Ad Code

Doação de órgãos e sangue são tema do Sem Censura desta segunda (11)

Divulgação

O programa Sem Censura da TV Brasil desta segunda-feira (11) aborda a doação de órgãos e de sangue no Brasil. Além de reforçar a importância do ato, a conversa busca desfazer tabus e desinformações que ainda envolvem o assunto no país. Para tratar do tema, a jornalista Marina Machado recebe os médicos Fernando Antibas Atik e Daniela Ferreira Salomão Pontes.

Com a criação da Lei 9434 de 1997 que permite a remoção de órgãos, tecidos e partes do corpo para fins de transplante e tratamento, o Brasil conquistou a liderança no ranking mundial de transplantes realizados. A doação pode ser realizada em vida, por decisão do doador, ou após o falecimento da pessoa, com a anuência da família. Contudo, mais de 38% das famílias ainda rejeitam a doação de órgãos de parentes falecidos. Segundo o Ministério da Saúde, a principal causa é a falta de conhecimento dos parentes quanto a importância da prática.

Fernando Antibas Atik é doutor em Ciências Médicas pela Universidade de São Paulo e membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Graduado em Medicina pela Fundação do ABC Paulista, completou residência médica em cirurgia geral na Universidade Federal de São Paulo. Especializou-se em cirurgia cardiovascular pediátrica e cirurgia cardiotorácica na Cleveland Clinic Foundation nos Estados Unidos. Atualmente, ocupa o cargo de chefe do Departamento de Cirurgia Cardiovascular e chefe da Unidade de Transplantes do Instituto de Cardiologia do Distrito Federal.

Daniela Ferreira Salomão Pontes é médica nefrologista, formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Trabalhou em todas as subespecialidades da nefrologia, hemodiálise, diálise, transplante e por último doação de órgãos. Fez especialização no Instituto Israelita Albert Einstein, em São Paulo, e também na Espanha, país responsável pelo melhor sistema de doação do mundo. Atualmente é a diretora da Central de Transplante de Órgãos do Distrito Federal.

Contribui como debatedora convidada desta edição a jornalista Manoela Alcântara, repórter do Portal Metrópoles.

O programa Sem Censura vai ao ar às segundas-feiras, às 21h, logo após a novela A Escrava Isaura, com transmissão para todo o País em TV aberta por intermédio das emissoras afiliadas à Rede Nacional de Comunicação Pública – TV, gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e por outras plataformas, como Facebook, Twitter e Youtube, por onde o público pode participar usando a hashtag #SemCensura.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code