'Esporte Espetacular' faz homenagem ao homem que tinha o costume de estender a bandeira do clube no gramado

Divulgação Globo

Uma figura folclórica do futebol carioca, querida por jogadores e protagonista de muitas histórias, boa parte delas relacionas à fé. Na próxima segunda-feira, dia 1, a morte do massagista conhecido como Pai Santana, muito popular entre os torcedores do Vasco, completa uma década. Na véspera desta data, o 'Esporte Espetacular' faz uma homenagem ao homem que tinha o costume de estender a bandeira do clube no gramado antes dos jogos e reverenciá-la. Entre os personagens ouvidos pelo repórter Guido Nunes, nomes como Roberto Dinamite, Romário e Edmundo. Com o técnico Luiz Felipe Scolari trabalhou no Kuwait, onde se converteu ao islamismo. A aventura no Oriente Médio chegou ao fim após sete anos, por conta da Guerra do Golfo. "Pai Santana transcendia a função do massagista. Ele era um profissional completo e também um ídolo para o torcedor vascaíno", afirma Roberto Dinamite.

Neste sábado, dia 30, Diego Armando Maradona, um dos maiores craques da história do futebol, completaria 61 anos. Em homenagem ao argentino, o ‘Esporte Espetacular’ abre o “Baú” para recordar a primeira vez em que ele enfrentou a seleção brasileira, em 1979. O correspondente Raphael Sibilla entra ao vivo no programa, diretamente de Buenos Aires, para mostrar como está a comoção no país vizinho no primeiro aniversário do ídolo após a sua morte, em novembro do ano passado. 
 
 Esta semana também é representativa para o esporte. Afinal, foi atingido o marco de 1.000 dias para os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024. O correspondente Marcelo Courrege mostra como está a preparação para o evento na capital francesa. Além disso, ele conta a história de três jovens atletas brasileiros que têm boas chances de estar na Cidade-Luz daqui a três anos: Christal Bezerra, da ginástica artística; Filipe Mota, do skate, de 14 anos; e o Erick Felipe, que está bem perto de ser tornar o primeiro velocista do país a correr os 100m rasos abaixo de 10 segundos.
 
 No segundo episódio da série sobre a longevidade no esporte, o tema será o futebol. O repórter Richard Souza vai mostrar como jogadores têm conseguido com cada vez mais frequência ultrapassar a barreira dos 40 anos, como é o caso de Nenê, do Vasco, que tem 40 e é um dos personagens do material, que contará o que mudou na preparação desses atletas que permite chegar tão longe. Por outro lado, os talentos têm sido revelados pelos clubes cada vez mais jovens, como é o caso de Matheus Nascimento, do Botafogo, que subiu ao profissional com somente 16 anos e também foi ouvido pela reportagem. 
 
O ‘Esporte Espetacular’ desde domingo começa logo após o ‘Auto Esporte’. 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem