Ad Code

TV Brasil - Programação de Filmes de 18 a 24 de julho

Divulgação

Confira a programação de filmes da TV Brasil de 18 a 24 de julho.

Segunda, 18 de julho

Sessão Família: A Gangue Zip Zap
14h00, na TV Brasil

Título original: Zipi y Zape y el club de la canica. País: Espanha. Ano: 2013. Gênero: infantil, família, aventura. Direção: Oskar Santos. Roteiro: Oskar Santos e Jorge Lara. Elenco: Javier Gutiérrez, Raúl Rivas, Daniel Cerezo, Claudia Veja, Marcos Ruiz, Fran García.

Após serem punidos na escola, os irmãos gêmeos Zip (Raúl Rivas) e Zap (Daniel Cerezo) são enviados para um centro de educação conhecido pela rigidez de seus métodos corretivos. Muito severo, Falconetti (Javier Gutiérrez) é o diretor do centro que repudia qualquer forma de lazer e entretenimento.

Zip e Zap, cansados dessa situação, formam um grupo cujos princípios incluem a coragem, a amizade e a inteligência. Desse modo, conseguem desafiar os desmandos do diretor e se divertir.

O filme "A Gangue Zip Zap" é uma adaptação para o cinema dos quadrinhos "Zipi y Zape", do espanhol José Escobar Saliente.

O longa-metragem conquistou o Troféu Especial da Juventude no Festival de Seattle 2014. A produção foi indicada, ainda, ao Prêmio Goya nas categorias Melhor Roteiro Adaptado, Direção de Produção, Efeitos Visuais e Direção Artística.

Reprise. 97 min.
Classificação Indicativa: Livre

Segunda, 18 de julho

Cine Retrô: O Puritano da Rua Augusta
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de segunda, 11/07, para terça, 12/07)

País: Brasil. Ano: 1965. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi. Elenco: Amácio Mazzaropi, Marly Marley, Marina Freire, Elizabeth Hartmann, Edgard Franco.

O comediante Amácio Mazzaropi interpreta o personagem Punduroso, um pai de família extremamente conservador. Ele deixa os filhos loucos com sua mania de manter a moral e os bons costumes sempre em primeiro lugar.

Após sofrer um ataque do coração, nada mais vai ser como antes: o protagonista passa a se comportar como um jovem outra vez, muda o cabelo, as roupas e até o gosto pela música.

Reprise. 102 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Terça, 19 de julho

Sessão Família: Guiados Pelo Coração
14h00, na TV Brasil

Título original: Le coeur en braile. País: França. Ano: 2016. Gênero: drama, comédia. Direção: Michel Boujenah. Elenco: Alix Vaillot, Jean-Stan Du Pac, Charles Berling.

A trama acompanha a amizade da talentosa violoncelista Marie (Alix Vaillot) que ajuda Victor (Jean-Stan Du Pac) a melhorar as notas no colégio. Quando ela começa a perder a visão, o garoto faz de tudo para que ninguém perceba.

Ótima aluna na escola, Marie tem de 12 anos e sonha ingressar em um importante conservatório para se tornar musicista. Ninguém sabe, porém, que a menina sofre de uma doença que afeta sua capacidade de enxergar.

Embora sua visão seja boa o suficiente para levar uma vida mais ou menos normal naquele momento, Marie está consciente de que um dia pode ficar na completa escuridão. Quando seus pais preocupados pensam em mandá-la a uma instituição de ensino para deficientes visuais, a jovem percebe que o sonho da sua vida pode estar em risco.

Junto com o amigo Victor, ela tenta desafiar seu destino. A estima entre eles cresce à medida que Marie contribui no aprendizado escolar do menino que se apaixona ela sem saber que Marie está perdendo a visão devido a uma doença.

Quando a adolescente revela a Victor seu segredo, um pacto é selado entre os dois jovens: Marie faz as lições de casa com o menino enquanto ela se tornar os olhos da garota. Assim, Victor a ajuda a esconder sua doença para que Marie possa ingressar em um renomado conservatório de música.

Reprise. 85 min.
Classificação Indicativa: 10 anos

Terça, 19 de julho

Cine Retrô: Jeca Tatu
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de terça, dia 12/07, para quarta-feira, dia 13/07)

País: Brasil. Ano: 1959. Gênero: comédia. Direção: Milton Amaral. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Roberto Duval, Marlene França, Nicolau Guzzardi, Nena Viana.

Inspirado no personagem de Monteiro Lobato, Jeca Tatu é um caipira muito preguiçoso que vive em uma cidade do interior de São Paulo com sua esposa e filha.

Jeca é um roceiro ocioso de dar dó, mas essa indolência está com os dias contatos, pois seu ranchinho está ameaçado pela ganância de latifundiários sem coração. Agora, o protagonista vai precisar colocar em prática todo seu jeito matreiro para conseguir seu cantinho de terra.

Clássico da filmografia de Amácio Mazzaropi, o filme é uma declarada homenagem ao conterrâneo Monteiro Lobato, criador do personagem homônimo na obra "Urupês".

Na trama, Mazzaropi trata com singeleza a figura do homem do campo e a questão da reforma agrária.

Reprise. 100 min.
Classificação Indicativa: 14 anos

Quarta, 20 de julho

Sessão Família: Seefood, Um Peixe Fora d’Água
14h00, na TV Brasil

Título original: Seefood. País: China, EUA, Coréia. Ano: 2011. Gênero: animação. Direção: Aun Hoe Goh. Roteiro: Jeffrey Chiang.

O jovem tubarão Pup descobre que caçadores humanos estão roubando muitos ovos de seu recife. O personagem toma como missão pessoal salvar seus irmãos e irmãs não eclodidos. Com a ajuda de seus amigos, o animal marinho decide recuperá-los.

Para isso, ele deve sair do mar e enfrentar uma grande aventura no estranho e perigoso mundo dos seres humanos, a terra. Temendo pela segurança de Pup, o tubarão Julius se disfarça e o acompanha na missão, a fim de proteger seu melhor amigo.

Reprise. 93 min.
Classificação Indicativa: Livre

Quinta, 21 de julho

Sessão Família: Chico Fumaça
14h00, na TV Brasil
País: Brasil. Ano: 1957. Gênero: comédia. Direção: Victor Lima. Roteiro: Victor Lima e Alípio Ramos.

Chico Fumaça (Amácio Mazzaropi), assim conhecido por sua paixão pelos trens, é um caipira de Jequitibá, interior de Minas Gerais. Endividado, Chico perde sua vaca de estimação para o dono do armazém, Seu Elias (Domingos Terras), e vê o sonho de se casar com Inocência (Celeneh Costa) se distanciar ainda mais.

A sorte de Chico muda quando sua fixação por trens lhe permite evitar um descarrilamento. Um dos passageiros a sobreviver é um importante político, Dr. Japércio Limoeiro (Carlos Tovar).

Agradecido, Limoeiro resolve levar Chico para o Rio de Janeiro, então capital da República, a fim de lhe entregar uma recompensa. O político deseja, principalmente, usar a figura de Chico Fumaça em sua própria campanha para deputado.

No Rio, Chico se mete em várias confusões, conhece a vida noturna da capital e passeia pelas atrações cariocas. Também conhece uma quadrilha de vigaristas e uma vedete, que lhe tentam aplicar um golpe.

Chico precisará se superar para sobreviver às malícias da cidade grande e retornar à Jequitibá para se casar com sua noiva.

Reprise. 81 min.
Classificação Indicativa: Livre

Quinta, 21 de julho

Cine Retrô: Vai Que É Mole
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de quinta, dia 14/07, para sexta-feira, dia 15/07)

País: Brasil. Ano: 1960. Gênero: comédia. Direção e roteiro: J.B. Tanko. Elenco: Ankito, Grande Otelo, Renata Fronzi, Anilza Leoni, Renato Restier, Otelo Zeloni, Pedro Dias, Armando Ferreira, Jô Soares, Carlos Imperial, Carlos Costa, Maria Augusta, Aurino Cassiano, Aurélio Teixeira. Produção: Herbert Richers.

Macio (Ankito) e Brancura (Grande Otelo) são dois ladrões recém-saídos da cadeia. Eles recebem como "herança" um garoto, Zé Maria (Aurino Cassiano), que modifica suas vidas.

De volta à gangue em que atuava, a dupla rouba a bolsa da bailarina Lea (Anilza Leoni), mas resolve devolvê-la. Ambos querem mudar de vida já que Zé Maria precisa de bons exemplos na sua educação.

Na trama, Lea trabalha na TV e uma colega jornalista transforma o caso em notícia. O chefe da gangue, Dureza (Aurélio Teixeira), não fica satisfeito e toma satisfações com Brancura e Macio por abandonarem a "profissão".

Com a notoriedade, as propostas de trabalho aparecem, e ambos são aceitos num banco. Ao perceberem uma oportunidade, Dureza e seu bando armam um assalto.

Um produtor de TV, Gianini (Otelo Zeloni), planeja um golpe publicitário para o produto que agencia: os dois ladrões regenerados teriam roubado outra bolsa para pegar o elixir capilar Sansão. Porém, Brancura é careca e o programa não dá sorte.

Em busca de vingança, Dureza telefona para a polícia e o comendador (Armando Ferreira), dono do elixir Sansão, e denuncia a dupla. Os dois são presos e Dureza assalta a casa do comendador.

Esclarecida a situação na delegacia, Macio e Brancura vão no encalço de Dureza e evitam o assalto. Chegam ainda a tempo de alcançar o programa de TV em que Brancura seria homenageado. No final, Brancura e Lea acabam namorando.

Reprise. 97 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Sexta, 22 de julho

Sessão Família: Uma Grande Amizade
14h00, na TV Brasil

Título original: Saving Flora. País: Estados Unidos. Ano: 2018. Gênero: drama. Direção: Mark Taylor. Roteiro: David Moss e Mark Taylor.

Flora é um elefante fêmea de circo que não consegue mais realizar seus truques. Na noite anterior à data marcada para sua eutanásia, a filha do dono do circo, Dawn, de 14 anos, foge do circo com Flora.

Agora, tudo o que há entre eles e o santuário de animais – onde Flora poderá viver em paz – são duzentos quilômetros de bosques, um rio turbulento e dois caçadores de elefantes. Apenas uma verdadeira amizade pode oferecer a força necessária para a menina e o elefante superarem os riscos.

Ambas encaram os desafios e lidam com os perigos que encontram pela frente em busca da liberdade. Na reserva natural, Flora finalmente poderá conseguir a proteção em uma área em que vive uma manada de elefantes selvagens.

Reprise. 95 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Sexta, 22 de julho

Cine Nacional: Entre Idas e Vindas
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de sexta, dia 15/07, para sábado, dia 16/07)

País: Brasil. Ano de estreia: 2015. Gênero: Comédia. Direção: José Eduardo Belmonte. Elenco: Fábio Assunção, João Assunção, Ingrid Guimarães, Alice Braga, Carol Abras, Rosanne Mulholland

Amanda, Sandra, Cillie e Krisse, quatro amigas que trabalham no departamento de telemarketing de uma empresa, embarcam em um motorhome para fazer uma viagem de férias pelo litoral sul de São Paulo. Enquanto isso, Afonso e Benedito, pai e filho, tentam chegar à capital paulista em um velho carro Lada. Benedito não sabe, mas Afonso está levando o menino para encontrar a mãe, que não vê há seis anos, desde que ela ganhou uma bolsa de estudos e se mudou para Paris. Quando o Lada de Afonso quebra na estrada, sem possibilidade de conserto, as meninas do telemarketing socorrem Afonso e Benedito. E o que seria uma simples carona acaba se transformando em uma viagem cheia de aventuras e transformações pessoais.

Reprise: 100 min.
Classificação Indicativa: 10 anos

Sábado, 23 de julho

Cine Retrô: No Paraíso das Solteironas
16h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano de estreia: 1969. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Átila Iório, Carlos Garcia, Elizabeth Hartman.

Amácio Mazzaropi interpreta o matuto Joaquim Kabrito, caboclo acostumado com a vida do interior. O protagonista não poderia imaginar que ao tentar a sorte na cidade grande seria alvo dos olhares de desejo de uma turma de solteironas loucas por um "tipão" assim como ele.

Na bagunça, Joaquim Kabrito ainda tem tempo para se envolver em confusões com a dona do hotel e é colocado às voltas com uma quadrilha e um grupo de ciganos.

Reprise. 95 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Sábado, 23 de julho

Cine Retrô: O Corintiano
21h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano: 1967. Gênero: comédia. Direção: Milton Amaral. Elenco: Amácio Mazzaropi, Elizabeth Marinho, Lúcia Lambertini, Carlos Garcia, Roberto Pirillo, Leonor Lambertini, Nicolau Guzzardi, Roberto Orosco.

Em "O Corintiano", Amacio Mazzaropi é 'Seu' Manuel, um barbeiro fanático pelo Corinthians Paulista. Ele é capaz das maiores loucuras para torcer pelo seu time do coração como andar com um burro preto e branco, bater boca com torcedores de times rivais, fazer promessas malucas e orações, passar por sofrimentos, xingar na arquibancada e comprar todos os jornais das bancas quando seu time perde.

Reprise. 98 min.
Classificação Indicativa: Livre

Domingo, 24 de julho

Sessão Família: Boonie Bears, O Grande Segredo
14h00, na TV Brasil

Título original: Boonie Bears: The Big Top Secret. País: China. Ano: 2016. Gênero: animação. Direção: Leon Ding.

O urso Briar fica frustrado com seus amigos e está infeliz com a vida que leva. Para mudar o rumo, decide se juntar a um circo itinerante quase falido que é comandado pelo gorila Hugo. Bem recebido pelo grupo, ele se sente em casa e traz uma nova energia ao show da trupe.

Com seu jeito alegre, Briar logo conquista novas amizades e traz fama no local. O reconhecimento, porém, pode prejudicar os planos do urso já que cria a possibilidade de Briar ser encontrado. Ele não deseja ser descoberto para não estragar sua nova vida que considera perfeita.

A magia do picadeiro faz com Briar que não tenha saudades de casa, mas essa sensação pode durar apenas algum tempo... Enquanto isso, Bramble, o irmão de Briar, e seus amigos da floresta estão preocupados a sua procura. Todos estão desesperados para encontrá-lo e finalmente levá-lo para casa.

A animação "Boonie Bears: O Grande Segredo" é o terceiro longa-metragem da franquia que faz sucesso entre o público infantil. Lançada em 2016, esta parte da sequência da produção para a garotada traz uma série de personagens encantadores que envolvem as crianças de muitos países.

Reprise. 93 min.
Classificação Indicativa: Livre

Domingo, 24 de julho

Festival de Cinema: Chef
16h00, na TV Brasil

Título original: Chef. País: Estados Unidos. Ano: 2014. Gênero: comédia. Direção: Jon Favreau. Elenco: Jon Favreau, Sofía Vergara, Emjay Anthony, John Leguizamo, Scarlett Johansson, Oliver Platt, Bobby Cannavale, Amy Sedaris, Robert Downey Jr., Dustin Hoffman.

Carl Casper (Jon Favreau) é o chef do badalado restaurante Gauloises, em Los Angeles. Ele já foi considerado uma estrela em ascensão no que diz respeito à cozinha autoral, mas dez anos como principal nome do cultuado estabelecimento foram suficientes para que a sua veia criativa esmorecesse.

Embora popular com sua equipe de cozinha, Carl entra em conflito com o dono do restaurante, Riva (Dustin Hoffman). O proprietário tenta limitar o chef à culinária clássica em vez de experimentar o preparo de pratos diferentes. Isso vai irritando Carl que deseja inovar no cardápio e deixar de fazer apenas as receitas mais pedidas pelos clientes.

Quando Ramsey Michel (Oliver Platt), um renomado crítico gastronômico, vai ao restaurante e publica uma crítica bastante negativa, baseada justamente no fato do cardápio ser pouco criativo, Casper fica furioso, vai tirar satisfação com o ilustre cliente e acaba demitido.

A briga é gravada, o vídeo vai parar na internet e se torna viral, o que fecha as portas para Carl nos demais restaurantes. Ou seja, além do emprego, ele acaba manchando sua reputação e perde o prestígio que demorou anos para conquistar.

Após tantos conflitos o deixarem desempregado, Carl está com a carreira arruinada. A situação parece não ter solução até sua endinheirada ex-esposa, Inez (Sofía Vergara), propor uma solução pouco ortodoxa para ele em Miami. A ricaça sugere reformar um velho food truck para o chef oferecer cozinha de qualidade em seus próprios termos.

Carl aceita a proposta a fim de recuperar sua criatividade no preparo de alimentos. Apesar do relacionamento difícil com Inez e seu filho pré-adolescente vidrado em tecnologia, Percy (Emjay Anthony), o chef abraça a ajuda. Sem saída, Carl recebe o apoio financeiro que serve para reiniciar a vida no comando de seu próprio trailer de comida.

Agora com o apoio de seu filho, Percy, e de um velho colega, Martin (John Leguizamo), Carl faz uma viagem pela América com o veículo para redescobrir sua paixão gastronômica. O trio dirige o caminhão pelo país, da Flórida até a Califórnia, servindo sanduíches cubanos e batatas fritas.

Enquanto Percy os promove nas redes sociais, a comida faz sucesso em várias cidades, onde as iguarias diárias de Carl encantam as pessoas. A visibilidade pode dar um novo rumo à vida profissional e afetiva do chef. Assim, ele reencontra a chama perdida de seu instinto criativo e, simultaneamente, refazendo laços com os mais próximos.

Com o conhecimento técnico de Percy e o entusiasmo de Martin, Carl percebe que está criando uma sensação de viagem no caminho para casa. Ao fazer isso, ele repara que está servindo mais do que simplesmente comida, mas também uma conexão mais profunda com sua trajetória e sua família que é verdadeiramente deliciosa do seu próprio jeito.

Reprise. 115 min.
Classificação Indicativa: 10 anos.

Domingo, 24 de julho

Cine Doc: Mussum, Um Filme do Cacildes
23h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano: 2019. Direção Susana Lira. Roteiro: Bruno Passeri e Michel Carvalho.

Mussum - Um filme do Cacildis” é um documentário que conta a trajetória do músico e comediante Mussum. Primeiro como vocalista do grupo Os Originais do Samba e depois no cinema e na TV, como integrante do humorístico Os Trapalhões, grupo que revolucionou a forma de fazer humor na teledramaturgia brasileira.

De forma irreverente e com estética gráfica inovadora nos cenários e na composição visual, contando com a narração do ator Lázaro Ramos e emocionante trilha sonora do músico Pretinho da Serrinha, o filme se propõe a trazer para o cinema a verdadeira essência de Mussum dentro da mesma batida sincopada em que viveu sua vida.

O documentário vai revelar ao grande público quem era o homem por trás do artista que brilhou por todas as áreas das artes brasileiras e que continua presente até hoje como um ícone pop nas redes sociais, em camisetas, campanhas publicitárias e na memória afetiva dos brasileiros.

Reprise. 75 min.
Classificação Indicativa: 10 anos

Domingo, 24 de julho

Cine Retrô: Uma Pistola Para Djeca
03h30, na TV Brasil (madrugada de domingo, dia 17/07, para segunda-feira, dia 18/07)

País: Brasil. Ano de estreia: 1969. Gênero: comédia. Direção: Ary Fernandes. Elenco: Amácio Mazzaropi, Nello Pinheiro, Elizabeth Hartman, Patricia Mayo, Rogério Camara.

Amácio Mazzaropi interpreta Gumercindo, um homem pobre e honesto que tem sua filha seduzida pelo filho do fazendeiro. A garota fica grávida, mas a criança é motivo de chacotas por não ter pai.

O patrão acaba expulsando o trabalhador de suas terras e Gumercindo se une aos fazendeiros vizinhos para o ajuste de contas. Agora a justiça deverá ser feita, só será preciso que algum louco dê Um Pistola para Djeca.

Reprise. 90 min.
Classificação Indicativa: 14 anos

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code