Ad Code

Segunda fase do ‘The Voice+' estreia neste domingo na Globo

Divulgação Globo/João Miguel Júnior

Os times do 'The Voice+' estão formados, e, a partir de domingo, dia 27, os candidatos do reality musical dedicado a talentos com mais de 60 anos entram na segunda fase da disputa: ‘Tira-teima’. A cada programa da nova fase, após apresentações individuais, os técnicos precisarão escolher duas vozes de seus times para continuar na disputa. 
 
E para deixar a competição ainda mais emocionante, o recurso “peguei” estará disponível, principal novidade da temporada do ‘Voice+’. Ou seja, agora, os técnicos poderão apertar o botão vermelho caso queiram salvar algum candidato eliminado nesta fase da competição. 
 
Animado em fazer parte do reality, o estreante da família ‘Voice’, Toni Garrido, não economiza nos elogios. “O programa é um ganho enorme para a sociedade brasileira, porque apresenta algumas mensagens de amor, de parceria e cidadania para essa população acima dos 60, independentemente de serem cantores ou não. A mensagem vai para todo mundo que tem esperança, que acredita, porque a vida é vivida a cada dia. Enquanto estamos vivendo, há vida, há força, há coisas para acontecer. Além disso, existe um público muito grande no Brasil que há muito tempo não ouve sua própria trilha sonora, que é riquíssima, maravilhosa, que conta a história do Brasil e que está presente no ‘The Voice+’”, avalia 
 
Sempre com energia e astral contagiantes, Fafá de Belém também não esconde o orgulho de fazer parte desse time, além da emoção que toma conta de si dentro do palco, e fora dele. “Eu nunca imaginei que fosse me emocionar tanto no ‘The Voice+’, e que eu fosse me emocionar a cada vez que eu assisto ao programa também, porque a gravação é intensa, a gente se acaba mesmo. Mas depois você ouve a história de cada um no ar, a emoção aparece de novo, a identificação de geração, de mulheres e homens que tiveram que se posicionar, que tiveram a coragem de dar a volta por cima e vêm para o jogo quentes, cheios de energia, de amor, de coragem. Tem sido absolutamente emocionante. Eu nunca imaginei que seria tão forte, tão renovador e tão reconfortante para o meu coração”, revela. 
 
Veterano no reality, Carlinhos Brown explica as vantagens do ‘peguei’. “É um momento de extrema importância porque é o grande revival das Audições às Cegas, sendo que ali você está vendo a pessoa de novo, já sabe a capacidade de cada um, então a coisa toda se torna ainda mais emocionante, porque ambos temos novas oportunidades, tanto os candidatos como nós, técnicos. E isso só fortalece o time para a fase seguinte”, adianta. 
 
Ludmilla, que esteve na 1ª temporada do ‘The Voice+’, fala sobre a expectativa para a nova fase do programa. “Sou muito suspeita para falar, mas posso dizer que será uma disputa de alto nível, um programa lindo de ver. Esta é a etapa em que a competição começa a afunilar, mas espero que todos os cantores aproveitem cada momento e sejam muito felizes no palco do The Voice +. Independentemente do resultado, todos são maravilhosos, têm vozes incríveis e todos saem dali vitoriosos por não desistirem de seus sonhos”, avalia. 
 
Ao final do ‘Tira-teima’, cada técnico segue com oito vozes em seus times.
 
Com direção artística de Creso Eduardo Macedo, a nova temporada do ‘The Voice+’ vai ao ar aos domingos, na TV Globo após ‘Temperatura Máxima’, e às terças-feiras, às 20h, no Multishow.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code