Ad Code

Mangues, onças-pintadas e recife de coral são temas do Repórter Eco deste domingo

Divulgação/Gelse Montesso

Neste domingo (27/2), o Repórter Eco apresenta reportagens inéditas sobre a presença e importância dos mangues em regiões extrativistas do Pará, o comportamento das onças-pintadas nas áreas alagadas das reservas na Amazônia, além de abordarem um recife de coral submerso na Ilha das Cobras, no litoral paulista. Com apresentação de Márcia Bongiovanni, o programa vai ao ar às 18h, na TV Cultura.
 
A edição apresenta o projeto socioambiental “Mangues da Amazônia” que procura recuperar e conservar estes grandes berçários de peixes e outras espécies marinhas. Possíveis de serem encontrados em reservas extrativistas do estado do Pará, o manguezal é um ecossistema crucial para o equilíbrio do planeta e o programa explica o seu papel.
 
Além disso, aborda uma descoberta feita por pesquisadores do Instituto Mamirauá sobre o comportamento de alguns felinos. Ao contrário do que muitos pensam, as onças pintadas podem sim gostar de água. A reportagem revela que as onças da região de Mamirauá, que vivem em áreas alagadas da reserva na Amazônia, têm um comportamento característico para sua sobrevivência.

Por fim, o Repórter Eco mostra um pouco sobre a Ilha da Queimada Grande, localizada no litoral de São Paulo. Conhecida como “Ilha das Cobras” por abrigar uma diversidade de serpentes, cientistas encontraram um tesouro ecológico submerso. A doze metros de profundidade, há um recife de coral, sendo o primeiro registro mais ao sul do oceano atlântico. A atração demonstra quais os impactos provocados pela destruição dos recifes de corais na biodiversidade marítima e fora da água.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code