Home Top Ad

Sony Channel anuncia a produção da 5ª temporada de Shark Tank Brasil

Share:

Reprodução
O Sony Channel anuncia hoje a produção da quinta temporada de Shark Tank Brazil, com a abertura de inscrições para empreendedores que queiram participar do programa. O processo pode ser feito online através do site do Sony Channel até o dia 30 de setembro.

Com as gravações marcadas para o fim de setembro e o início de outubro, a quinta temporada de Shark Tank Brasil terá 12 episódios. Como em anos anteriores, o programa é uma coprodução entre Sony Pictures Television (SPT) e Floresta Produções.

O popular reality-show de negócios e entretenimento já é um sucesso no Brasil, tendo encerrado a sua quarta temporada com a melhor audiência[1] desde a sua estreia, em 2016, um aumento de 37% em relação à terceira temporada.

“O Shark Tank Brasil se tornou uma referência em empreendedorismo no Brasil, com uma ótima audiência e alto engajamento nas redes sociais, amplificando a conversa para além da TV e impactando milhões de pessoas”, disse  Jefferson Pugsley, SVP de Distribuição e Networks da SPT no Brasil. “Estamos animados de poder produzir uma nova temporada desse formato de renome mundial, especialmente durante esses tempos impensáveis, onde tantas pessoas precisam de esperança e inspiração”, concluiu.  

A premiada franquia é baseada no reality "Dragons 'Den", criado pela Nippon TV no Japão e distribuída ao redor do mundo pela Sony Pictures Television. O programa oferece a empreendedores a oportunidade de lançar suas ideias de negócios para grandes investidores, conhecidos como “Tubarões", na esperança de conseguir fundos de investimento. “Dragons ‘Den” foi adaptado com êxito e já cativou audiências em mais de 40 territórios em todo o mundo, incluindo Austrália, Canadá, França, Alemanha e Estados Unidos.

Ao longo de quatro temporadas, já foram produzidos 62 episódios de Shark Tank Brasil, um total de 248 pitches apresentados no Sony Channel.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.