Cristóvão Bastos e Rogério Caetano apresentam disco indicado ao Grammy na TV Brasil

Divulgação

O programa Cena Instrumental recebe os artistas Cristóvão Bastos e Rogério Caetano para um show exclusivo neste sábado (16), às 23h30, na TV Brasil. A dupla executa repertório do disco homônimo indicado ao Grammy Latino 2021. Além da performance no estúdio da emissora pública, essa edição inédita da produção traz uma entrevista sobre o projeto.

No papo com a apresentadora Bia Aparecida, o assunto em pauta é o álbum. Com 11 faixas, o mais recente trabalho dos convidados mescla choro, samba, forró, polca e valsa em uma combinação de gênero e ritmos. O disco representa um duo inédito na música nacional: piano e violão 7 cordas de aço.

Lançado em 2020, o disco intitulado com o nome dos artistas é formado por canções autorais e parcerias com Paulinho da Viola, Eduardo Neves, Paulo César Pinheiro e Maurício Carrilho. Com a fina flor do choro contemporâneo, o lançamento disponível nas plataformas digitais é dedicado a Raphael Rabello.

O disco "Cristóvão Bastos e Rogério Caetano" é finalista do Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum Instrumental". O resultado será anunciado em cerimônia na segunda quinzena do mês de novembro. Os duos Toquinho/Yamandu Costa e Hamilton de Holanda/Mestrinho disputam o mesmo prêmio. Ao todo, são 53 categorias na 22ª edição do evento e dezenas de artistas brasileiros buscam esse nobre reconhecimento.

Trajetória dos convidados

Pianista e compositor, o carioca Cristóvão Bastos é um dos maiores arranjadores do país. O premiado músico fez obras memoráveis com astros como Aldir Blanc e Paulinho da Viola. O experiente artista também trabalhou com personalidades como Nana Caymmi, Emílio Santiago e Chico Buarque

Cristóvão Bastos já foi indicado ao Grammy Latino, em 2000, com "Suave Veneno", parceria com Aldir Blanc. A composição concorreu ao reconhecimento na categoria "Melhor Canção Brasileira em Língua Portuguesa". Djavan recebeu a láurea com o sucesso "Acelerou". As músicas "Anna Júlia", de Marcelo Camelo, e "O Segundo Sol", de Nando Reis, também eram algumas das obras candidatas ao prêmio.

O goiano Rogério Caetano é violonista 7 cordas e uma referência no instrumento. Ele já se apresentou e fez projetos com Hamilton de Holanda, Beth Carvalho, Zeca Pagodinho e Yamandu Costa. Com talento, traz para a cena musical uma linguagem inovadora e marca uma escola contemporânea do instrumento.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem