A&E - Destaques da programação de 21 a 27 de junho

Divulgação

Conheça os destaques da programação do A&E de 21 a 27 de junho. O canal exibe os últimos episódios de Retratos do Cárcere (21 a 23) e edições inéditas de As Primeiras 48 Horas, Flagrantes das Câmeras: Tribunais, BULL e NCIS: Los Angeles.

Já a faixa A&E Movies exibe o inédito Homens em Fúria, com Robert De Niro e Edward Norton (26).

FINAL DE TEMPORADA - 21/6, segunda-feira, 18h30

Religião, liberdade e ressocialização, nos episódios finais da produção nacional Retratos do Cárcere

O canal A&E apresenta a produção nacional Retratos do Cárcere. Em 13 episódios, a série documental retrata as deficiências do sistema penitenciário brasileiro e de que forma elas afetam a vida de pessoas reais, tanto do crime organizado como da sociedade.

O A&E exibe os três últimos episódios da série de segunda a quarta-feira, às 18h30:

21/6 – segunda-feira

18h30 – Religião nas prisões: fé ou refúgio?

Religiosos dentro das prisões são considerados traidores por optarem pelo caminho proposto por praticantes de cultos, em detrimento às facções.

22/6 – terça-feira

Surge uma luz: Apacs

Em meio a tantos problemas do sistema, surgem iniciativas que podem ser consideradas como uma luz no fim do túnel. Uma delas é o método Apac (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado). Criada em 1972, pelo advogado e jornalista Mario Ottoboni, para evangelizar e dar apoio moral aos presos, a experiência, que tem como objetivo a humanização do cárcere, já é aplicada em mais de 100 prisões do Brasil e do Exterior, com altos índices de ressocialização e baixos custos.

23/6 – quarta-feira

Egressos: o difícil recomeço

No último episódio, o difícil recomeço para aqueles que cumpriram penas: das dificuldades surgidas a partir da falta de meios para os egressos retornarem às suas cidades no momento em que deixam a prisão, às mínimas chances de obter um emprego ou de aceitação pela sociedade. Em meio a isso, surgem as ofertas para a retomada da carreira criminosa. Classificação indicativa: 14 anos

22/6, terça-feira, 16h15

Esta semana, em As Primeiras 48 Horas, os detetives investigam mortes ligadas a uma briga de gangues

Uma corrida contra o relógio: para conseguir o maior número de evidências possíveis, técnicos forenses devem investigar o local onde acontece um crime no máximo dois dias após o ocorrido. Assim, aumentam as chances de encontrar material genético, impressões digitais, pegadas e fibras de tecido, entre outras evidências. A produção original do A&E acompanha o real trabalho desses detetives na série As Primeiras 48 Horas (The First 48), que está em nova temporada.

A cada novo crime, equipes de homicídio de cidades dos Estados Unidos correm contra o tempo, uma vez que, depois de 48 horas, as chances de resolver um caso são reduzidas pela metade. E cada hora que passa significa mais tempo para suspeitos fugirem e para que evidências cruciais sejam perdidas.

No episódio inédito Carnificina nas ruas, os detetives de Mobile devem investigar as mortes suspeitas de dois homens mortos a tiros com 12 horas de diferença. As únicas pistas disponíveis indicam que eles morreram em função de uma briga entre gangues rivais. Será que eles vão conseguir encontrar os culpados? CI: 14

23/6, quarta-feira, 22h

Um oficial de justiça persegue um réu que foge pelas escadas, no inédito de Flagrantes das Câmeras: Tribunais

Exclusiva do A&E, Flagrantes das Câmeras: Tribunais (Court Cam) leva o telespectador para dentro dos momentos mais dramáticos de um tribunal dos Estados Unidos. De explosões assustadoras a juízes furiosos, a produção mostra tudo o que aconteceu na história e por trás da história.

Conduzido por Dan Abrams, apresentador da rede ABC News, Flagrantes das Câmeras: Tribunais traz entrevistas com juízes, testemunhas e vítimas para contar a verdadeira história do crime, por trás dos momentos mais selvagens e emocionantes do tribunal, registrados em vídeo.

No episódio de hoje, durante uma audiência descontrolada, uma briga feia acontece no tribunal. Mais tarde, um oficial de justiça arrisca a sua vida perseguindo um réu que tenta escapar pelas escadas. Além disso, um acusado ameaça um juiz de morte. Como essa atitude vai afetar a sua sentença? CI: 14

24/6, quinta-feira, 16h15

Esta semana, em BULL, Dr. Jason defende um adolescente acusado de roubo, a pedido de Chunk

O canal A&E exibe a quinta temporada de BULL, série dramática que revolucionou o subgênero judicial. Inspirada na carreira do Dr. Phil McGraw - psicólogo e conhecido apresentador de TV, ex-assessor e consultor de julgamentos -, a série acompanha o Dr. Jason Bull (Michael Weatherly), um verdadeiro mestre da psicologia.  Ele utiliza a intuição humana e a tecnologia para persuadir os jurados, advogados, testemunhas e acusados dos diferentes casos que chegam ao seu escritório – o Trial Analysis Corporation (TAC).

Nesta nova temporada, o Dr. Jason Bull enfrenta os desafios da paternidade enquanto navega em um relacionamento romântico com sua ex-esposa Isabella “Izzy” Collon – que assume um papel mais importante. Além disso, Bull e toda a sua equipe terão de se adaptar a um sistema judiciário virtual, novos protocolos e uma Nova York fechada, em função das restrições causadas pela pandemia do Covid-19.

O time da TAC é composto por Marissa (Geneva Carr), especialista em neurolinguística de vanguarda do Departamento de Segurança Nacional; o astuto ex-cunhado de Jason, Benny Colón (Freddy Rodríguez), irmão de Izzy (Yara Martinez) e advogado de defesa; o ex-detetive da polícia de Nova York Danny James (Jaime Lee Kirchner); Chuck Palmer (Chris Jackson), um estilista e ex-atacante dos Estados Unidos que faz os ajustes finos na aparência dos clientes para os julgamentos; e Taylor Rentzel (Mackenzie Meehan), mais nova integrante da equipe e ex-colega de Marissa no Departamento de Segurança Nacional.

No inédito Sob a influência, como um favor para sua filha Anna (Jazzy Kae), Chunk convence Bull a representar um adolescente num julgamento de roubo - um réu que enfrenta uma difícil batalha no tribunal quando se recusa a revelar seu cúmplice. CI: 14

25/6, sexta-feira, 21h35

A equipe investiga o que há por trás de um vídeo falso sobre terrorismo, no inédito de NCIS: Los Angeles

Nos episódios da 12ª temporada de NCIS: Los Angeles, exclusiva do A&E, os agentes especiais Chris O’Donnell e LL Cool J seguem em sua tarefa arriscada de capturar os criminosos mais perigosos de Los Angeles.

Esta série dramática mostra os riscos assumidos por uma divisão de NCIS encarregada de prender criminosos perigosos e fugitivos, que representam uma ameaça para a segurança da nação. O agente especial “G” Callen (Chris O’Donnell) é um camaleão que se transforma em quem for preciso para se infiltrar no mundo do crime. Seu companheiro é o agente especial Sam Hanna (LL Cool J), ex-oficial da Marinha dos EUA e que lutou no Afeganistão e no Iraque.

A agente especial Kensi Blye (Daniela Ruah) é a brilhante filha de um oficial assassinado, e que vive para a adrenalina do trabalho secreto. Marty Deeks (Eric Christian Olsen) é um detetive secreto experiente da polícia de Los Angeles, que foi recrutado por Hetty (Linda Hunt) para a equipe. O time conta ainda com Eric Beale (Barret Foa), que domina todos os gadgets e computadores, e a analista de inteligência Nell Jones (Renée Felice Smith).

No inédito Síndrome do impostor, a equipe NCIS obtém um disco rígido contendo um vídeo falso realístico, de um terrorista falecido, e deve recuperar a tecnologia perigosa por trás dele. No entanto, os comunicadores da equipe são sequestrados durante a missão e eles descobrem que um dos seus foi vítima dessa tecnologia. CI: 14

ESTREIA – 26/6, sábado, 21h35

A&E Movies estreia o drama Homens em Fúria, estrelado por Robert De Niro

O destaque deste sábado da faixa A&E Movies é o inédito Homens em Fúria, que traz no elenco Robert De Niro (O Irlandês, Coringa), Edward Norton (Beleza Oculta, O Grande Hotel Budapeste) e Milla Jovovich (Resident Evil, O Quinto Elemento).

Na trama, o oficial de condicional Jack Mabry (Robert De Niro) está às vésperas de se aposentar e quer encerrar os casos que lhe foram atribuídos. Um deles é o de Gerald "Stone" Creeson (Edward Norton), um incendiário condenado.

Para conseguir sua liberdade condicional, Stone pede para sua namorada Lucetta (Milla Jovovich) seduzir o oficial. Porém, intenções se confundem e segredos vêm à tona, gerando consequências inesperadas.

Homens em Fúria (Stone, 2010, EUA)
Gênero: drama, thriller
Direção: John Curran
Elenco: Edward Norton, Milla Jovovich, Robert De Niro
CI: 18
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem