Documentário da TV Cultura sobre Ismael Ivo é indicado ao prêmio APCA

Divulgação 

Ismael Vivo, documentário produzido pela TV Cultura em homenagem ao bailarino e coreógrafo Ismael Ivo, falecido em abril de 2021 em decorrência da Covid-19, é indicado ao prêmio APCA - Associação Paulista de Críticos de Artes -, na categoria Documentário, como melhores da TV em 2021.

A escolha dos melhores do ano em dez áreas das artes (Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, MPB, Rádio, Teatro, Teatro Infanto-Juvenil e Televisão) acontecerá em assembleia geral da entidade no dia 31 de janeiro.

A APCA concede o seu troféu anual desde 1956 e o de Televisão, desde 1972.

O documentário

Ismael Vivo é conduzido pelo olhar da jovem artista do Rio de Janeiro Merícia Cassiano, que ao longo da edição investiga e descobre a história do bailarino e coreógrafo brasileiro e se conecta com ele.

O filme tem início com a notícia da morte do artista. A partir daí, o documentário passeia pelos locais onde Ismael Ivo atuou, como o Balé da Cidade de São Paulo e o Ballet Paraisópolis; conversa com colegas de profissão; apresenta os projetos de formação que o dançarino idealizou e participou; e entra na intimidade de sua família.

Com duração de 50 minutos, o filme busca trazer a presença de Ismael para além das imagens de arquivo: é a partir de sua voz, em locução, que se conta fatos e histórias de sua vida, uma câmera subjetiva passeia pelos espaços em que transitou e projeções holográficas o revelam em muitos momentos da edição.

Ismael Vivo conta com mais de 30 depoimentos, entre eles nomes como a bailarina Ingrid Silva (Dance Theater of Harlem); Karl Regensburger (ImPulsTanz), Meinrad Huber, Francesca Harper, Jarbas Homem de Mello, Bethania Gomes, Ricardo Ohtake, Eliane Dias, Gloria Maria, Paulo Betti, José Adão (Movimento Negro Unificado), Danilo Santos de Miranda, Adriana Couto e João Marcello Bôscoli.

A atração conta com imagens de várias fases da carreira de Ismael Ivo, registros raros do acervo da TV Cultura dos anos 1980 e 1990, e bastidores da preparação do filme Objetos Perdidos, de Luiz Fernando Carvalho, do qual o artista fazia parte do elenco.

O documentário Ismael Vivo está disponível no canal do YouTube da TV Cultura. Confira aqui .
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem