Ad Code

TV Brasil comemora Dia do Circo com exibição de série documental

Divulgação

Para festejar o Dia do Circo, celebrado neste domingo, 27 de março, e homenagear os profissionais da arte circense, a TV Brasil apresenta os dois primeiros episódios da série original Circos, em sequência, a partir das 18h.

Com emoção e sensibilidade, a produção documental da emissora pública revela o fascinante universo do picadeiro. A proposta é desvendar os mistérios e segredos dos números de palhaçaria, ilusionismo, acrobacia, equilibrismo e malabarismo.

Realizado em quatro episódios, o programa combina entrevistas e performances para destacar o maior espetáculo da Terra às novas gerações e entreter a família com a diversão e a alegria do encanto proporcionado por esse ambiente mágico.

A ideia do seriado é mostrar as mais diversas formas dessa manifestação artística. O seriado apresenta um olhar sobre os aspectos que caracterizam o circo tradicional, passando pelos shows de rua até a reinvenção desse patrimônio cultural.

Entrevistados ilustres

Artistas e pesquisadores abordam o atual momento do circo no país, destacam sua importância, analisam a influência em outras artes e explicam o poder transformador. Os convidados também falam sobre a rotina profissional bem como a beleza da arte circense e o papel do circo na sociedade.

Astros consagrados nos palcos e novos talentos do picadeiro costuram o roteiro do seriado com uma abordagem sensível sobre a vivência circense. Jovens e veteranos abrem o coração nas entrevistas para a equipe da TV Brasil, contam suas trajetórias, revelam bastidores e ressaltam a magia das apresentações.

A produção própria do canal público reúne personalidades como o veterano Dedé Santana e o experiente Marcos Frota. A série Circos também traz o depoimento da pesquisadora Verônica Tamaoki, do ilusionista Issao Imamura e dos palhaços Fernando Sampaio, Marcos Casuo e Lu Lopes, entre outros nomes do meio.

Arte milenar que sempre encantou as pessoas em todo o mundo, o circo enfrenta desafios constantes como a concorrência com novas formas de entretenimento, a proibição do uso de animais, a busca por mais incentivos públicos e a luta por espaços principalmente nos grandes centros.

Os trabalhadores apaixonados pela cultura circense ratificam essa perspectiva, mas ampliam o horizonte em suas falas e sugerem novas dimensões do alcance dessa arte. Apesar das dificuldades, todos carregam a certeza de que o universo lúdico e deslumbrante do circo nunca morrerá.

Palhaçaria é tema da abertura

Há quem diga que um circo sem palhaço não é circo. Por isso, o primeiro episódio da série da TV Brasil não poderia ter outro protagonista. A viagem por esse mundo de encantamento mescla depoimentos e performances de grandes nomes como Dedé Santana, Lu Lopes, Fran Marinho, Fernando Sampaio e Marcos Casuo.

Os entrevistados refletem sobre a arte de fazer sorrir com muita sensibilidade, intimismo e alegria. Eles recordam o ingresso na profissão e analisam temas como a relação entre a tristeza e o palhaço, a cura através do riso, as mulheres palhaças, o poder da máscara e o papel fundamental do palhaço no circo e na sociedade.

Durante essa primeira edição da série Circos, a emissora pública oferece à plateia de casa divertidos números com atrações como Circo do Asfalto, Universo Casuo, Circo dos Sonhos, La Mínima e Palhaça Rubra entre outros personagens.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code