora contar como começou a cantar escondido e que o pai só foi saber da profissão quando ela já estava bombando nas rádios. “Eu me viro sozinha, sou do tipo que sempre pega a bomba para resolver. Com 16 anos fui embora, queria ganhar o mundo. E assim foi”, lembra ela, que, admite, sempre foi muito moleca, mas determinada: “Para mim, nunca existiu ‘não posso’, ‘não consigo’ e ‘não sei’.” Determinação também sempre foi palavra de ordem na vida de Belutti. “Fui o primeiro a sair de casa, o primeiro a casar, o primeiro a ter filho...”, enumera ele, que vê a família e a música como base e refúgio. “Na hora das dificuldades é quando a família mais se une”, resume ele. 
'Tamanho Família' tem direção geral de Angélica Campos e redação final de Elbio Valente e vai ao ar depois de ‘Esporte Espetacular’.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.