Home Top Ad

Alessandra faz capeletti pela primeira vez e conquista título de ''MasterChef''

Share:

Divulgação Band
Na noite dessa terça-feira (28), a mineira Alessandra, de 47 anos, conquistou o terceiro troféu da nova temporada do MasterChef depois de preparar um capeletti pela primeira vez. Em entrevista ao Portal da Band, ela revelou que embora tenha certa familiaridade com massas - já que sempre faz lasanha para a família - não estudou para estar na competição. “O meu treino é o dia a dia. Como tenho muitos afazeres, uso a minha rotina para treinar formas de me superar sempre e foi isso que mostrei no programa. Tento evoluir a todo momento e o meu prato mostrou quem eu sou”, disse ela, que mora há 27 anos em Guaratinguetá, no interior de São Paulo. Assista aqui ao terceiro episódio!

Apaixonada por gastronomia, a secretária escolar contou que participar do talent show foi a realização de um sonho. “Quando o programa começou no Brasil, eu dava palpite, dizia que se estivesse nele faria isso ou aquilo. Assisti à cada temporada com os olhos brilhando e imaginando ter um prato experimentado pelos chefs. Chegar aqui e escutar do Fogaça que, desde a primeira prova, ele viu em mim uma cozinheira, não tem preço. A satisfação é muito grande”, entregou a participante que nunca tinha estado em uma cozinha industrial antes. “Vim aqui despretensiosamente para me divertir e cozinhar, que é o que eu amo fazer. Gosto da minha profissão, mas a culinária veio como uma forma de me encontrar, é uma terapia”.

Sobre os planos para o futuro, a campeã afirma que quer abrir um restaurante quando se aposentar. “Pretendo servir comida reconfortante, de mãe, lá em Guaratinguetá. Quero algo aconchegante e pequeno. Ainda não idealizei os detalhes, mas será comida de casa com qualidade MasterChef”, garantiu.

Além de levar para casa o cobiçado troféu MasterChef Brasil 2020, Alessandra ganhou R$ 5 mil do PicPay e doou a mesma quantia para o Manaós Grupo, uma instituição de voluntários que tem como missão dar assistência e preservar a cultura de tribos indígenas e ribeirinhas na Amazônia. Ela ainda foi premiada com uma bolsa de estudos integral para graduação ou pós-graduação da Universidade Estácio. A Amazon premiou a ganhadora com um dispositivo Echo e R$ 5 mil em compras no site amazon.com.br. Já Brastemp deu à cozinheira um forno da linha Gourmand, digno de um chef, e a Tramontina ofereceu um jogo de panelas profissional e um Kit Chef de facas.

Provas

No primeiro desafio da noite, os oito competidores participaram de um leilão de carnes onde tiveram de comprar com “tempo de prova” a proteína desejada. As opções iam desde as mais estreladas, como o prime rib, o chorizo e a picanha, até proteínas consideradas de segunda, como a bochecha. Pedro, Tiago, Sara e Valter não conseguiram agradar o paladar dos jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin e voltaram para casa.

Na prova final, os sobreviventes foram desafiados a preparar uma massa recheada perfeita. Juliana, vencedora da prova anterior, teve a difícil tarefa de dividir os cortes de massa entre os adversários. O tempo, como sempre, foi o grande vilão especialmente para Renan, que havia se destacado no desafio anterior, mas não conseguiu terminar o prato a tempo e acabou sendo eliminado.

O MasterChef Brasil é um formato da Endemol Shine Group. O programa é uma produção Endemol Shine Brasil para a Band e para o Discovery Home & Health. O talent show vai ao ar às terças-feiras, às 22h45, na tela da Band, com transmissão simultânea no aplicativo da emissora e no canal do programa no YouTube. A atração também é exibida toda sexta-feira, às 20h30, no Discovery Home & Health.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.