Ad Code

Jornalistas do Grupo Globo revelam como nascem as notícias em nova campanha

Divulgação Globo/Daniela Toviansky

Como nascem as notícias? Essa é a pergunta que a nova fase da campanha de Jornalismo quer responder. Composta por sete filmes de 30 segundos e uma versão de 60 segundos, a campanha traz depoimentos pessoais de jornalistas do Grupo Globo sobre como surgem as notícias e qual a importância delas para a democracia. Os filmes começaram a ser exibidos nos intervalos da Globo e de canais por assinatura da empresa nesta quarta-feira, dia 13. A veiculação acontecerá de forma escalonada por um mês, antecedendo o início da cobertura diária das Eleições.  
 
Na primeira versão, Renata Lo Prete, César Tralli e Milton Jung dão seus depoimentos, enquanto apuram e escrevem matérias, trocam informações com fontes e se preparam para entrar no ar. Milton Jung afirma que “a notícia nasce na praça pública” e Lo Prete completa que “elas estão por toda parte. Para encontrá-las, é preciso curiosidade e um estado de prontidão”. Para Tralli, “não existe democracia sem seriedade da informação. Informar é buscar com a verdade uma sociedade melhor”. O filme encerra com o slogan “O caminho da democracia é a informação” e com as logos dos veículos que assinam a campanha: TV Globo, GloboNews, g1, os jornais O Globo, Extra e Valor e, a rádio CBN.   

Divulgação Globo/Daniela Toviansky

Essa fase da campanha contará ainda com depoimentos pessoais de William Bonner, Renata Vasconcellos, Ana Paula Araújo e Maju Coutinho, representando a TV Globo; Aline Midlej e Nilson Klava, pela GloboNews; Miriam Leitão, Merval Pereira e Lauro Jardim, representando o jornal O Globo; Berenice Seara, Rafael Soares e Paolla Serra, pelo jornal Extra; João Rosa e Maria Cristina, pelo Valor Econômico; Paula Paiva e Luiza Tenente, pelo g1; e Débora Freitas e Carolina Morand, representando a rádio CBN.   

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code