Ad Code

“Anthony Bourdain, lugares desconhecidos'' desembarca na Armênia

Divulgação

O programa ''Anthony Bourdain, lugares desconhecidos'' deste domingo, 17 de abril (18h50). desembarca na Armênia. O longínquo país democrático sem mar, localizado na  Ásia Ocidental,  faz fronteira com a Turquia, a Geórgia, o  Azerbaijão e o Irã. Uma das curiosidades é que esta ex-república soviética, com pouco mais de 3 milhões de habitantes, tem mais cidadãos e descendentes vivendo no exterior do que no próprio território: são 8 milhões de pessoas espalhadas pelo mundo, incluindo o Brasil.

Anthony Bourdain mergulha na na história para explicar como a chamada fuga dos cidadãos do país, a  diáspora armênia, ocorreu após o genocídio promovido pela Turquia. Na época,  início do século 20,  a região era dominada pelo Império Turco-Otomano e os armênios eram súditos dos sultões.

O episódio conta com a participação de Serj Tankian, vocalista da banda System of a Down, um armênio que vive no exterior. Ele não nasceu no país,  mas, como muitos, busca se reconectar com suas raízes. O cantor acompanha Anthony nesta jornada por uma terra ainda profundamente marcada pelas tragédias. 

E as tragédias são muitas, como um terremoto, a queda da União Soviética e uma guerra com o Azerbaijão, que ocorreram entre o final da década de 1980 e começo de 1990, agravando a situação.

Mas como a história sempre tem um lado bom, a decisão dos governos de investir em educação apresenta excelentes resultados, produzindo gênios da engenharia e matemática. Segundo Anthony, hoje a Armênia é considerada o Vale do Silício do Cáucaso. E como toda a viagem do chef não pode deixar a gastronomia de lado, ele mostra como as tradições à mesa foram preservadas e apresenta um cardápio que inclui lavash, o pão nacional, a sopa de ossos e a vodca de damasco. 

''Anthony Bourdain, lugares desconhecidos'' vai ao ar no domingo, às 18h50 na CNN Brasil.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code