Ad Code

Série em quatro episódios do 'Esporte Espetacular' celebra os 20 anos do penta

Divulgação Globo

"Eu quero ouvir o Olodum!" A tradicional frase do narrador Galvão Bueno que se repete a cada jogo do Brasil em Copas do Mundo nasceu justamente no ano da última conquista da seleção em Mundiais. Essa e outras histórias estão na série "20 anos do Penta", que estreia neste domingo, dia 5, no 'Esporte Espetacular'. No material dividido em quatro episódios, o repórter Guilherme Pereira viajou o país para entrevistar personagens que direta ou indiretamente fizeram parte daquela trajetória de sucesso em 2002. No primeiro, viajou a Salvador e esteve no Largo Tereza Batista, no Pelourinho, acompanhando a rotina do grupo baiano. “O Olodum é o grito da negritude. É um grito antirracismo. O Olodum conta a história do nosso país”, afirma Galvão Bueno, que este ano faz sua última Copa do Mundo narrando na Globo
 
Outro personagem entrevistado pelo equipe do 'Esporte Espetacular' neste primeiro episódio é o repórter Tino Marcos, que acompanhou toda a caminhada daquela seleção rumo ao penta, inclusive na época da questionada decisão do técnico Felipão de não levar Romário para a Copa organizada em conjunto pela Coreia do Sul e Japão. Poucos meses antes do torneio não se sabia ainda se Ronaldo – artilheiro daquele Mundial com oito gols, sendo dois deles na decisão contra a Alemanha, vencida por 2 a 0 – estaria recuperado das graves lesões no joelho que sofreu nos anos anteriores àquele Mundial. "Era uma pressão imensa. E eu diria que agravada pelo fato de a sede da CBF ser no Rio, de o Romário ser um jogador do Rio", recorda o repórter, que trabalhou na Globo até o ano passado. 
 
Além do Olodum, de Galvão Bueno e Tino Marcos, o episódio de estreia conta ainda com um depoimento exclusivo do craque Ronaldinho Gaúcho, um dos destaques daquela equipe. Vestindo a camisa 11, o craque estreava em Copas do Mundo em 2002 e teve participação fundamental na conquista. A classificação para este Mundial foi sofrida, sacramentada apenas na última rodada das Eliminatórias, quando o Brasil chegou a ter três treinadores diferentes à beira do campo. “Aquelas Eliminatórias já vieram com o ranço do que tinha acontecido na final da Copa de 1998, né? Depois dali veio muita cobrança. Seleção brasileira era sempre muita cobrança”, recorda o craque, eleito duas vezes o melhor do mundo pela Fifa, em 2004 e 2005.  
 
Na preparação para a Liga das Nações, seleção de vôlei masculino encara o Japão
 
Depois de perder para o Japão na noite da última quinta-feira o primeiro amistoso em Brasília, a seleção brasileira de vôlei masculino volta à quadra na manhã deste domingo para encarar a equipe asiática. O time comandado por Renan Dal Zotto está na fase final de preparação para defender o título da Liga das Nações. A partida terá exibição da TV Globo dentro do ‘Esporte Espetacular’, com a narração de Luis Roberto e os comentários de Fabi Alvim e Serginho. No sportv2, outros dois campeões olímpicos estarão acompanhando a partida, também ao vivo: Nalbert, ouro em 2004, e Thaísa, bicampeã, em 2008 e 2012, serão os comentaristas da transmissão, que terá o comando de Luiz Carlos Jr.
 
O 'Esporte Espetacular' deste domingo começa mais cedo, às 9h45, logo depois do ‘Auto Esporte’.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code