Ad Code

Semifinalistas da segunda temporada do 'The Voice+' se preparam para a final de domingo

Divulgação Globo/Victor Pollak

No próximo domingo, dia 3, as vozes que integram os times de Carlinhos Brown, Fafá de Belém, Ludmilla e Toni Garrido sobem ao palco pela última vez nesta temporada do 'The Voice+'. É a primeira vez que a semifinal e a grande final serão disputadas em um mesmo programa. Serão duas etapas: Na primeira, as quatro vozes de cada time cantam e cada técnico escolhe uma voz para seguir. Em seguida, os quatro finalistas se apresentam e após as duas rodadas de apresentações, o público irá decidir o campeão em votação ao vivo.
 
Com direção artística de Creso Eduardo Macedo, a nova temporada do ‘The Voice+’ vai ao ar aos domingos, na TV Globo após ‘Temperatura Máxima’, e às terças-feiras, às 20h, no Multishow.
 
Confira o bate-papo com os semifinalistas:
 
Qual é a sua expectativa para a final? 
 
Clarisse Grova – Time Toni
Eu ouvi a voz do meu coração e cheguei até aqui. Já me sinto grata por essa oportunidade e, se eu chegar até a final, me sentirei feliz com a trajetória que percorri no programa e com as escolhas que fiz.
 
Dionysia Moreira- Time Brown
É uma expectativa muito grande! Estou ciente de que todos que chegarem a final têm um grande potencial, mas já somos vencedores por ter participado desse programa maravilhoso que é o The Voice+.
 
Ninah Jo – Time Fafá
Primeiramente, que seja uma grande celebração à arte e à visibilidade proporcionada a todos os artistas "mais”. Espero que haja um recorde de audiência, para que sejamos vistos como pessoas inspiradoras e que acreditam em sonhos, na permanência e no compartilhamento de nossas realizações.
 
Sabarah – Time Ludmilla 
Muita gente está me vendo, até de países diferentes. Há uma expectativa muito grande deles também. Quanto a mim, espero que dê tudo certo, estou na luta. Espero chegar lá!
 
Como descreve o aprendizado que teve com o programa? 
  
Acaciamaria – Time Brown
Muito importante. Aprendi muita coisa, principalmente na parte de preparação vocal. O aprendizado foi de conhecer pessoas que eu não sabia que sequer existiam. Gente boa, gente fina. Agora nós somos irmãos do The Voice+.
 
Alba Lírio – Time Toni 
Foram muitos. Desde a constatação do grande grau de profissionalismo de toda a equipe de produção envolvida, até o aprendizado de como trabalhar um repertório que escolhi para o programa, gravar “de prima”, enfrentar o medo e a insegurança, até transformá-los em alegria e entusiasmo.
 
Denise Pinaud – Time Ludmilla
Em maio, completo 24 anos de carreira e posso afirmar, sem medo, que nem mesmo as turnês internacionais que fiz me fizeram aprender tanto sobre superação e controle emocional. Fazer, em menos de 2 minutos, uma performance vocal que surpreenda positivamente seu técnico, controlando a emoção e o nervosismo, faz com que aprendamos também sobre nós mesmos e sobre nosso poder de superação.
 
Jozenaldo Pereira – Time Fafá
Me apresentar vai muito além de pegar em um microfone e cantar. Há muito mais a ver com a transmissão de toda a minha emoção com aquela canção a quem escuta. É compartilhar o sentimento.
 
Qual é o sentimento que o ‘The Voice+’ provoca em você? 
  
Atílio Ancheta – Time Fafá
É algo quase que indescritível. Fico muito emocionado desde a escolha das músicas, ensaios e, principalmente, nas apresentações. Gratidão por todas as oportunidades que o The Voice+ está me dando.
 
Jurandir Vieira – Time Brown
Não existem palavras que expliquem a sensação de pisar no palco do The Voice+. Gratidão é algo que transborda no meu peito. O coração dispara de felicidade a cada nota alcançada aos domingos.
 
Mauricio Gasperini – Time Ludmilla
O The Voice+ provoca em mim a vontade de retomar minha carreira e a volta à mídia depois de 20 anos afastado dela, e aos shows depois do câncer e da pandemia.
 
Vera Maga – Time Toni
Sentimento de alegria, de orgulho e de determinação.
 
Como espera que seja sua vida daqui para frente? A música fará parte dela para sempre? 
 
Denise Pinaud – Time Ludmilla
A música jamais deixará de fazer parte de minha vida. É o meu oxigênio. A partir da minha passagem pelo The Voice+, a repercussão gerada pela exposição das etapas foi tão grande que minha carreira não será a mesma. A imensa quantidade de pessoas que consegui emocionar e arrebatar com as canções que interpretei me comprovam isso. Obrigada, The Voice+! 
 
Geraldo Mamedh – Time Brown
Espero que meu trabalho seja reconhecido e que eu possa realizar meus projetos que estavam parados há muito tempo por falta de oportunidades e condições de colocá-los em prática. A música sempre me moveu e eu nunca me separei dela, apesar dos altos e baixos provenientes das adversidades do dia a dia. Sou e sempre serei músico. Sou alimentado pela música 24 horas por dia!
 
Jhusara – Time Toni
Eu espero que a minha vida daqui para a frente seja conduzida de forma bem positiva e que eu possa levar o meu canto, meu samba, em forma de mensagem otimista, de garra, de força, de representatividade e de raça, para todos os cantos desse país. A música sempre fez parte da minha vida e sempre fará, porque a minha voz é um órgão a mais em meu corpo. Comecei a cantar com 12 anos de idade e nunca mais parei. Hoje, estou no The Voice+ cantando para o mundo inteiro.
 
Marcília de Queiroz Pinheiro – Time Fafá
Depois de fazer parte do The Voice+, na tela da TV Globo, espero que venham boas surpresas, de alta qualidade. A música sempre esteve presente. Agora, mais ainda, com todo o aprendizado que tive.
 
Qual é a principal mensagem que você captou com o programa e quer transmitir para outras pessoas?
 
Alba Lírio – Time Toni
Parafraseando a grande canção que diz “Não deixe o samba morrer”, eu diria: não deixe a vida ser uma experiência banal, sem sentido, sem dar provas de quão maravilhosamente surpreendente ela pode ser se ouvirmos o nosso coração e confiarmos que os sonhos podem se tornar realidade. Não deixem a vida ter o valor de uma simples capa de celular.
 
Dilma Oliveira – Time Ludmilla
Para a garotada jovem que está começando, digo: não desistam. Lutem, busquem, continuem sonhando. Eu estou pisando agora no programa The Voice+ com 60 anos e isso é uma prova de que tudo que eu sonhei na minha vida está acontecendo agora, e eu quero falar para vocês: não desistam, pois, uma hora acontece.
 
Jurandir Vieira – Time Brown
Quem diria que aquele menino de cinco anos, que começou a cantar por necessidade, realizaria seu sonho após 60 anos. Sonhem, busquem, lutem e acreditem, pois, sonhos não envelhecem. Tudo acontece no tempo de Deus, pois Ele nunca falha!
 
Ninah Jo – Time Fafá
A música salva e cura. Espero poder inspirar pessoas a cantar cada vez mais, seja em casa, no chuveiro, em karaokês... Quero inspirar a todos, não somente quem deseja seguir carreira musical. Acredito que quem canta se alegra, se eleva e fica mais perto de Deus.
 
Atílio Ancheta – Time Fafá 
Na vida, temos de ser honestos e determinados, buscando sempre ter atitudes para atingir os objetivos. Não importa a idade, sempre poderemos recomeçar para conquistar nossos sonhos!
 
Geraldo Mamedh – Time Brown
Vivam a vida com leveza, sem preocupações com o que virá, pois, só conquistamos nossos objetivos se tivermos fé, amor ao próximo e o máximo de respeito à nossa profissão e às normas de boa convivência. Que cumpramos com nossos deveres de cidadãos e respeitemos os direitos dos demais.
 
Mauricio Gasperini – Time Ludmilla
Procure se dedicar a um ofício que te traga prazer e alegria, porque quem faz o que ama está arriscado a não trabalhar um dia sequer na vida. Não sei como cheguei até aqui vivendo só de música em um país que banaliza tanto a cultura. Só mesmo o amor pela arte pode explicar esses 40 anos dedicados a ela.
 
Vera Maga – Time Toni
Nunca desistam dos seus sonhos, pois não existe idade certa pra começar a fazer o que se ama, e a música é a manifestação mais pura do amor.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code