Ad Code

No 'Foi Mau', Alinne Prado recorda período conturbado como repórter policial no Rio de Janeiro: ''Tive que tomar remédio para dormir''

Divulgação RedeTV!

O 'Foi Mau' (RedeTV!) desta segunda-feira (11) recebe a jornalista e apresentadora Alinne Prado. Na atração, a convidada de Maurício Meirelles revela detalhes sobre a época em que era repórter policial na capital fluminense. 

“Não tem como ficar bem. Não tem. Os repórteres, especialmente os do Rio de Janeiro, eram repórteres de guerra. A partir do momento que você tem que usar colete à prova de balas para fazer um tipo de matéria, você está em uma guerra”, afirma. 

Ao relembrar ameaças sofridas no período, a jornalista expõe um episódio traumático: “Fui fazer uma matéria sobre buracos na rua e quando cheguei tinha um rapaz com uma arma gigante. Ele me puxou pelo cabelo e me tirou do carro com a arma na cabeça falando que eu ia morrer”. 

“Durante muito tempo eu tive que tomar remédio para conseguir dormir”, confessa Alinne Prado, que em 2012 migrou para o entretenimento. 

A socialite e apresentadora Narcisa Tamborindeguy também marca presença na atração de Maurício Meirelles desta semana. O 'Foi Mau' é exibido todas às segundas-feiras, às 23h30, na RedeTV!. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code