Ad Code

Brasil encara Dinamarca e Suécia nos últimos amistosos preparatórios para a Copa América Feminina

Divulgação Globo/Juliana Coutinho

Na preparação para a disputa da Copa América, que começa no próximo mês, a seleção brasileira de futebol feminina terá dois bons desafios pela frente no Velho Continente. Nesta sexta-feira, a partir das 14h, encara a Dinamarca, em Copenhague. Na próxima terça-feira, dia 28, volta a campo para visitar a Suécia, em Estocolmo, às 13h30. Os dois amistosos terão cobertura ao vivo da Globo e do sportv. Por conta dessas partidas, as edições do 'Globo Esporte' e do 'Jornal Hoje' começam mais cedo nestes dois dias, às 12h50 e 13h15, respectivamente, e a novela ‘O Cravo E A Rosa’, excepcionalmente, não será exibida.
 
Os dois jogos na TV Globo terão a narração de Renata Silveira e os comentários de Ana Thaís Matos e da ex-jogadora da seleção, Formiga. Contra as dinamarquesas elas ainda terão a companhia de Ricardinho nos comentários. Já na próxima semana será a vez de Caio Ribeiro participar da transmissão. No sportv, que terá um pré-jogo de 30 minutos nestes amistosos, Gustavo Villani narra a primeira partida e Natália Lara, a segunda. A comentarista Renata Mendonça participa das duas exibições, acompanhada de Paulo César Vasconcellos no duelo diante da Dinamarca, e Carlos Eduardo Lino, contra as suecas.
 
A repórter Gabriela Moreira estará nos estádios acompanhando cada detalhe destes dois amistosos. Ela chegou à Copenhague no início desta semana e está vendo de perto a mobilização da capital dinamarquesa para este jogo, que é especial para as donas da casa. “A expectativa é muito grande no país. É a primeira vez que a seleção feminina da Dinamarca vai atuar no principal estádio do país, o Parken. Elas têm a Pernille Harder, que por duas vezes foi eleita a melhor jogadora da Europa. A seleção brasileira também desperta um interesse grande. A venda de ingressos está alta. Até quarta-feira tinha sido comercializados mais de 20 mil ingressos. Isso já é o recorde para um jogo de futebol feminino no país. E pode aumentar, pois a capacidade do estádio é para 38 mil pessoas”, avisa Gabriela Moreira.
 
A partir de 8 de julho começa a Copa América na Colômbia, que terá cobertura do sportv. O Brasil ganhou sete das oito edições do torneio. Só que desta vez não poderá contar com a sua principal jogadora. Marta recupera-se de uma grave lesão no joelho e só deve voltar a estar em condições de atuar no fim deste ano. A importância desta edição do torneio é ainda maior a partir de agora. As três primeiras colocadas asseguram a vaga direta na Copa do Mundo do ano que vem, que acontecerá na Austrália e na Nova Zelândia. O campeão também já se garante nos Jogos Olímpicos de Paris-2024 – já o segundo colocado terá o direito de disputar a repescagem para ir à capital francesa. A seleção está no Grupo B e estreia contra a Argentina, no dia 9, na cidade de Armênia.  
 
GABRIELA MOREIRA
 
Esses são os dois últimos testes preparatórios para a Copa América, um torneio muito importante e que não poderemos contar com a Marta, por estar lesionada. Pelo que você tem acompanhado nos treinos, a seleção pode ter novidades nestes amistosos? 
Jogar sem a Marta nunca é bom, por tudo que ela representa e pelo símbolo que ela é, mas buscando pontos positivos para analisar, será interessante para este grupo caminhar sem ela e saber como se encontrar sem ter essa enorme referência em campo. O Brasil ainda busca novas lideranças. Ela está na história, assim como a Formiga e a Cristiane, mas a seleção precisa ter a nova geração colocando a sua cara também. Quando a Marta voltar, esse time precisa estar formado, para que ela entre não carregando toda a responsabilidade, mas que possa fazer um papel diferente, de acrescentar, e não de sustentar essa equipe, como ela faz por tantos anos.  
 
No segundo amistoso teremos a curiosidade de ver a técnica Pia Sundhage enfrentando seu país natal. Como ela está encarando essa situação?
Para a Pia fará muito bem disputar esta última partida antes da Copa América no país dela. É verão na Europa, o clima está gostoso e certamente ela está feliz. Ela tem tentado  renovar a nossa seleção. Foi para isso que foi contratada, para construir uma base para os próximos anos. É um trabalho de médio a longo prazo mesmo. Ela ainda vê evoluções a serem atingidas e gosta de grandes desafios. Nós vemos isso pelo perfis de adversários que a Pia procura de enfrentar. Em quase três anos de trabalho, o Brasil já encarou 18 países diferentes, sendo a maior parte deles na Europa. Ela quer competir entre as melhores para ver o Brasil evoluir.
 
PROGRAMAÇÃO 

24/6 – Sexta-feira
14h – Dinamarca x Brasil (direto de Copenhague)
TV Globo – Narração: Renata Silveira / Comentários: Ana Thaís Matos, Formiga e Ricardinho / Central do Apito: Paulo Cesar de Oliveira
sportv – Narração: Gustavo Villani / Comentários: Paulo Cesar Vasconcellos e Renata Mendonça / Central do Apito: Fernanda Colombo 
 
28/6 – Terça-feira
13h30 – Suécia x Brasil (direto de Estocolmo)
TV Globo – Narração: Renata Silveira / Comentários: Ana Thaís Matos, Caio Ribeiro e Formiga / Central do Apito: Sálvio Spinola
sportv – Narração: Natalia Lara / Comentários: Renata Mendonça e Carlos Eduardo Lino / Central do Apito: Sandro Meira Ricci

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code