Canal Brasil exibe a Mostra LGBTQIA+

Divulgação

Em junho, no mês do orgulho LGBTQIA+, o Canal Brasil dedicará grande espaço da sua programação a essa comunidade. Durante todo o mês, de terça a sexta, a faixa da 0h30 passa a ser dedicada à exibição de títulos que tratam da temática e visam dar visibilidade a essas pessoas.

A Mostra tem início na madrugada de terça (01/06) para quarta (02/06), à 0h30, com a estreia de “Madame” (2020). O documentário de André da Costa Pinto e Nathan Cirino retrata a história da primeira mulher trans a ser eleita vereadora no país. Outros destaques na mostra são “Alice Júnior” (2019), filme de Gil Baroni sobre o drama da jovem trans youtuber; o clássico “Madame Satã” (2002), de Karim Aïnouz; “Bixa Travesty” (2018), documentário sobre Linn da Quebrada; o thriller brasileiro “As Boas Maneiras” (2017), de Juliana Rojas e Marcos Dutra e “Flores Raras” (2014), filme de Bruno Barreto que trabalha um romance lésbico estrelado Glória Pires e Miranda Otto.

Além da mostra, durante todo o mês de junho, a programação do canal também estará bastante voltada para a temática. No dia 08/06, à meia-noite, estreia a nova temporada de “TransMissão”, programa apresentado por Linn da Quebrada e Jup do Bairro. O canal também vai reexibir as séries documentais “Outras Brasileira”, a partir de 14/06; “Favela Gay”, a partir de 21/06; e “Transgente”, a partir de 28/06. E a programação temática continua em julho: no dia 1º/07, às 21h, o canal exibirá “Falas de Orgulho”, programa produzido pela TV Globo, que mostra as trajetórias de amor e aceitação de oito pessoas que têm em comum o orgulho; de ser livre, de se relacionar sem preconceitos, de existir e de ter voz.

O Cinejornal também terá matérias especiais sobre a temática. No dia 1º, antes da exibição do filme “Madame”, o programa será especial sobre a Mostra LGBTQIA+ com a participação de Bruna Linzmeyer, Luis Lobianco e Anne Celestino, protagonista de "Alice Júnior". No dia 28/06, vai ao ar uma matéria com o tema “Ser LGBTQIA+ no Brasil Hoje”; no dia 29/06, o tema será “A Falta de Representatividade Lésbica no Cinema Brasileiro”; e no dia 30/06, o programa abordará o tema “A Evolução da Presença de Profissionais Trans no Cinema Brasileiro”.

Mostra LGBTQIA+
Início: madrugada de terça (01/06) para quarta (02/06), à 0h30
Horário: de terça a sexta, sempre na faixa de 0h30

Madame (2020) (81’)
INÉDITO e EXCLUSIVO
Horário: madrugada de terça (01/06) para quarta (02/06), à 0h30
Classificação: 16 anos
Direção: André Da Costa Pinto, Nathan Cirino

Sinopse: Nascida em PE, Camille Cabral iniciou sua transição e se mudou para a França no auge da crise do vírus HIV. Na luta pela igualdade, ela se tornou a primeira mulher transgênero a ser eleita vereadora no país.

Alice Júnior (2019) (86’)
Horário: madrugada de quarta (02/06) para quinta (03/06), à 0h30
Classificação: 14 anos
Direção: Gil Baroni
Elenco: Anne Celestino, Emmanuel Rosset, Surya Amitrano, Matheus Moura
Sinopse: Alice Júnior é uma youtuber trans cercada de liberdades. Depois de se mudar com o pai para uma pequena cidade que parece ter parado no tempo, a jovem precisa sobreviver ao preconceito para dar seu primeiro beijo.

Praia do Futuro (2014) (111’)
Horário: madrugada de quinta (03/06) para sexta (04/06), à 0h30
Classificação: 14 anos
Direção: Karim Aïnouz
Elenco: Wagner Moura, Clemens Schick, Jesuíta Barbosa
Sinopse: Donato é salva-vidas na Praia do Futuro (CE). Seu irmão Ayrton tem grande admiração por ele, devido à coragem para resgatar desconhecidos. Um deles é Konrad, alemão que muda por completo a vida de Donato.

Madame Satã (2002) (101’)
Horário: madrugada de terça (08/06) para quarta (09/06), à 0h30
Classificação: 16 anos
Direção: Karim Aïnouz
Elenco: Lázaro Ramos, Marcélia Cartaxo, Flávio Bauraqui, Renata Sorrah, Emiliano Queiroz
Sinopse: A cinebiografia de um personagem contraditório e fascinante: João Francisco dos Santos. O filme se passa em um momento essencial, quando Madame Satã se torna artista de cabaré e comete o primeiro crime.

Bixa Travesty (2020) (75’)
Horário: madrugada de quarta (09/06) para quinta (10/06), à 0h30
Classificação: 18 anos
Direção: Kiko Goifman, Claudia Priscilla
Sinopse: O corpo político de Linn da Quebrada, cantora transexual negra, é a força motriz do documentário que captura a sua esfera pública e privada, ambas marcadas pela luta pela desconstrução de estereótipos.

Tinta Bruta (2018) (117’)
Horário: madrugada de quinta (12/06) para sexta (11/06), à 0h30
Classificação: 18 anos
Direção: Filipe Matzembacher, Marcio Reolon
Elenco: Shico Menegat; Bruno Fernandes, Guega Peixoto
Sinopse: Pedro é um adolescente que passa o tempo fazendo performances eróticas para a internet. Quando um estranho rouba a cena postando vídeos semelhantes aos seus, ele decide ir atrás do responsável. Melhor longa-metragem de ficção, ator, ator coadjuvante e roteiro no Festival do Rio.

Tatuagem (2013) (110’)
Horário: madrugada de terça (15/06) para quarta (16/06), à 0h30
Classificação: 16 anos
Direção: Hilton Lacerda
Elenco: Irandhir Santos, Jesuíta Barbosa, Rodrigo García
Sinopse: Durante a ditadura, Clécio Wanderley é o líder da trupe teatral Chão de Estrelas. Mas sua vida muda quando conhece Fininha, que é militar. Eles ficam cada vez mais próximos, só que ao mesmo tempo em que ele convive cada vez mais com a trupe, Clécio precisa lidar com a repressão no meio militar.

As Boas Maneiras (2017) (132’)
Horário: madrugada de quarta (16/06) para quinta (17/06), à 0h30
Classificação: 14 anos
Direção: Juliana Rojas, Marco Dutra
Elenco: Marjorie Estiano, Isabél Zuaa, Miguel Lobo, Gilda Nomacce, Eduardo Gomes, Cida Moreira
Sinopse: Ana contrata Clara, uma solitária enfermeira, para ser babá de seu filho ainda não nascido. Conforme a gravidez avança, Ana começa a apresentar comportamentos cada vez mais estranhos e sinistros.

Mr. Leather (2019) (84’)
Horário: madrugada de quinta (17/06) para sexta (18/06), à 0h30
Classificação: 18 anos
Direção: Daniel Nolasco
Sinopse: O documentário acompanha a segunda edição do concurso Mr. Leather Brasil, cujos participantes são Dom PC, Kake, Deh Leather e Maoriguy. O evento mexe com os ânimos da comunidade fetichista gay de São Paulo.

Divinas Divas (2014) (108’)
Horário: madrugada de terça (22/06) para quarta (23/06), à 0h30
Classificação: 14 anos
Direção: Leandra Leal
Sinopse: O filme traz a história da primeira geração de artistas travestis do país: Rogéria, Jane Di Castro, Divina Valéria, Camille K, Fujika de Halliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios.

Berenice Procura (2014) (108’)
Horário: madrugada de quarta (23/06) para quinta (24/06), à 0h30
Classificação: 14 anos
Direção: Allan Fiterman
Elenco: Cláudia Abreu, Du Moscovis, Emílio Dantas, Vera Holtz, Valentina Sampaio
Sinopse: O Brasil está passando por grandes transformações. Brasília é construída, e o Rio de Janeiro se prepara para deixar de ser a capital federal. Uma poetisa americana insegura e tímida chega para conhecer o Rio e passar alguns dias com Lota de Macedo Soares, empreendedora da sociedade carioca.

Flores Raras (2014) (114’)
Horário: madrugada de quinta (24/06) para sexta (25/06), à 0h30
Classificação: 14 anos
Direção: Bruno Barreto
Elenco: Glória Pires, Miranda Otto, Tracy Middendorf
Sinopse: O Brasil está passando por grandes transformações. Brasília é construída, e o Rio de Janeiro se prepara para deixar de ser a capital federal. Uma poetisa americana insegura e tímida chega para conhecer o Rio e passar alguns dias com Lota de Macedo Soares, empreendedora da sociedade carioca.

Cores e Flores para Tita (2017) (76’)
Horário: madrugada de terça (29/06) para quarta (30/06), à 0h30
Classificação: 12 anos
Direção: Susan Kalik
Sinopse: O documentário apresenta pessoas trans: são quatro mulheres trans/travestis e quatro homens trans em diferentes idades e vivências, que compartilham suas conquistas, dores, descobertas e, principalmente, seu amor.

Sócrates (2014) (68’)
Horário: madrugada de quarta (30/06) para quinta (01/07), à 0h30.
Classificação: 16 anos
Direção: Alex Moratto
Elenco: Christian Malheiros, Tales Ordakji, Caio Martinez Pacheco, Rosane Paulo
Sinopse: Depois da morte de sua mãe, o jovem Sócrates, que foi criado apenas por ela durante os últimos tempos, precisa fazer tudo o que for possível para que consiga sobreviver na realidade da miséria.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem