Ad Code

Documentários inéditos trazem materiais exclusivos sobre assassinos em série no Discovery

Divulgação

Na noite de sexta-feira, 27 de maio, a partir das 21h25, o Discovery apresenta os documentários inéditos: DOIS MONSTROS (Two Monsters) e PREDADOR APEX (The Apex Predator); exibidas em sequência, as produções formam SEGREDOS SÓRDIDOS e trazem a investigação sobre o suposto elo entre os assassinatos brutais cometidos por Dean Corll e John Wayne Gacy.

Eles estavam separados por uma distância de quase dois mil quilômetros, mas tinham em comum a crueldade atroz. Dean Corll escolhia suas vítimas nas imediações de Houston, no estado americano do Texas; John Gacy agia em Chicago, Illinois. Ambos, no entanto, usavam disfarces para atrair a atenção de crianças, ganhar-lhes a confiança e fazer delas as vítimas de crimes que chocaram o mundo.

Dean Corll, conhecido como o Candy Man (“Vendedor de Doces”, em tradução livre), e John Wayne Gacy, o infame “Palhaço Assassino”, sequestraram, violentaram e assassinaram vítimas inocentes, levantando suspeitas de que ambos poderiam fazer parte de uma rede de pedófilos atuante na década de 1970, e que seria articulada por John David Norman. Quando foi preso, Norman tinha em seu apartamento mais de duzentas fichas, um catálogo perverso de meninos.

Embora geograficamente separados, Dean Corll e John Wayne Gacy estavam unidos por um mesmo objetivo sinistro. Gacy chegou a admitir que copiou os métodos usados por Corll e se gabava de ter feito mais vítimas do que ele: 33, contra as 28 de Corll. Uma competição macabra entre homens que assassinaram mais de sessenta garotos.

DOIS MONSTROS revela a pungente história da última vítima não identificada de Corll – mesmo décadas após os crimes, essa criança sem nome é, ainda hoje, o símbolo da dor da infância roubada. A antropóloga forense Dra. Sharon Derrick dedica seu trabalho à identificação dos garotos mortos pelo Candy Man e, desde 2016, conseguiu identificar cinco deles. Ela segue em busca de referências que a ajudem a encontrar quem é o garoto que permanece sem nome.  

PREDADOR APEX traz as análises de especialistas e materiais exclusivos, entre eles gravações de conversas entre John Gacy e Randy White, um pesquisador amador que teve amplo acesso ao Palhaço Assassino durante o período em ele permaneceu no corredor da morte. Também em PREDADOR APEX, dois investigadores utilizam os recursos contemporâneos da ciência forense para esclarecer alguns dos mistérios que ainda cercam os casos de Gacy e Corll.

Ambos os documentários reúnem depoimentos de oficiais que trabalharam nas investigações de ambos os casos e ouvem pessoas próximas aos meninos mortos por essa dupla que aterrorizou os Estados Unidos ao longo de oito anos.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code