Ad Code

''CNN No Plural'' fala sobre as consequências da Lei Áurea

Divulgação

O CNN No Plural desta quarta-feira (11.05) fala sobre a Lei Áurea, assinada em 13 de maio de 1888 pela Princesa Isabel, que libertou os negros da escravidão no Brasil. No entanto, a lei não representou o fim dos problemas para esta parcela da população, que ficou sem casa, sem trabalho remunerado e proibida por outras leis de frequentar escolas e exercer práticas religiosas. A situação, que repercute até hoje, é a base do racismo estrutural no Brasil. 

Na CNN Rádio, o cientista social e antropólogo Dagoberto José Fonseca conversa com Letícia Vidica sobre as consequências da abolição da escravatura sem estrutura adequada, como acesso aos direitos de cidadão, à educação, ao trabalho e à moradia.

Na reportagem do “Prime Time”, produzida por Talita Amaral, além de Dagoberto,  o repórter Matheus Meirelles entrevista a filósofa e escritora Djamila Ribeiro sobre o significado e as consequências da Lei Áurea. Como exemplo de superação, o “CNN No Plural” apresenta a história de Isabelle Christina, criada na periferia, que hoje se destaca como consultora de negócios da Oracle e desenvolve o projeto Instituto Meninas Negras.

''CNN no Plural'' é exibido às quartas-feiras de manhã, pela CNN Rádio, e no final da tarde, durante o programa Prime Time, pela CNN Brasil. Os episódios estão disponíveis em todas as plataformas do canal.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code