Ad Code

A depressão dos jovens é tema do ''CNN Nosso Mundo''

Divulgação

O ''CNN Nosso Mundo'' debate a depressão dos jovens neste sábado, 23 de abril (23h45), com o  terapeuta e escritor Alexandre Coimbra. Durante a pandemia, Coimbra trabalhou com depressão nas novas gerações, dialogando com escolas, professores, a família e os estudantes. Agora ele conversa com Glória Vanique, Letícia Vidica, Rita Wu e Lia Bock sobre como está a retomada da vida e a saúde mental dos brasileiros. O terapeuta alerta que ainda vamos ter muitos efeitos da exaustão pandêmica no futuro e precisamos estar preparados para exercer a empatia. 

Quem tem hoje menos de 41 anos faz parte da Geração Deprimida, que inclui as pessoas da Geração Z e os Millennials. Nessas faixas etárias tem aumentado o uso de antidepressivos, a busca por assistência psicológica e os registros de ansiedade e tristeza.  A dúvida é se essa geração é realmente mais sofrida ou se agora prestamos mais atenção à saúde mental.  

O episódio analisa se o contexto atual de redes sociais, hiperconectividade e frustração profissional, além da pandemia, causam ou potencializam a depressão.  Alexandre Coimbra afirma que a saúde mental das pessoas foi afetada pelo fim da previsibilidade, porque somos seres que gostamos de imaginar que temos algum controle sobre a vida. “Nós somos seres sociais, então quando a gente tem que se isolar, a gente vai adoecer”, afirma. Ele observa que as relações ficaram abaladas:  “Na pandemia, aquele outro que sempre foi um objeto de afeto, de encontro, passou a ser um risco”. 

Para o terapeuta, o isolamento é um risco enorme para a perda do equilíbrio mental. “A solidão rima com depressão porque significa uma perda dos laços. Quando eu estou perto das pessoas, mesmo que deprimido, eu tenho um curso da doença menos grave. A solidão é um fator de risco inenarrável”, explica. 

Mas ele aponta saídas: “A palavra pra gente acolher esses adolescentes é a delicadeza. ‘Eu te apoio.’”  E esse apoio, segundo Coimbra, não é apresentar uma solução para o problema, mas sim escutar o que o outro tem a dizer. O terapeuta  ressalta, ainda, a importância de se  falar de temas sombrios e exercer o direito à tristeza. E alerta: “Para cada época nós temos as doenças provocadas pela cultura. E nós estamos vivendo a época do esgotamento e da exaustão.” 

 O ''CNN Nosso Mundo'' vai ao ar sábado às 23h45.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code