No clima da Eurocopa, Globo prepara programação especial

Reprodução

Já é semana de Euro. A edição comemorativa de 60 anos da competição continental que reúne o maior número de títulos mundiais começa na sexta-feira, dia 11, com alguns dos principais nomes do futebol na atualidade e seis das sete primeiras equipes do último ranking da Fifa. Os 51 jogos serão transmitidos pelo SporTV, 39 deles com exclusividade. Uma cobertura multiplataforma que prevê ainda a exibição de 12 partidas com sinal aberto para não assinantes no ge.globo e no Globoplay, além de cinco confrontos na TV Globo. Mas a Euro não se resume ao que acontece dentro das quatro linhas do campo. Ela vai muito além disso, como mostram os especiais que o Esporte da Globo apresenta esta semana.

A Globo terá 12 profissionais trabalhando no Velho Continente, em quatro cidades. Na primeira fase, o correspondente Marcelo Courrege ficará em Londres, que recebe oito partidas, incluindo as semifinais e a decisão. Em Roma, Marina Izidro acompanha o jogo de estreia, entre Itália e Turquia, na sexta-feira, às 16h, com transmissão do SporTV. Felipe Brisolla terá como base a cidade espanhola de Sevilha. Por fim, Raphael De Angeli acompanha as movimentações em Budapeste, uma da casas do Grupo F. A chave gera expectativa, por ter os dois últimos campeões mundiais – França e Alemanha – e também o atual detentor do título da Euro, Portugal.      

Nesta segunda-feira, dia 7, o ge.globo disponibilizou um especial no qual comentaristas montaram cards de sete dos principais jogadores que disputarão a Eurocopa, por meio de notas a atributos como chute, cabeçada e velocidade. Na tarde de quarta-feira, dia 9, no SporTV, o ‘Tá Na Área’ abre a série “Minha Primeira Euro”. Em três episódios, o material traz um perfil de jovens talentos que podem ser destaques da edição: o francês Kylian Mbappé, o inglês Phil Foden e o alemão Timo Werner.

Na quinta-feira, véspera do jogo de abertura, o ‘Jornal da Globo’ traz uma reportagem sobre os recordes que podem ser batidos nesta Eurocopa. O português Cristiano Ronaldo, por exemplo, será o primeiro jogador na história a disputar o evento pela quinta vez. Também pode se isolar como o maior artilheiro da história do torneio – atualmente está empatado com o francês Michel Platini, com nove gols. Já Didier Deschamps, treinador da França, tem a chance de se tornar o primeiro homem a ganhar a Copa do Mundo e a Eurocopa como jogador e técnico. Algumas horas antes de a bola rolar, já na sexta-feira, o ‘Jornal Hoje’ explora a diversidade nunca antes vista em uma edição de Eurocopa. Com um formato itinerante e tendo 11 países-sedes, o telejornal mostrará em quantos fusos horários diferentes serão realizados os confrontos, as línguas, religiões, comidas típicas, entre outros temas, que comprovam se tratar da Euro mais heterogênea da história.   
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem