Ad Code

Ciência é Tudo destaca plano nacional para conservação e sustentabilidade dos mares

Divulgação

O Ciência é Tudo inédito desde sábado (19) faz uma viagem ao fundo do mar para conhecer o Plano Nacional da Década da Ciência Oceânica no Brasil. Durante a exibição, às 9h30, na TV Brasil, o programa revela que o objetivo do Plano é mobilizar governo, pesquisadores e sociedade em ações que favoreçam a conservação e sustentabilidade dos mares com uso da ciência.

Na edição desta semana, a atração destaca também o que são e qual a diferença entre lagos atmosféricos e rios voadores. Novo fenômeno meteorológico descrito pelo cientista norte-americano Brian Mapes em dezembro do ano passado, os lagos oceânicos lembram piscinas que se movem devagar e começam como filamentos de vapor na região dos Oceanos Índico e Pacífico. Já os rios voadores são cursos de água atmosféricos formados por massas de ar carregadas de vapor, muitas vezes acompanhados por nuvens, e são empurrados pelos ventos.

Ainda no Ciência é Tudo de sábado, o público confere a animação "Astronomia em Doses", série lançada no ano passado pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins. A obra mostra o cotidiano de uma família curiosa que se interessa por temas astronômicos.

Em uma jornada pelo universo da ciência e da tecnologia, com muita informação e novidades, o programa traz também uma reportagem especial sobre as histórias e o dia a dia de quem vive do mar.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code