Confira o perfil dos novos integrantes dos times Gaby, Brown e Teló após o quinta dia de audições às cegas

Divulgação Globo/Artur Meninea e Isabella Pinheiro

As Olimpíadas de Tóquio ainda não começaram, mas no 'The Voice Kids' a corrida por um lugar na próxima fase, a das batalhas, segue a todo vapor. E o sarrafo está lá no alto. O nível desses pequenos futuros atletas da música é alto demais. No último domingo, Maria Victória, de Alto Piquiri (PR), de 12 anos, fez todos os técnicos virarem a cadeira para sua interpretação de “Canarinho Prisioneiro”. Carlinhos Brown e Michel Teló disputaram numa roda de capoeira a atenção da jovem, que já ganhou quatro festivais regionais. Hoje, a menina já canta em casamentos e, inclusive, se apresentou no dos próprios pais. Fã de Simone e Simaria, faz aulas de violão e escolheu Teló como técnico. “Ai meu coração”, reagiu, feliz da vida, o ídolo sertanejo.

Natural de Miranda (MS), Sophia Lara cantou “Cobaia” e conquistou Gaby e Brown. “Esse agudo no final não tem como não virar a cadeira”, disse a técnica. Com 10 anos, ela canta na missa e já é a voz principal da banda de sua igreja católica, além de se apresentar no coral de sua escola. A menina, que canta desde os 2 anos, decidiu seguir no time do percussionista baiano. Amante do pop, Mari Gonçalves, de 11 anos, apostou no seu suingue para dar sua versão de “Single Ladies”, de Beyoncé. Nascida em Belo Horizonte, a jovem foi direto para o time Gaby. A menina, que fez sua estreia nos palcos, estava acostumada apenas a cantar pela própria casa, com um microfone imaginário.

Outro mineiro a pisar no palco do ‘The Voice Kids’ Pietro Rios, de 11 anos, veio de Tiradentes para emocionar e comover os três técnicos. Em sua interpretação de “Eu só penso em você” (“Always on my mind”), tirou onda ao alternar cantando em português e inglês e, com seu figurino caprichadíssimo, encerrar ajoelhado. Batizado de ‘novo Elvis Presley ’ por Brown, e de ‘Zezé Presley’, por Teló, o menino escolheu o segundo como técnico. Aos 6 anos, Pietro ganhou o curso Show de Talentos em sua cidade natal. Ele também interpretou o samba da Escola Mocidade Independente de Santo Antônio, já tem um EP gravado, no presta uma homenagem a Cristiano Araújo em uma das canções. Além do talento na música, ele também sonha ser jogador de futebol e já passou por programas de auditório, de rádio e de TV.

De Belém (PA), Anabella Moura, de 11 anos, veio para integrar o time Brown. Ao cantar “Pupila” ela encantou o técnico e encantou Carlinhos Brown, que virou a cadeira nos acordes finais. Tricampeã paraense de ginástica rítmica, ela vem de família de músicos. A avó é professora de piano, a bisavó, cantora lírica, e o pai tem uma banda chamada 4º Grau, e toca bateria e canta em bares e restaurantes. Durante a quarentena, Anabella fez, com ele, três lives para arrecadar alimentos e conseguiram sete toneladas em doações. Izadora Rodrigues, de 10 anos, soltou seu  vozeirão com a música "Meu violão e nosso cachorro". Natural de Teodoro Sampaio (SP), ela arrebatou Gaby Amarantos. “Eu acho que eu comecei a cantar desde que eu nasci”, disse a menina, que deu seus primeiros passos na música na Igreja. Ela já participou de alguns concursos e, no aniversário de sua cidade natal, chegou a se apresentar para mais de mil pessoas.

A doçura de Sofia Cardoso, de 10 anos, ao interpretar “Uni Duni Tê” derreteu Brown e Teló, que viraram a cadeira para a participante. A menina nascida em Cascavel (CE) entoa louvores na igreja, e num casamento, depois de cantar na entrada da noiva foi convidada para se apresentar com a banda durante a festa. Ela escolheu seguir no time Brown. Natural de Rio Real (BA) Ruany Keviny interpretou "Supera", de Marília Mendonça. A jovem, de 14 anos, conquistou Gaby Amarantos com a "sofrência". Ela começou a cantar em um açougue, já participou do show da Banda Unha Pintada e do cantor Devinho Novais. Também vem de uma família de músicos. O pai tocava bateria e o tio era cantor e tinham um banda chamada PercuSamba.

Outra baiana encerrou a tarde de audições. Maria Alice Xavier, que nasceu em Salvador, cantou “Gelo”, da banda Melim. Brown e Gaby viraram a cadeira para a menina, de 12 anos, impactados com seu timbre de voz diferenciado. A menina escolheu seguir no time de Brown, que ela já conhecia por ter cantado com ele no Sarau Kids, para mais de cinco mil pessoas. Maria Alice ainda tem em sua trajetória quatro peças teatrais. Quando pequena, gostava de colocar uma peruca loura pra imitar Joelma, da Banda Calypso, e segue os passos de uma tia, cantora de uma banda em Pirá, no interior da Bahia.

O ‘The Voice Kids’ tem direção artística de Creso Eduardo Macedo e apresentação de Márcio Garcia, com Thalita Rebouças nos bastidores. O reality vai ao ar na TV Globo aos domingos, após ‘Temperatura Máxima’. A nova temporada do 'The Voice Kids' também pode ser vista nas telas do Gloob, a cada sexta-feira – seguinte à exibição de domingo na TV Globo.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem