Ad Code

ID e discovery+ estreiam a segunda temporada de ''Tribunal do Caos''

Divulgação

A partir de quinta-feira, 21 de abril, o ID e o discovery+ exibem a segunda temporada de TRIBUNAL DO CAOS (Chaos in Court), série que compila registros em vídeo de cenas dramáticas e catárticas, ocorridas dentro dos templos da justiça. Os novos episódios vão ao ar às 21h10 e têm estreia simultânea na TV linear e no streaming.

Cada episódio com duração de uma hora reúne diversos casos e traz imagens captadas dentro dos tribunais americanos – são registros que mostram o momento exato em que os ânimos exaltados saem de controle e as autoridades precisam agir rapidamente antes que novos crimes aconteçam. A produção revela, ainda, bastidores de procedimentos jurídicos que contextualizam as imagens; elas acompanham análises feitas por especialistas, incluindo juízes, advogados de defesa, promotores e psicólogos forenses.  

Também participam da série os próprios réus, vítimas e pessoas que assistiam ao julgamento – testemunhas desses fatos atípicos que interromperam os ritos tradicionais da corte, elas relatam suas perspectivas individuais sobre o contexto dos julgamentos, as nuances e estados emocionais que foram ingredientes explosivos para que a confusão generalizada se instalasse.

O episódio de estreia de TRIBUNAL DO CAOS começa com o caso de Tevin Biles-Thomas, irmão da ginasta Simone Biles. Separados ainda na infância, eles cresceram em lares diferentes e seguiram caminhos opostos: ela, a maior campeã da ginástica olímpica; ele, soldado acusado de atirar e matar três pessoas em uma festa de Ano Novo, nas primeiras horas de 2019. Passados dois anos da festa fatídica, as provas contra Tevin são escassas e a mãe de uma das vítimas se revolta quando a juíza aceita o pedido da defesa para o não prosseguimento do caso.  

Depois, em 2020, um homem com uma ficha criminal extensa entra um tribunal por livre e espontânea vontade e começa a provocar os agentes que ali trabalham, dizendo que precisa tomar banho. O pedido absurdo dá início a um desentendimento que logo escala para troca de socos, no meio da confusão, o homem alcança o coldre de um dos policiais e tenta sacar a arma.

Durante em audiência on-line em um caso de violência doméstica, ocorrida em meio à pandemia, a assistente da promotoria percebe que a vítima está inquieta e pergunta se, por acaso, o acusado está por perto. Ele nega prontamente, mas a promotoria aciona a polícia que vai até a casa da vítima e o encontra lá, intimidando a ex-namorada.  Por fim, dois episódios de fuga de adolescentes que estavam sob custódia, aguardando julgamento na mesma instituição para jovens acusados de crimes hediondos.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code