Ad Code

'Altas Horas' recebe as mães dos convidados neste sábado

Divulgação

Em celebração ao Dia das Mães, o 'Altas Horas' deste sábado, dia 07, conta com a presença especial das mães dos convidados. Genilda, mãe de Rafa Kalimann; Marynalba, mãe de P.A (Paulo André); Ana Lúcia, mãe de Rodrigo Sant’Anna; e Bete, mãe de Marina Sena, falam sobre a infância e contam histórias curiosas e bem-humoradas de seus filhos. Viviane Araújo, grávida de Joaquim; e Cristiana Oliveira – que ganha, pelo telão, uma mensagem emocionante das filhas Rafaela e Antônia -, também participam. Nos musicais, além de Marina Sena, apresentam-se Roberta Miranda e Turma do Pagode. Os convidados, por sua vez, compartilham histórias da carreira e projetos atuais, e prestam uma homenagem às suas mães.

P.A, vice-campeão do ‘BBB 22’, explica como foi a decisão de participar do reality: “Pensei bastante com a minha família, com meus pais, e tomei a decisão por mim mesmo. Pensei muito porque tenho uma carreira, mas vi que seria bacana aceitar o desafio, seria uma experiência nova”. Sua mãe, Marynalba, concorda: “No geral, ele é uma pessoa muito intensa, sempre gostou de desafios, então, quando ele trouxe a notícia pra gente, já veio decidido”. Ela fala como foi ver o filho nas telas: “Foi complicado no começo, depois eu relaxei um pouco. É muita expectativa, um reality sempre expõe a pessoa de forma grandiosa, e ele é o meu caçula [...], a gente fica preocupada”, completa.

Já a mãe de Rafa Kalimann, finalista do ‘BBB 20’, não esconde a empolgação pela participação da filha no programa. E conta sobre a infância da influenciadora: “Sempre foi uma menina dedicada, carinhosa, uma excelente filha, que correu atrás dos seus objetivos”. Rafa atribui seu sucesso ao BBB: “O Big Brother me deu a oportunidade para que eu pudesse amplificar o que eu queria, aquilo que eu sonhava”.

Cristiana Oliveira, atriz que deu vida à personagem Juma Marruá na primeira versão de ‘Pantanal’, revela como entrou para o elenco da trama, os desafios de gravação da época e o significado deste trabalho para sua carreira, já que foi seu primeiro grande papel na TV, além de ser surpreendida pela mensagem carinhosa das filhas no programa. Viviane Araújo, grávida do primeiro filho, Joaquim, também fala sobre início da carreira de atriz, a partir de sua presença sempre marcante no Carnaval – ela leva o título de Rainha de Bateria do Salgueiro. “O Carnaval veio para mim de uma forma muito natural, e, a partir do Carnaval, comecei a ser reconhecida, até que fui chamada para fazer a ‘Escolinha do Professor Raimundo’”, conta.

Rodrigo Sant’Anna, que também atua no humor, aborda os temas presentes em seus shows, como a realidade social das periferias do Rio de Janeiro. O ator ainda fala sobre a relação com a mãe, Ana Lúcia. Da plateia, Ana diz que quando criança, Rodrigo era mais acanhado: “Ele era muito tímido, e ainda continua. Quando pequeno ele agarrava na barra da minha saia e não saía”.

Umas das atrações musicais é Marina Sena, que canta “Por Supuesto” e “Ombrim”. Sua mãe, Bete Serra, declara que Marina gostava de cantar desde criança, e por isso sempre soube que ela era artista. “Minha mãe sempre me deu apoio, sempre foi minha fã”, diz Marina. Roberta Miranda fala sobre os 36 anos de carreira e apresenta “Chalana” - em homenagem a ‘Pantanal’ - além de  “Vá com Deus” e “Meu Dengo”; e Turma do Pagode canta “Camisa 10”, “Sua Mãe Vai me Amar” e “Fora dos Stories”.

O ‘Altas Horas’ tem apresentação e direção geral de Serginho Groisman, direção de Adriana Ferreira e vai ao ar aos sábados, depois de ‘Pantanal’.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code