Home Top Ad

'Globo Repórter' desta sexta conta histórias de quem venceu a covid-19

Share:

Divulgação Globo

Mais de seis milhões de brasileiros já receberam o diagnóstico positivo para covid-19 e mais de 179 mil perderam a luta para a doença. Diante de números tão alarmantes, cruzar o corredor de saída do hospital sob aplausos e segurando a placa “Eu venci a covid” é uma vitória imensa. O ‘Globo Repórter’ desta sexta-feira, dia 11, conta histórias de brasileiros que superaram exatamente a forma mais agressiva da doença.

A enfermeira Rusia contraiu o vírus na reta final da gravidez e deu à luz sua filha quando estava intubada, aos oito meses de gestação. Já Alexander, cirurgião cardíaco de 66 anos, teve a frieza de avisar a esposa sobre os riscos que estava correndo antes de seguir para a UTI. Ela dividiu com ela a estatística europeia, que aponta que de 8% a 18% das pessoas que precisam de ventilação mecânica por conta da covid não resistem. Ao longo dos 11 dias em que esteve em coma induzido, o médico teve a sensação de morte e reconhece que a experiência o fez rever a posição de ateu convicto que sustentou por 50 anos.

“O medo nos assombrou bastante nesses tempos de pandemia. Vamos falar de brasileiros que infelizmente enfrentaram o vírus na sua forma mais grave. Entrevistei pacientes de Norte a Sul do país. Gente que superou a doença e contou o que viveu. São histórias de fé, amor, cura e esperança. Fiquei emocionada com os relatos e espero compartilhar essa emoção. Essas pessoas nos dão a certeza de que a covid-19 não é invencível”, diz a repórter Flávia Jannuzzi.

O 'Globo Repórter' vai ao ar na noite de sexta-feira, dia 11, logo após a novela ‘A Força do Querer’.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.