NBCUniversal Brasil promove evento "Séries Que Te Movem"

Divulgação

A NBCUniversal Brasil promoveu, nesta terça-feira (3), o evento "Séries Que Te Movem", que - nesta edição - trouxe uma releitura do estudo "Paixões em Séries", uma evolução do material apresentado em 2018. A pesquisa - que se desenvolveu através de uma metodologia qualitativa e quantitativa, com uma série de entrevistas em diversas regiões e foi atualizada a partir de dados internos e dados de mercado - explora temas relacionados à história das séries no universo televisivo, perfil dos consumidores, comportamento e consumo e o que mudou durante todo o período de pandemia, mostrando como as séries se tornaram cada vez mais relevantes ao longo do tempo e refletem a sociedade.

O estudo mostra que, mais do que ver rostos conhecidos nas telas, grande parte dos brasileiros querem se reconhecer nos personagens: 1) 69% do público afirmam que encontrar personagens que passam pelas mesmas situações que eles é um fator decisivo na escolha do conteúdo; 2) 79% sentem que, atualmente, as séries e filmes retratam suas realidades mais do que antes; 3) 85% dos brasileiros LGBTQIA+ sentem que as séries que abordam o tema ajudaram suas famílias na compreensão sobre diversidade; 4) 81% que não são LGBTQIA+ disseram que assistir personagens dessa comunidade os fizeram se sentir mais conectados com essas pessoas. (*)

A pandemia ampliou ainda mais o consumo de séries e seu caráter agregador ficou ainda mais evidente: 50% dos entrevistados afirmaram que assistiram mais séries, filmes e programas com a família em 2020. Com o isolamento social, mais gente passou a procurar esse tipo de conteúdo: 45% começaram a assistir novas séries, 47% afirmaram estar assistindo mais séries internacionais do que antes, e 57% disseram que séries são sua principal forma de diversão durante a quarentena. (**)

Mesmo com uma situação econômica desafiadora, as pessoas assinaram mais serviços e expandiram as horas de consumo de TV ao longo do dia, com aumento principalmente na madrugada e à tarde. (***).

"Acreditamos que as séries são os conteúdos mais democráticos que existem por representarem um pouquinho de cada um de nós. Há séries para todos os gêneros, classes, gostos e idades. Mas além dessa classificação mais ampla, as séries conversam com os mais diferentes grupos, comunidades e camadas, e têm sido verdadeiramente uma companhia nestes tempos", afirma Gabriel Williams, responsável pela área de marketing e produto, da NBCUniversal Brasil.

Os dados da pesquisa também apontam que a audiência do gênero na TV por assinatura continua crescendo, mesmo dentro de um cenário altamente competitivo, e teve um incremento de 52% a mais desde 2014. Outro recorte expressivo, que vale ser destacado, é que o segmento de canais de séries e filmes foi o que recebeu maior investimento publicitário na TV Paga em 2020, ficando à frente de outros segmentos, como Esportes e Notícias. Foram mais de 2 milhões de horas de séries assistidas neste ano. (****)

"O alcance da TV paga ainda é grande. Podemos observar isso quando vemos que o Universal TV segue na liderança de audiência da TV por assinatura entre os canais da categoria ‘Filmes e Séries’. O canal registrou um crescimento de 31% de audiência desde 2019, o maior da categoria, tendo um aumento de 46 minutos no tempo médio assistido por dia. Temos hoje as seis séries mais assistidas da TV paga e estamos no 3º lugar geral no ranking", reforça Gabriel. (*****)

Para quem quiser conferir o estudo completo, já está disponível na Plataforma Gente. Para acesso e download, clique aqui .
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem