Ao ar na TV Brasil, documentário acompanha a luta pela sobrevivência do maior grupo de macacos do Sri Lanka

Divulgação TV Brasil
O segundo episódio da série documental Ilha dos Macacos acompanha a Tropa do Rei, um dos maiores bandos de símios do Sri Lanka, composto por mais de 40 macacos da espécie macaca sinica. O programa vai ao ar às 20h30 de quarta-feira, dia 16, na TV Brasil.

Agora que os adolescentes da Tropa do Rei estão à beira da idade adulta, são forçados a ir embora e encontrar seu próprio caminho. Apesar de sedento e desesperado, o grupo de jovens macacos decidiu sabiamente evitar o lago dominado pelo varano malaio, o segundo maior lagarto do mundo e um predador implacável. 

Uma cidadela em ruínas – outrora lar de antigos reis do Sri Lanka – está hoje retomada pela selva e por uma nova dinastia: a dos macacos. À medida que a seca atinge a região, a vida fica mais difícil e as tensões entre seus pares aumentam.

Composta por três episódios de 50 minutos, a série reúne imagens impressionantes de três tipos de primata diurno do Sri Lanka – o langur-ocidental-de-cara-roxa, o macaca sinica e o langur-cinzento.

Ao revelar detalhes da relação de animais selvagens com seus filhotes, com os predadores e com o habitat, a série mostra o quão desafiadora é a vida em uma floresta tropical.

Os filmes têm narração de Gillian Burke (apresentadora das séries Springwatch e Blue Planet, também com temática ambiental), direção de Hannah Hoare e foram realizados pela Plimsoll Productions em 2018.

Anderson Ramos

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato