Ad Code

TV Brasil - Programação de Filmes de 01 a 07 de agosto

Divulgação

Confira a programação de filmes da TV Brasil de 01 a 07 de agosto.

Segunda-feira, 1º de agosto

Sessão Família – A Menina no País das Maravilhas
14h00, na TV Brasil

Título original: Phoebe in Wonderland. País: Estado Unidos. Ano: 2008. Gênero: drama. Direção: Daniel Barnz. Elenco: Elle Fanning, Felicity Huffman, Bill Pullman, Emily Blunt, Patricia Clarkson e Max Baker.

A jovem Phoebe Lichten (Elle Fanning) sonha em participar da peça "Alice no País das Maravilhas", que será encenada na sua escola, mas a menina é sempre rejeitada pelos colegas de turma. 

O comportamento de Phoebe piora a cada dia, o que deixa seus pais – Hillary (Felicity Huffman) e Peter (Bill Pullman) – preocupados por não compreenderem a filha.

Eles tentam ajudá-la, mas a garota se esconde em suas fantasias, confundindo realidade com sonho. Agora, Phoebe terá que enfrentar um duro, doloroso e emocionante processo de autodescoberta e transformação pessoal.

Reprise. 96 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Segunda-feira, 1º de agosto

Cine Retrô – Jecão... Um Fofoqueiro no Céu
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de segunda, dia 1º/8, para terça-feira, dia 2/8)

País: Brasil. Ano: 1977. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi e Pio Zamuner. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Paulo Greven, Dante Ruy, Gilda Valença, Denise Del Vecchio, Edgard Franco, Elizabeth Hartman, João Paulo, Leonor Navarro, Rose Garcia, Armando Paschoalim. 

Jecão Espinheiro vê-se envolvido com problemas relacionados à sua sorte com dinheiro. Ele e o filho Martinho ganham na Loteria "Espiritiva" e vão para São Paulo receber o prêmio. Quando voltam para cidadezinha onde moram, são recebidos pela população fanfarra, faixa de boas-vindas e muita festa, mas também por olhos cobiçosos.

A fortuna desperta o interesse de um latifundiário da região, Chico Fazenda, que, com seus capangas, assalta Jecão e o mata. Graças às suas boas ações, Jecão vai parar no céu, um achado cenográfico bem ao estilo popular do caipira. Há no filme sequências impagáveis das sessões espíritas. Em uma delas, o protagonista volta à Terra para realizar seu próprio enterro, provocando confusão, medo e correria em praça pública.

Para desespero dos santos, toda vez que volta ao céu, Jecão promove bailinhos para animar os anjos e é punido pelo pecado da indisciplina. Diante das estripulias do Jecão no céu, realiza-se uma reunião de cúpula entre os santos para decidir sua sorte. Como ele não pode ficar mais lá, nem ser mandado para o inferno, o conselho decide-se pela única saída: a reencarnação.

Reprise. 98 min.
Classificação Indicativa: Livre

Terça-feira, 2 de agosto

Sessão Família – Guiados pelo Coração
14h00, na TV Brasil

Título original: Le coeur en braile. País: França. Ano: 2016. Gênero: drama, comédia. Direção: Michel Boujenah. Elenco: Alix Vaillot, Jean-Stan Du Pac, Charles Berling.

A trama acompanha a amizade da talentosa violoncelista Marie (Alix Vaillot) que ajuda Victor (Jean-Stan Du Pac) a melhorar as notas no colégio. Quando ela começa a perder a visão, o garoto faz de tudo para que ninguém perceba.

Ótima aluna na escola, Marie tem de 12 anos e sonha ingressar em um importante conservatório para se tornar musicista. Ninguém sabe, porém, que a menina sofre de uma doença que afeta sua capacidade de enxergar.

Embora sua visão seja boa o suficiente para levar uma vida mais ou menos normal naquele momento, Marie está consciente de que um dia pode ficar na completa escuridão. Quando seus pais preocupados pensam em mandá-la a uma instituição de ensino para deficientes visuais, a jovem percebe que o sonho da sua vida pode estar em risco.

Junto com o amigo Victor, ela tenta desafiar seu destino. A estima entre eles cresce à medida que Marie contribui no aprendizado escolar do menino que se apaixona por ela sem saber que Marie está perdendo a visão devido a uma doença.

Quando a adolescente revela a Victor seu segredo, um pacto é selado entre os dois jovens: Marie faz as lições de casa com o menino enquanto ela se torna os olhos da garota. Assim, Victor a ajuda a esconder sua doença para que Marie possa ingressar em um renomado conservatório de música.

Reprise. 85 min.
Classificação Indicativa: 10 anos

Terça-feira, 2 de agosto

Cine Retrô – A Banda das Velhas Virgens
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de terça, dia 2/8, para quarta-feira, dia 3/8)

País: Brasil. Ano: 1979. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, André Luiz Toledo, Gilda Valença, José Velloni.

No longa "A Banda das Velhas Virgens", Amácio Mazzaropi interpreta um caipira que tem o sugestivo nome de Gostoso. Ele é o maestro de uma hilariante bandinha feminina formada por senhoras idosas e beatas. Orgulho da pequena cidade, a banda é mantida pelos donativos recolhidos pela igreja.

Os filhos de Gostoso se envolvem com os do patrão e ele resolve sair da fazenda para evitar perseguições. Expulso das terras onde vive, Gostoso recomeça a vida na cidade, indo morar em um depósito de ferro-velho.

Ao encontrar um saco de joias, o protagonista é acusado de roubo e tem que fazer de tudo para provar sua inocência. Como o querido caipira vai se safar dessa vez?

Reprise. 100 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Quarta-feira, 3 de agosto

Sessão Família – O Pequeno Órfão
14h00, na TV Brasil

Título original: Rémi sans famille. País: França. Ano: 2018. Gênero: comédia dramática. Direção: Antoine Blossier. Elenco: Daniel Auteuil, Maleaume Paquin, Jacques Perrin, Virgnie Ledoyen, Jonathan Zaccaï, Ludivine Sagnier, Zoe Boyle, Albane Masson, Nicholas Rowe, Nicola Duffet, Simon Armstrong.

A trama acompanha as aventuras de Rémi (Maleaume Paquin), um garoto que é abandonado em uma igreja quando bebê. A doce Madame Barberin (Ludivine Sagnier) assume a maternidade, porém seu marido, com dificuldades financeiras após um grave acidente, resolve devolver o menino para o orfanato.

No caminho, ele se depara com um ex-violinista chamado Vitalis (Daniel Auteuil). O artista descobre o talento musical de Rémi e se oferece para "alugar" o garoto para o menino escapar do orfanato. Os dois passam a viajar pela França para entreter as pessoas.

Arrancado das mãos de sua mãe adotiva e confiado ao senhor Vitalis, um misterioso músico itinerante, Rémi vai aprender a dura vida de acrobata e a cantar para ganhar seu pão. Acompanhado do fiel cão Capi e do macaquinho Joli-Coeur, Rémi parte em uma longa jornada pelo país – marcada por encontros, amizades e ajuda mútua – que o levará ao segredo sobre suas próprias origens.

A comédia dramática francesa "O Pequeno Órfão" (2018) é baseada no romance "Sans Famille", obra redigida pelo escritor francês Hector Malot.

Reprise. 105 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Quinta-feira, 4 de agosto

Sessão Família – No Paraíso das Solteironas
14h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano de estreia: 1969. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Átila Iório, Carlos Garcia, Elizabeth Hartman.

Amácio Mazzaropi interpreta o matuto Joaquim Kabrito, caboclo acostumado com a vida do interior. O protagonista não poderia imaginar que ao tentar a sorte na cidade grande seria alvo dos olhares de desejo de uma turma de solteironas loucas por um "tipão" assim como ele.

Na bagunça, Joaquim Kabrito ainda tem tempo para se envolver em confusões com a dona do hotel e é colocado às voltas com uma quadrilha e um grupo de ciganos.

Reprise. 95 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Quinta-feira, 4 de agosto

Cine Retrô – É de Chuá!
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de quinta, dia 4/8, para sexta-feira, dia 5/8)

País: Brasil. Ano: 1958. Gênero: comédia musical. Direção: Victor Lima. Roteiro: Victor Lima e Haroldo Barbosa. Elenco: Ankito, Grande Otelo, Renata Fronzi, Renato Restier, Bill Farr, Costinha, Zezé Macedo, Carlos Costa, Duarte de Moraes, Pedro Dias.

Maria Xangai (Renata Fronzi) e seu namorado, Juca Moleza (Renato Restier), são vigaristas do subúrbio carioca. O casal costuma se encontrar em uma popular casa de dança próxima à favela e armam um plano para se passarem por pessoas ricas.

Eles fingem ser o senhor e a Madame Caxangai, os novos milionários da cidade. A dupla de farsantes atrai um joalheiro para uma "festa da sociedade" numa mansão que alugam. Maria Xangai e Juca Moleza preparam um grande evento no local em que as joias serão exibidas como em uma passarela.

Tudo acontece conforme o planejado até que Peteleco (Ankito) e Laurindo (Grande Otelo) aparecem na festa pedindo dinheiro para sua escola de samba. Peteleco acaba engolindo um grande diamante – que pensava ser um doce – levado pelo joalheiro Fininho. Peteleco é aprisionado até conseguir expelir o diamante por suas entranhas, o que demora algum tempo.

Desconfiados dos novos ricaços, dois investigadores da polícia (Bill Farr e Costinha) acreditam que há algo errado com a festa. Por isso, eles decidem se infiltrar no evento e aparecer na casa para desmascarar os supostos grã-finos. Os oficiais querem fazer o possível para descobrir quem são os larápios.

Com direção de Victor Lima, "É de Chuá!" conta 16 números musicais, com participação de personalidades como Nelson Gonçalves, Jamelão e Agostinho dos Santos (acompanhados do Conjunto Marabá), Emilinha Borba, a dupla de palhaços Carequinha e Fred (com Altamiro Carrilho), Linda Batista, Dircinha Batista, Ruy Rey e Orquestra, Jorge Goulart, Joel de Almeida (acompanhado de Jupira e suas cabrochas), Trio de Ouro, Carlos Augusto e Gilberto Alves.

Reprise. 99 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Sexta-feira, 5 de agosto

Sessão Família – As Aventuras de uma Super-Professora
14h00, na TV Brasil

Título original: Superjuffie. País: Holanda. Ano: 2018. Gênero: aventura, família, fantasia. Direção: Martijn Maria Smits. Elenco: Diewertje Dir, Hassan Slaby, Harry Piekema, Carly Wijs, Jeevan Dhanpat, Josephine Nollen, Maarten Wansink.

A Srta. Josje (Diewertje Dir) parece ser uma professora comum. Ela acaba de chegar à nova escola em que vai lecionar e logo precisa lidar com uma sala de aula repleta de alunos sem um pingo de motivação para aprender. A moça de 20 anos tem uma vida pacata como educadora em uma escola primária.

Meio tímida e muito atrapalhada, ela descobre um misterioso artefato na parede de casa. Ao entrar em contato com o objeto, ela liberta uma força potente que se une ao seu corpo e lhe dá superpoderes incríveis. A professora precisa de coragem para vencer seus medos e encarar os desafios.

Ao ouvir o som emitido por um animal em perigo, ela dá uma mordida no giz e se transforma na Super Professora. Josje dispara pelo ar como um tornado verde a fim de salvar animais, com quem consegue se comunicar. A partir de suas novas habilidades, a professora usa os poderes especiais para proteger os bichos. Ela não consegue evitar o desejo, muitas vezes inconveniente, de realizar os resgates.

Algumas crianças descobrem o segredo da professora e ela conta com o sigilo deles. Quando Josje descobre uma conspiração contra o zoológico da cidade, a jovem e seus alunos terão a perigosa tarefa de defender o local sem revelar a identidade da nova heroína da região. Aí, ela precisa decidir se vai resgatá-los ou fugir.

O filme é uma adaptação literária baseada na série de livros homônima escrita por Janneke Schotveld.

Reprise. 84 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Sexta-feira, 5 de agosto

Cine Nacional – Capitães de Areia
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de sexta-feira, dia 5/8, para sábado, dia 6/8)

País: Brasil. Ano: 2011. Gênero: aventura, drama. Direção: Cecília Amado. Elenco: Jean Luís Amorim, Ana Graciela, Robério Lima, Israel Gouvêa, Paulo Abade, Jordan Mateus, Felipe Duarte.

Pedro Bala (Jean Luís Amorim), Professor (Robério Lima), Gato (Paulo Abade), Sem Pernas (Israel Gouvêa) e Boa Vida (Jordan Mateus) são adolescentes abandonados por suas famílias. Eles são obrigados a lutar para sobreviver nas ruas de Salvador e crescem na comunidade do Trapiche junto com outros rapazes da mesma faixa etária.

Os jovens praticam uma série de assaltos, o que faz com que sejam constantemente perseguidos pela polícia. Um dia Professor conhece Dora (Ana Graciela) e seu irmão Zé Fuinha (Felipe Duarte). Os dois também vivem nas ruas da cidade.

O rapaz leva os novos amigos até o Trapiche, o que desencadeia a excitação dos demais garotos, que não estão acostumados à presença de uma mulher no local. Pedro consegue acalmar a situação e permite que Dora e o irmão fiquem por algum tempo. Só que, aos poucos, nasce o afeto entre o líder dos Capitães da Areia e a moça que acabou de integrar o bando.

Personagens marcantes da obra de Jorge Amado, os jovens da trama habitam eternamente na memória do público. Mais atual do que nunca, a história emociona e inspira de forma profunda. Adaptação do romance homônimo de Jorge Amado, um dos livros mais vendidos do autor baiano, o filme é o primeiro longa-metragem com direção da cineasta Cecília Amado, neta do escritor.

Reprise. 96 min.
Classificação Indicativa: 14 anos

Sábado, 6 de agosto

Cine Retrô – Jeca Tatu
16h00, na TV Brasil 

País: Brasil. Ano: 1959. Gênero: comédia. Direção: Milton Amaral. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Roberto Duval, Marlene França, Nicolau Guzzardi, Nena Viana.

Inspirado no personagem de Monteiro Lobato, Jeca Tatu é um caipira muito preguiçoso que vive em uma cidade do interior de São Paulo com sua esposa e filha.

Jeca é um roceiro ocioso de dar dó, mas essa indolência está com os dias contatos, pois seu ranchinho está ameaçado pela ganância de latifundiários sem coração. Agora, o protagonista vai precisar colocar em prática todo seu jeito matreiro para conseguir seu cantinho de terra.

Clássico da filmografia de Amácio Mazzaropi, o filme é uma declarada homenagem ao conterrâneo Monteiro Lobato, criador do personagem homônimo na obra "Urupês". 

Na trama, Mazzaropi trata com singeleza a figura do homem do campo e a questão da reforma agrária

Reprise. 100 min.
Classificação Indicativa: 14 anos

Sábado, 6 de agosto

Cine Retrô – Betão Ronca Ferro
21h00, na TV Brasil

Ano: 1971. Gênero: comédia. Direção: Geraldo Afonso Miranda. Elenco: Amácio Mazzaropi, Dilma Lóes, Roberto Pirillo, Geny Prado, Araken Saldanha. 

Em "Betão Ronca Ferro", o comediante Amácio Mazzaropi presta uma justa homenagem aos artistas mambembes e a sua origem no circo. Mesmo depois da fama, o ator nunca deixou de frequentar os picadeiros Brasil afora.

Na trama, o humorista interpreta um empregado de circo que tem o ofício ameaçado quando a filha (Dilma Lóes) deixa o mundo dos espetáculos para se casar com um jovem muito rico (Roberto Pirillo), contra a vontade da família dele.

O pai dela (Amácio Mazzaropi) acaba pegando dinheiro emprestado com a família do genro (Araken Saldanha) e compra o circo onde trabalhava. Assim, ele passa a perambular de cidade em cidade.

O título da comédia faz alusão à revolucionária telenovela "Beto Rockfeller", um fenômeno daqueles tempos. "Betão Ronca Ferro" retrata a dura realidade dos artistas de circo, principalmente na concorrência entre um circo de grande porte e um menor. Na época, os animais ainda podiam ser atrações no picadeiro. Amácio Mazzaropi também aborda a moda da época, como a minissaia e a calça pantalona.

Reprise. 100 min.
Classificação Indicativa: Livre

Domingo, 7 de agosto

Sessão Família – Insônia
14h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano: 2013. Gênero: comédia romântica. Direção: Beto Souza. Elenco: Lara Rodrigues, Daniel Kuzniecka, Luana Piovani.

O filme narra os conflitos de Cláudia (Lara Rodrigues), uma adolescente de 15 anos, órfã de mãe desde os cinco e que mora com o pai, Rafael (Daniel Kuzniecka). A família veio da Argentina para o Brasil após a perda. 

Cláudia tenta levar uma vida normal enquanto aprende a cuidar de uma casa e de seu pai, além de precisar lidar com o mundo. Ela não namora ninguém e o pai não se casa de novo. Foi desta forma que os dois se organizaram tacitamente para encarar as perdas do passado.

Tudo pode mudar quando sua amiga Andreia (Luana Piovani), de 28 anos, conhece Rafael e os dois começam a namorar, apesar da diferença de 20 anos entre os dois. A relação deixa Cláudia ainda mais desconfortável e confusa. A jovem se vê obrigada a amadurecer muito cedo e acaba dividida entre a amizade e o ciúme.

Baseado no livro homônimo de Marcelo Carneiro da Cunha, o longa-metragem acompanha o olhar da adolescente Cláudia, que fica perplexa com tantas novidades na vida: uma nova amiga, uma mulher para o pai viúvo e um menino para, finalmente, namorar.

Reprise. 91 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Domingo, 7 de agosto

Festival de Cinema – Criação
16h00, na TV Brasil

Título original: Creation. País: Reino Unido. Ano: 2009. Gênero: drama biográfico. Direção: Jon Amiel. Elenco: Paul Bettany, Jennifer Connelly, Jeremy Northam, Toby Jones, Benedict Cumberbatch, Ian Kelly, Guy Henry, Martha West, Anabolena Rodriguez, Paul Campbell, Zak Davies, Teresa Churcher, Freya Parks, Jim Carter.

Charles Darwin (Paul Bettany) revolucionou a história da humanidade com sua extraordinária obra "A Origem das Espécies". Inicialmente, suas ideias chocaram a sociedade, mas ao lado de sua família, em especial de sua esposa, Emma (Jennifer Connely), Darwin encontrou os maiores desafios a sua teoria. O pesquisador viveu um dilema entre fé e razão, amor e verdade.

A trama acompanha a pacata vida de Charles Darwin em uma vila inglesa. Apesar de ser devotado à família, ele é, ao mesmo tempo, bastante distante deles. O filme destaca o relacionamento do estudioso com sua filha mais velha, Annie (Martha West), enquanto ele se dedica a escrever o clássico livro que marcou sua pesquisa.

"Criação" mostra a incrível trajetória de Darwin e a ideia mais revolucionária da história. Dirigido por Jon Amiel a partir do roteiro de John Collee, o longa-metragem é baseado no livro "A Caixa de Annie", de Randal Keynes, sobre a vida de seu tataravô, o cientista mais proeminente do mundo: Charles Darwin.

Reprise. 109 min.
Classificação Indicativa: 10 anos

Domingo, 7 de agosto

Cine DOC – Para Além da Curva da Estrada
23h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano: 2016. Gênero: documentário. Direção e roteiro: Guilherme Azevedo. Argumento: Bruno Quintella. Produção: Izadora Bertollini e Nando Gomes.

O documentário revela a realidade das estradas brasileiras sob a perspectiva de caminhoneiros e destaca com riqueza esse universo a partir das experiências vividas pelos motoristas de caminhões. Em 75 minutos, o longa-metragem apresenta a paixão pelas estradas, os desafios do cotidiano e as histórias vivenciadas nos milhares de quilômetros percorridos por esses profissionais.

Durante 50 dias, a equipe do filme acompanhou o cotidiano do caminhoneiro Jorge Lisboa, personagem emblemático da produção. O diretor Guilherme Azevedo percorreu ao lado do motorista cerca de 25.000 km de estradas de um Brasil até então conhecido por poucos.

A obra nacional reúne relatos emocionantes que mostram a diversidade plural de um país com dimensões continentais. A película "Para Além da Curva da Estrada" mostra rotas surpreendentes do país e histórias que marcam a vida desses profissionais.

A produção obteve reconhecimento internacional. O filme conquistou o prêmio de melhor documentário no Barcelona Planet Film Festival. O longa brasileiro também foi selecionado para diversos festivais do circuito em Roma, Los Angeles e Cabo Verde.

Reprise. 75 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Domingo, 7 de agosto

Cine Retrô – O Jeca e a Freira
03h30, na TV Brasil (madrugada de domingo, dia 7/8, para segunda-feira, dia 8/8) 

País: Brasil. Ano de estreia: 1968. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Mauricio do Valle, Elizabeth Hartmann, Carlos Garcia, Ewerton de Castro.

Em uma fazenda localizada numa cidadezinha no interior do Brasil, no século XIX, um senhor de terras responsabiliza-se pela educação da filha de um dos seus colonos. Ele se afeiçoa a menina como se fosse sua própria filha.

Anos mais tarde, quando a jovem regressa do colégio em companhia de uma freira, o fazendeiro faz de tudo para que ela não reconheça seus verdadeiros pais.

Neste longa, o humorista Amácio Mazzaropi vive o protagonista e também dirige a comédia.

Reprise. 102 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code