Ad Code

Entrevista com o desmascarado: Amaral é o Cachorro

Divulgação Globo/Maurício Fidalgo

Na tarde do último domingo (19), o Cachorro foi o sétimo desmascarado da segunda temporada do 'The Masked Singer Brasil'. O ex-jogador de futebol, Amaral, deu vida ao personagem e encantou o público e os jurados com sua fofura. “Eu só tenho a agradecer, foi muito legal! Eu encarei o personagem e vou sentir muita falta do Cachorro. Eu nunca tinha cantado me apresentando, então foi bem difícil”, conta. 
 
O 'The Masked Singer Brasil’ é uma coprodução TV Globo e Endemol Shine Brasil, baseado no formato sul-coreano criado pela Mun Hwa Broadcasting Corp, tem supervisão artística de Adriano Ricco (TV Globo) e direção de Marcelo Amiky (Endemol Shine Brasil). O reality vai ao ar no domingo após ‘The Voice +’ 
 
Entrevista com Amaral 
 
Conta um pouco da experiência de participar do ‘The Masked Singer Brasil’? 
Eu só tenho a agradecer, foi muito legal! Eu encarei o personagem e vou sentir muita falta do Cachorro. Eu nunca tinha cantado me apresentando, então foi bem difícil. Mas os jurados adoraram o Cachorro. Quando recebi o convite e falaram que seria um Cachorro, eu achei bem engraçado (risos). Eu fiquei muito feliz e fui muito bem recebido. 
 
Você encantou os jurados com a fantasia do Cachorro. Como que você se preparou para viver este personagem? 
Eu tinha que interpretar o Cachorro, né? E eu tive que entrar mesmo no personagem. O Cachorro era muito fofinho, é uma fantasia muito bonita. O mais difícil foi cantar, eu tenho língua presa, então tive que trabalhar bastante isso. Os jurados me perguntaram se eu já tinha feito teatro e eu disse que não, mas que me mandaram vestir a camisa e quando eu faço isso é para dar o meu melhor. 
 
Como foi ser desmascarado e ver a reação do público? 
Minha revelação surpreendeu muito os jurados. Acho que nunca passou pela cabeça deles que seria eu. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code