Ad Code

Repórter Record Investigação conversa com as famílias dos jovens que desapareceram na fronteira do México com os Estados Unidos

Divulgação

Toda semana, centenas de brasileiros presos na fronteira do México com os Estados Unidos são mandados de volta para o Brasil. Em busca do sonho americano, eles juntaram dinheiro e se arriscaram numa travessia ilegal, em que muitos ficam pelo caminho. O Repórter Record Investigação desta quinta-feira, 10/03, mostra a situação das famílias, aqui no país, que vivem a angústia sem fim de não terem nenhuma informação dos parentes desaparecidos em terra estrangeira.  

Viver nos Estados Unidos custa caro. Quem se aventura na viagem ilegal tem que pedir ajuda financeira a amigos e familiares, ou parentes estabelecidos naquele país. Mas isso não é garantia de nada. 

Para entrar ilegalmente na terra do Tio Sam, existem inúmeras rotas. As mais conhecidas são pelo deserto ou de barco em alto mar. Todas sob controle de coiotes, que cobram valores altíssimos na hora de providenciar uma viagem que pode ter um fim trágico.  

Os repórteres ficaram frente a frente com dois agenciadores clandestinos. O que será que eles disseram sobre os jovens desaparecidos? 

E mais: familiares ouvidos pelo programa se queixam da falta de informação de autoridades locais e estrangeiras sobre os parentes desaparecidos na fronteira.  

A reportagem exclusiva é de Mariane Salerno, Marcus Reis e Mariana Ferrari. 

O Repórter Record Investigação vai ao ar às 22h30. A apresentação é de Luiz Fara Monteiro.  

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code