Ad Code

Ao completar 2 anos, CNN Brasil anuncia nova estratégia para produção e exibição de conteúdos

Reprodução

A CNN Brasil comemora dois anos anunciando sua nova estratégia para produção e exibição de conteúdo, com mudanças na grade e a criação de novos produtos que terão distribuição em todas as plataformas. ''Temos muito que celebrar. Os dois anos da CNN Brasil são marcados por conquistas, boas notícias, novos programas, estreias, mais espaço para o nosso jornalismo e um balanço positivo do que construímos até agora'', afirma a CEO Renata Afonso. 

O dia do aniversário, em 15 março, será marcado pelo lançamento de uma homepage especial sobre as eleições de 2022, assunto prioritário do jornalismo do canal neste ano. Renata Afonso afirma que ''2022 é um ano desafiador, e a CNN Brasil tem um papel fundamental na cobertura de uma das principais eleições desde a redemocratização''.

A partir de 04 de abril, a CNN lança mais novidades, com novos programas e a ampliação do espaço dedicado ao hard news.

Manhãs terão estreia

As manhãs da CNN Brasil ganham um novo programa, às 6h15, com a cobertura diária do mercado de investimentos, do mundo dos negócios e do panorama econômico: é o CNN Money, sob comando de Thais Herédia. 

Na sequência, às 7h, o CNN Novo Dia, terá o trio Rafael Colombo, Luciana Barreto e Stephanie Alves, que troca a função de repórter pela de âncora.

O Live CNN ganha mais meia hora e passa a ser exibido das 11h às 14h, mantendo os âncoras Daniel Adjuto e Marcela Rahal.

O Visão CNN, de 14h às 16h, será ancorado a partir de duas praças, com Carla Vilhena, em São Paulo, e Sidney Rezende, no Rio de Janeiro.

O CNN 360, com Daniela Lima, virá na sequência, das 16h às 18h30.

Faixa noturna

O novo Expresso CNN (18h30 às 19h30) terá o comando da dupla Elisa Veeck e Evandro Cini, encarregada de entregar as notícias em linguagem moderna, leve e descontraída.
 
O CNN Prime Time passará a ser exibido de 19h30 às 21h00, e segue com Márcio Gomes no comando.

Monalisa Perrone será a nova âncora do Jornal da CNN (21h), com as notícias do dia no Brasil e no mundo.

William Waack estará à frente de um novo programa diário: WW que, além da edição de domingo, passará a ser exibido também de segunda a sexta-feira (22h), com análises aprofundadas sobre os temas relevantes do dia.

O Agora CNN, às 22h30, terá foco preferencialmente voltado para as eleições, com o comando  Carol Nogueira.

Durante a madrugada, a CNN ainda terá boletins ao vivo, para que o fluxo de informação não seja interrompido. A apresentação será de Muriel Porfiro.

Episódios inéditos nos fins de semana

Os produtos da marca CNN Soft também entram numa nova fase. No primeiro semestre está programada a estreia de um novo programa apresentado por Mari Palma, de segunda a sexta-feira, que já está em produção. As atrações que hoje são exibidas na faixa de variedades, às 22h30 de segunda a sexta-feira, passarão a ter episódios inéditos nos fins de semana, reforçando a estratégia de conteúdo diversificado.

A segunda temporada do CNN Sinais Vitais, com apresentação do médico Roberto Kalil, estreia no domingo, 17 de abril (19h30). Os episódios inéditos do CNN Business, com Phelipe Siani e Fernando Nakagawa, também serão exibidos aos domingos (21h45). O CNN Nosso Mundo passa de sexta-feira para sábado (23h45), com o quarteto atual de apresentadoras: Luciana Barreto, Thais Herédia, Rita Wu e Lia Bock. E  O Grande Debate troca a terça-feira pelo domingo (18h00).

Balanço de dois anos da CNN Brasil 

Em carta aos colaboradores enviada nesta terça, dia 22, Renata Afonso fez um balanço dos dois anos da CNN Brasil e também sobre o primeiro ano de sua gestão como CEO da empresa. “Desde o início, meu foco foi estabelecer uma cultura pautada na gestão transparente, justa, diversa e inclusiva, por meio de melhores práticas e diálogo aberto”, afirmou. O processo conta com o apoio da empresa global de consultoria Korn Ferry. 

A executiva citou como avanços a ampliação do quadro de funcionários, com o crescimento de 18% nos postos de trabalho e reestruturação da equipe de comando. Foram contratados seis novos diretores-executivos para as áreas de Digital, Tecnologia, Relações Institucionais, Gente e Cultura, Financeiro e Jurídico. E, ainda, criado o departamento de Compliance. 

Segundo Renata, os critérios de promoção foram reformulados, dentro da estratégia de valorização dos talentos. A CEO ainda destacou a criação da  vice-presidência de Novos Negócios para acelerar o crescimento e apontou como exemplos de resultados os lançamentos das marcas CNN Soft, com oito produções de entretenimento, e CNN Brasil Future, um hub de inovação para as novas gerações.

A CEO citou a criação dos produtos CNN no Plural e CNN Educação, com conteúdo alinhado à justiça e à inclusão. E, ainda, os projetos CNN Agro e Especialistas CNN, direcionados a públicos específicos de relevância para o desenvolvimento do Brasil. ''Nosso jornalismo está cada vez mais forte, temos uma equipe extremamente qualificada na frente das câmeras e nos bastidores, trabalhando com agilidade e responsabilidade'', ressaltou.

Na carta, Renata reforçou o compromisso da CNN Brasil com a credibilidade e imparcialidade e falou dos resultados financeiros da marca. ''Fechamos 2021 com resultados extraordinários: chegamos a 250 anunciantes, com um aumento de 76% no faturamento, e alcançamos números expressivos de audiência em todas as plataformas, principalmente entre formadores de opinião, elevando a CNN ao patamar de um dos maiores influenciadores do país'', concluiu.

Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code