Tadeu Schmidt estreia quadro sobre coincidências no 'Fantástico' deste domingo

Divulgação Globo

Já imaginou se uma aliança perdida numa praia fosse encontrada mais de 30 anos depois por um parente do antigo dono? Ou se uma prancha que sumiu em meio a um dia de ondas gigantes cruzasse o oceano até chegar intacta a uma escola, cujo dono conhece o surfista que a perdeu? Histórias como essas são mesmo difíceis de acreditar. E algumas delas, enviadas pelo público, serão contadas no quadro “É muita coincidência”, comandado por Tadeu Schmidt no 'Fantástico' a partir deste domingo, dia 21. 
 
“O quadro passa para as pessoas uma sensação de incredulidade. As pessoas vão ficar de queixo caído e vão se encantar com essas histórias extraordinárias. Vai despertar aquela sensação de ‘não é possível que uma coisa dessa aconteceu’. E o mais legal é que aconteceu de verdade, e a explicação está na matemática”, adianta Tadeu Schmidt.
 
Quando convidou o público a enviar suas histórias para o novo quadro, o ‘Fantástico’ contou casos de coincidências que aconteceram em loterias. Num deles, os mesmos números foram sorteados duas semanas consecutivas. E o outro trouxe a história de uma mulher nos Estados Unidos que fez duas apostas na mesma semana em loterias de estados diferentes. Os números que ela jogou em um estado saíram no outro e vice-versa. Ela acertou todos os números, mas nos estados errados. Não ganhou nada. “Qual a chance de isso acontecer? Mas acontece. Se você observar quantas loterias têm no mundo, quantos sorteios tem por semana e há quantos anos são realizados, vai ver que é possível que uma coisa absurda aconteça em algum lugar”, pondera Tadeu Schmidt.
 
O 'Fantástico' vai ao ar na noite de domingo, logo após o ‘Domingão do Faustão’. 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem