Ad Code

Curta! estreia especial 'Gente de Teatro' e celebra artistas brasileiros e Dia do Teatro

Divulgação curta!

Grandes nomes do teatro brasileiro figuram no especial ''Gente de Teatro'', uma seleção de filmes e episódios de séries documentais sobre a vida e a obra de profissionais que marcaram a história das nossas artes cênicas. Os programas vão ao ar no Curta! entre 15 de março e 26 de abril, sempre às terças-feiras, às 21h

A primeira atração do especial é o documentário “Evoé – Retrato de Um Antropófago”, que retrata José Celso Martinez Corrêa através de imagens recentes (à época da realização do longa, em 2010) e outras provenientes do vasto acervo do Grupo Oficina, sua companhia de teatro. Outras produções, selecionadas para as semanas seguintes, são: “Mario Lago”, “Augusto Boal e o Teatro do Oprimido”, “Paulo Autran – O Senhor dos Palcos”, “Guarnieri”, “Sergio Britto – Mestre dos Palcos” e o episódio sobre Bia Lessa da série “Onde Nascem as Ideias”.

A partir do dia 27 de março, quando se comemora o Dia Mundial do Teatro, o especial estará disponível no Curta!On – NOW/NET e em Tamanduá.TV. Além do conteúdo selecionado para o Curta!, contará também com todos os episódios das séries “Caixas Mágicas” e “Em Cena”, e o capítulo “Teatro Imersivo / Intimidade” da série “Immersive.World”.

Confira a programação do especial “Gente de Teatro” no Curta!:

Terça-feira, 15 de março

21h - “Evoé – Retrato de um Antropófago” (Documentário)

"Evoé" mistura depoimentos recentes e imagens históricas da carreira do diretor, ator e dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, do Teatro Oficina. A equipe do documentário embarca em quatro viagens a destinos fundamentais da trajetória de Zé Celso: o Sertão da Bahia, a Praia de Cururipe, em  Alagoas (onde o Bispo Sardinha foi devorado), as cidades de Epidaurus e Atenas, na Grécia, e o apartamento do dramaturgo em São Paulo. Com acesso livre ao infindável e sempre crescente arquivo de imagens e sons do Grupo Oficina, misturados com imagens contemporâneas, constrói-se aqui uma visão muito particular de uma das maiores personalidades das artes do Brasil de todos os tempos. Direção: Tadeu Jungle, Elaine Cesar. Duração: 104 min. Classificação: 16 anos. 

Terça-feira, 22 de março

21h – "Mário Lago” (Documentário)

A biografia de um dos maiores artistas do Brasil no século XX. O filme apresenta cenas com raro material de arquivo e algumas curiosidades sobre um artista completo, que se ocupou de teatro, cinema, TV, poesia e música. Direção: Marco Abujamra, Markão Oliveira. Duração: 93min. Classificação: Livre.

Terça-feira, 29 de março

21h – "Augusto Boal e o Teatro do Oprimido” (Documentário)

Sob direção de Zelito Viana, o documentário mostra a trajetória do teatrólogo Augusto Boal, idealizador de técnicas comparadas às de grandes teóricos das artes cênicas, como Brecht e Stanislavski. O longa-metragem traça a evolução de sua maior criação, "O Teatro do Oprimido". Com depoimentos do próprio Augusto Boal, de Ferreira Gullar, Edu Lobo, Chico Buarque, Aderbal Freire-Filho, Cecília Boal e Julian Boal, o filme mostra ainda trechos das aplicações do "Teatro dos Oprimidos" em grupos e projetos em plena atividade. O roteiro nos leva a países como Índia e Moçambique, onde são captadas peças itinerantes com interação da plateia. Direção: Zelito Viana. Duração: 62 min. Classificação: Livre.

Terça-feira, 05 de abril

21h – "Paulo Autran — O Senhor dos Palcos” (Documentário)

Documentário de longa-metragem sobre a vida e obra deste que foi, possivelmente, o maior ator brasileiro de todos os tempos, Paulo Autran. Diretor: Marco Abujamra. Duração: 82 min. Classificação: Livre. 

Terça-feira, 12 de abril

21h – "Guarnieri” (Documentário) 

Gianfrancesco Guarnieri foi ator de grande sucesso na televisão, autor fundamental na história do teatro brasileiro e imagem-síntese do artista engajado. Ao mesmo tempo em que foi essa figura pública, esteve frequentemente ausente na esfera familiar. Contrariando os caminhos do pai, Flávio e Paulo, também atores, assumiram um total distanciamento entre arte, trabalho e política, privilegiando a família. A partir desses retratos geracionais, o diretor Francisco Guarnieri procura reconstruir a figura de seu avô distante. Valendo-se de materiais de arquivo íntimos e públicos, entrevistas e reencenações, o filme reflete sobre um passado ao mesmo tempo nacional e privado, e sobre o papel do indivíduo na sociedade, na arte e na família. Direção: Francisco Guarnieri. Duração: 71 min. Classificação: 12 anos.

Terça-feira, 19 de abril

21h – “Sergio Britto – Mestre dos Palcos" (Documentário)

O documentário acompanha as múltiplas facetas do ator e diretor Sérgio Britto, desde os bastidores de companhias de teatro a suas experiências na literatura e na ópera. O ator foi criador do "Grande Teatro Tupi", programa que fez mais de 450 adaptações de peças teatrais e tinha no elenco atores como Fernanda Montenegro e Ítalo Rossi. Duração: 52 min. Classificação: Livre. 

Terça-feira, 26 de abril

21h – "Onde Nascem as Ideias” (Série) – Episódio: “Bia”

Bia Lessa é uma das diretoras mais importantes nas artes cênicas do país. Neste episódio de “Onde Nascem As Ideias”, acompanhamos a diretora em seu processo criativo desde o primeiro teste de atores até a estreia da peça “Grandes Sertões Veredas”, no SESC de São Paulo. O filme revela a potência do trabalho de Bia Lessa e a relação que ela constrói com sua equipe e com os atores da peça ao longo dos ensaios.  Diretora: Carolina Sá. Duração: 54 min. Classificação: 18 anos. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code