GloboNews ressalta a importância do jornalismo profissional em campanha de 25 de anos

Reprodução

Às 21h do dia 15 de outubro de 1996, entrava no ar a GloboNews. Na bancada, Renata Vasconcellos e Eduardo Grillo apresentavam o ‘Em Cima da Hora’. Primeiro canal de notícias do Brasil, a GloboNews inaugurou uma nova maneira de fazer jornalismo e propôs ao público algo inédito no país: cobertura 24h por dia, em tempo real, dos principais acontecimentos nacionais e internacionais. Em outubro, se completam 25 anos sem nunca desligar, de dedicação e compromisso com o público, de um jornalismo profissional, ágil, isento e plural. 
 
Desde sua primeira transmissão, a GloboNews se consolidou como referência de credibilidade, mostrando o hoje sem esquecer do passado e sempre com um olhar para o futuro. “A GloboNews foi lançada quando as redes sociais e mesmo os sites de notícias ainda eram raros. Vinte e cinco anos depois, a maneira de consumir notícias se modificou completamente. Mesmo com tanta concorrência, as audiências históricas que a GloboNews atingiu no último ano mostram que estamos no caminho certo. Representam a preferência do público que confia no jornalismo que produzimos. O público sabe: se aconteceu algum fato importante no Brasil ou no mundo, é só ligar na GloboNews. Estaremos noticiando, debatendo e analisando. Porque a GloboNews nunca desliga”, resume Miguel Athayde, diretor de jornalismo do canal.
 
O canal estava no ar há apenas 15 dias quando o acidente aéreo com o Fokker da TAM fez a programação abrir espaço para a primeira transmissão contínua de uma cobertura, o que se tornaria uma das principais marcas da GloboNews –  o ao vivo, com a participação de repórteres e correspondentes em várias cidades do mundo, cobrindo a notícia onde quer que ela aconteça. Atualmente são cerca de 20 horas diárias de jornalismo ao vivo. Era Maria Beltrão quem estava na bancada no dia do acidente com o Fokker e, por horas, atualizou o público com informações que não paravam de chegar. “Quando entrei na Globonews, recém saída da faculdade, eu e meus colegas éramos chamados de jovens talentos. Pisquei e hoje sou veterana. Esse um quarto de século, metade da minha vida, passou voando, mas não há dúvida de que muita coisa mudou. Não havia a instantaneidade das redes sociais. As notícias que dávamos na TV – muitas em primeira mão – só saíam no “modo impresso” no dia seguinte. Conquistar o público nesses tempos em que há tantas fontes das quais ele pode beber, só é possível porque imprimimos a nossa assinatura jornalística no ar. E, claro, por causa desse time de comentaristas e repórteres dos sonhos, que trazem as melhores apurações. Criamos, tenho certeza, um novo modo de dar notícia. A GloboNews tem um grau de excelência que precisa ser celebrado. De modo ágil, dinâmico e incansável, conseguimos estar próximos de quem nos assiste. É jornalismo de carne e osso. Com cara e coração. Tenho muito orgulho de fazer parte - desde o primeiro dia - do canal que tudo me ensinou.  Sou cria da GloboNews e para mim, essa equipe/família é a melhor do mundo”, diz Maria Beltrão. 
 
“Para uma marca dedicada ao jornalismo, o mais importante é a construção diária da sua credibilidade, base para a confiança da audiência e dos anunciantes. Trabalhamos isso há 25 anos. A análise dos fatos nunca foi tão importante para fazer correlações e avaliar os impactos de cada acontecimento em nossa vida”, explica Daniela Mignani, diretora de Gestão de Negócios do canal. Credibilidade e confiança construídas diariamente por um time de dezenas de craques do jornalismo e de comentaristas de pensamentos diversos, capazes de analisar e explicar até os assuntos mais complexos. Um grupo que mescla as forças da juventude e da experiência, com nomes como Maria Beltrão, André Trigueiro, Cesar Tralli, Christiane Pelajo, Fernando Gabeira, Andrea Sadi, Heraldo Pereira, Natuza Nery, José Roberto Burnier, Aline Midlej, Marcelo Cosme, Raquel Krähenbühl e Nilson Klava, que nasceu exatamente no ano de fundação do canal. 
 
Com os aprendizados desses 25 anos de história, a GloboNews mantém o olhar no futuro, acompanhando as mudanças na maneira de consumir notícia e as transformações tecnológicas. Além da programação na programação linear, o canal expandiu seu conteúdo para novos formatos, como podcasts e documentários originais, que já renderam ao canal três indicações ao Emmy Internacional de jornalismo.
 
Novidades na programação e segunda edição do festival 
 
Para celebrar os 25 anos do canal, a GloboNews trará uma série de novidades ao longo do ano. A partir de maio, as grandes coberturas e entrevistas exclusivas realizadas pelo canal serão lembradas em programas especiais em ações multiplataforma. O festiva online #ConverseComOutrasIdeias ganha nova edição e vai discutir sustentabilidade, sociedade e empreendedorismo. 
 
O ‘Cidade e Soluções’, comandado por André Trigueiro, volta à programação da GloboNews nos domingos à noite, a partir de 9 de maio. E a produção de documentários terá dois títulos inéditos – histórias que tratam de temas que mexeram com o Brasil, como a pandemia de coronavírus e o incêndio do Museu Nacional. 
 
Campanha ressalta a Importância do jornalismo profissional 
 
Como parte das celebrações pelo seu 25º aniversário, uma campanha relembra coberturas históricas e destaca o valor do jornalismo profissional. Narrado por Maria Beltrão, o filme lembra que há 25 anos a GloboNews nunca desliga do mundo e do que é mais importante para seu público. “É isso que nos mantém ligados 24 horas por dia. É isso que nos leva aos debates, à linha de frente, às ruas. Faça chuva ou faça sol. Mas que faça sentido para você. E nós sentimos na pele o jornalismo. Cada notícia, cada discurso, cada opinião. Sempre ligados em tudo o que acontece no seu mundo. Porque o fato faz parte do mundo. E levar o fato até você, faz parte da gente. GloboNews: há 25 anos, nunca desliga”, diz o texto da peça, que será veiculada nos intervalos da programação. 

Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem