''Incertezas Críticas'' estreia terceira temporada inédita com filósofos brasileiros

Divulgação Curta!

Dedicada a expor o pensamento de intelectuais brasileiros, a terceira temporada da série ''Incertezas Críticas'', de Daniel Augusto, estreia com exclusividade no canal Curta! e no Curta!On, streaming no NOW da NET/Claro ou em curtaon.com.br. Essa nova leva de episódios inéditos traz as reflexões de 13 pensadores sobre o mundo contemporâneo. A cada episódio, há um novo convidado. São eles: Christian Dunker, Djamila Ribeiro, Eduardo Viveiros de Castro, Ismail Xavier, José Arthur Giannotti, José Miguel Wisnik, Maria Rita Kehl, Marilena Chaui, Olgária Matos, Paulo Arantes, Peter Pál Pelbart, Raquel Rolnik e Renato Janine Ribeiro.

No primeiro episódio, Christian Dunker — psicanalista, professor titular do Instituto de Psicologia da USP e autor de vários livros — aborda temas como fake news e a “lógica de condomínio” que, segundo ele, se instaurou no país a partir de 1973. “A solução da lógica de condomínio é mais ou menos a seguinte: o Brasil deu errado. E já que não vai dar para conversar com todo mundo, por que a gente não faz um mini Brasil? E, aí, vai dar certo. A gente excluiu, invisibilizou, patologizou essas formas de vida que trazem problema”, explica Dunker.

Em outro momento, o psicanalista reflete sobre a pós-verdade. “É um cinismo que consegue capturar uma verdade que tem uma estrutura de ficção e usá-la para a falsidade, para promover mais alienação, menos crítica, mais opressão e silenciamento. É um truque da sociedade condominial”, complementa.

“Incertezas Críticas” é uma produção da Grifa Filmes, viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). A exibição é na Quinta do Pensamento, 12 de agosto, às 20h30.

'A mãe de todas as lutas': a questão fundiária
pela ótica feminina

Cineasta premiada, Susanna Lira (Torre das Donzelas/Positivas/Damas do Samba) é a diretora de “A Mãe de Todas as Lutas”, que estreia com exclusividade no Curta! e no Curta!On, streaming no NOW da NET/Claro ou em curtaon.com.br. Inédito, o filme mostra a luta pela terra no Brasil sob a ótica feminina, tendo como protagonistas duas mulheres: Shirley Krenak e Maria Zelzuita.

Com pesquisa extensa e rico acervo de imagens, o documentário convida o público a entender a complexidade do cenário fundiário. Das batalhas dos indígenas pela demarcação de terras, passando pelo MST e pela história do Massacre de Eldorado dos Carajás — no qual 21 trabalhadores rurais foram assassinados —, a produção aborda a questão agrária no Brasil de forma poética e, ao mesmo tempo, reflexiva.

Shirley Krenak traz, em sua trajetória, a missão de honrar as mulheres e a sabedoria das Guerreiras Krenak, da região de Minas Gerais. Já Maria Zelzuita, sobrevivente do Massacre de Eldorado dos Carajás, luta por uma terra produtiva e também pelo sonho da construção de uma memória, de sua morada, de pertencimento e acolhimento. A Modo Operante Produções assina a produção, viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual. A exibição é na Sexta da Sociedade, 13 de agosto, às 21h35.

Segunda da Música (MPB, Jazz, Soul, R&B) – 09/08

21h35 – ''Bethânia Bem de Perto - A Propósito de um Show'' (Documentário)

Maria Bethânia entrou para o rol das grandes cantoras brasileiras em 1965, no show teatral “Opinião”, apresentando-se ao lado de Zé Ketti e João do Vale. O filme registra o primeiro show da cantora no Rio, realizado na boate Cangaceiro, após sua consagração como intérprete da música “Carcará”. Intercaladas aos números musicais, há cenas do cotidiano da cantora e encontros com Anecy Rocha, Wanda Sá, Rosinha de Valença, Silvinha Teles e Jards Macalé, entre outros. Direção: Eduardo Escorel, Júlio Bressane. Duração: 33 min. Classificação: Livre. Horários alternativos:  10 de agosto, terça-feira, às 01h35; 11 de agosto, quarta-feira, às 9h35; 14 de agosto, sábado, às 23h20.

Terça das Artes – 10/08

22h10 - ''Mário Lago'' (Documentário)

A biografia de um dos maiores artistas do Brasil no século XX. Mário Lago foi um ator consagrado, mas também se destacou como escritor, roteirista e compositor. Suas letras e opiniões ajudaram a transformar gerações inteiras, nunca abrindo mão da lucidez e do carisma tão típicos de um verdadeiro carioca. O filme apresenta sequências com raro material de arquivo, entrevistas, músicas e algumas curiosidades sobre um artista completo, sua história e a passagem do tempo. Direção: Marco Abujamra, Markão Oliveira. Duração: 93 min. Classificação: Livre. Horários alternativos:  11 de agosto, quarta-feira, às 2h10 e às 16h10; 12 de agosto, quinta-feira, às 10h10; 16 de agosto, segunda-feira, às 1h00.

Quarta de Cinema (Filmes e Documentários de Metacinema) –  11/08

21h - ''Orson Welles: Sombras e Luz'' (Documentário)

Uma figura lendária, Orson Welles, aos 24 anos de idade, reinventou as linguagens do teatro e do cinema. Homem de mil faces, ele foi um moralista, um humanista, um Don Juan, um americano e um exilado sem lar. Foi ator, cineasta, comediante, poeta e uma eterna criança prodígio buscando retornar ao seu estado de graça. Esse documentário é uma jornada até o coração do homem por trás da lenda. Direção: Elisabeth Kapnist. Duração: 52 min. Classificação: Livre. Horários alternativos:  12 de agosto, quinta-feira, às 1h00 e às 21h00; 13 de agosto, sexta-feira, às 9h00; 15 de agosto, domingo, às 19h35.

Quinta do Pensamento (Literatura, Filosofia, Psicologia, Antropologia) – 12/08

20h30 – ''Incertezas Críticas'' (Série – 3ª temporada) – Ep. ''Christian Dunker''

Christian Dunker é psicanalista, professor titular do Instituto de Psicologia da USP e autor de diversos livros. No episódio de estreia da terceira temporada de “Incertezas Críticas”, ele relaciona as políticas de identidade com a psicanálise, explica como “a lógica do condomínio” pode ajudar a pensar o Brasil, fala sobre as fake news e sobre como o conceito lacaniano do real pode nos ajudar a pensar o que muda e o que permanece no capitalismo contemporâneo. Direção: Daniel Augusto. Duração: 13 episódios de 26 min. Classificação: 14 anos. Horários alternativos:  13 de agosto, sexta-feira, às 00h30 e às 14h30, 14 de agosto, sábado, às 18h35, 15 de agosto, domingo, às 10h00

Sexta da Sociedade (História Política, Sociologia e Meio Ambiente) -13/08

21h35 - ''A Mãe de Todas as Lutas'' (Documentário)

"A Mãe de Todas as Lutas" é um documentário que recorre à memória para vislumbrar um futuro de mudanças sob a ótica feminina. O filme acompanha a trajetória de Shirley Krenak e Maria Zelzuita, mulheres que estão no front da luta pela terra no Brasil. Shirley traz a missão de honrar a sabedoria das guerreiras Krenak, da região de Minas Gerais. Maria Zelzuita é uma das sobreviventes do Massacre de Eldorado dos Carajás, no Pará. Através de suas histórias, fica latente que a humanidade depende de decisões de agora para um futuro possível. O filme não pretende dar respostas, apenas deixar uma pergunta: "que tipo de adubo você quer ser para a Mãe Terra?", conforme questiona Shirley Krenak. Direção: Susanna Lira Duração: 71 min. Classificação: 14 anos. Horários alternativos:  13 de agosto, sexta-feira, às 23h00; 14 de agosto, sábado, às 3h00 e às 12h00; 15 de agosto, domingo, às 18h00; 16 de agosto, segunda, às 17h.

Sábado – 14/08

17h30 - ''Matizes do Brasil'' (Série) – Ep. ''Ernesto Neto'' 

Artista visual com trabalhos entre a escultura e a instalação, Ernesto Neto é um dos nomes mais proeminentes da arte contemporânea no Brasil e no mundo. Desde o início de sua carreira, nos anos 1980, vem produzindo obras que colocam em diálogo o espaço expositivo e as diversas dimensões do espectador – corporal, espiritual, individual ou coletiva. Neste episódio de “Matizes do Brasil”, o próprio Neto nos brinda com sua percepção bastante original sobre o fazer artístico. Além dele, os críticos e curadores Luiz Camillo Osório, Márcio Doctors, Jochen Volz e Valéria Piccoli comentam sobre as diferentes fases da carreira do artista, desde obras como “A-B-A (chapa-corda-chapa)”, de 1987, até instalações recentes como “Cura Bra Cura Te”, de 2019. Direção: Bianca Lenti. Duração: 26 min. Classificação: Livre. Horários alternativos:  10 de agosto, terça-feira, às 20h00; 11 de agosto, quarta-feira, às 0h00 e às 14h00; 12 de agosto, quinta-feira, às 8h00.

Domingo – 15/08

7h30 - ''Minha Vida na Alemanha de Hitler'' (Série) - Episódio 1

Nas eleições legislativas de 1928, na Alemanha, os nazistas não conseguiram amealhar mais do que 2,8% dos votos. Então, como Adolf Hitler conseguiu chegar ao poder em 30 de janeiro de 1933? Depois do crash da Bolsa de Valores de Nova York, em 1929, a crise econômica chegou à Alemanha e os confrontos entre os membros do Partido Comunista e os nazistas do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães aumentaram. Este episódio enfoca o incêndio do Reichstag (o prédio do Parlamento), as prisões de opositores políticos, a suspensão das liberdades civis fundamentais e a abertura dos primeiros campos de concentração. Direção: Jérôme Frieur. Duração: 52 min. Classificação: 16 anos. Horários alternativos:  13 de agosto, sexta-feira, às 19h00; 14 de agosto, sábado, às 4h00 e às 7h30; 16 de agosto, segunda, às 13h; 17 de agosto, terça-feira, às 7h00.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem