A era dos hipermercados chegou ao fim, constata o programa ''CNN Soft Business''

Divulgação

Enquanto os hipermercados se retraem, os atacarejos avançam.  Dados da consultoria Nielsen mostram que a participação dos modelos "hiper" caiu de 26%, no fim de 2019, para 19%. Ao mesmo tempo, o atacarejo avançou de 30% para 38%. O programa ''CNN Soft Business'' desta quinta-feira, 16/12 (23h30), mostra um fato surpreendente: o fim da era dos hipermercados. O episódio explica as principais diferenças entre os diversos modelos de mercado, como o atacarejo, que vai ocupando, rapidamente, o espaço deixado pelos hipermercados. 

Os apresentadores Phelipe Siani e Fernando Nakagawa conversam com o presidente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), Eduardo Terra. "Hoje, o que a gente pode falar é que os grandes grupos de varejo estão se tornando multiformatos e multicanais. Então, foi-se o tempo em que a gente tinha grandes redes de hipermercados. Esse já foi um formato dominante no Brasil e durante um bom tempo fez sentido”, declara o entrevistado. Segundo ele, “hoje, a gente fala de grupos varejistas que são multiformatos, ou seja, eles operam lojas de diferentes tipos e tamanhos e multicanais. Eles operam canais diferentes, e-commerce, loja e outras variações”. O presidente da SBVC explica que existe uma diversificação da maneira com que esses grupos atuam:”Eu diria, então, que a gente vem assistindo ao hipermercado deixando de ser o formato relevante de abastecimento do brasileiro." 

O episódio dessa semana também vai falar sobre uma inovação tecnológica para beneficiar uma cadeia de logística gigantesca. A Noruega está desenvolvendo o primeiro navio cargueiro autônomo, que também deve ser elétrico. A empresa Yara, responsável pelo projeto, afirma que o transporte tem o objetivo de cortar a emissão de mil toneladas de carbono por ano, além de substituir cerca de 40 mil viagens movidas a diesel. A ideia, segundo a companhia, é que o navio comece a operar a partir do ano que vem.  

Aproveitando o tema combustíveis, o “CNN Soft Business” desta quinta-feira conta, ainda, a história de um estúdio de design holandês que desenvolveu uma bicicleta elétrica diferente. A grande inovação é que, em vez de uma bateria de lítio, cujo descarte é prejudicial ao meio ambiente, o modelo usa uma bateria a hidrogênio. O programa explica as vantagens dessa troca.

* O CNN Soft Business é exibido às quintas-feiras (22h30min), com reprise no sábado (17h15), domingo (02h20 e 21h) e segunda-feira (00h45). 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem