Ad Code

TV Brasil - Programação de Filmes de 25 a 31 de julho

Divulgação

Confira a programação de filmes da TV Brasil de 25 a 31 de julho.

Segunda, 25 de julho

Sessão Família: Agente Mirim
14h00, na TV Brasil

Título original: Ace the Case. País: Estados Unidos. Ano: 2016. Gênero: infantil, aventura. Direção e roteiro: Kevin Kaufman. Elenco: Susan Sarandon, Ripley Sobo, Lev Gorn, Aaron Sauter, Marc Menchaca.

A mãe de Olivia (Ripley Sobo) sai numa viagem de negócios e deixa a menina sozinha em casa com seu irmão mais velho, o jovem Miles (Aaron Sauter) no comando da casa. Durante a primeira noite, Olivia adormece no sofá.

A garotinha acorda e não percebe que já é muito tarde. Olivia decide sair para caminhar com seu cachorro Charlie sem que Miles note sua ausência. Ela acaba testemunhando uma mulher sendo sequestrada nas ruas de Nova York.

Olivia corre para casa e avisa a Miles que a vizinha foi levada como refém, mas o rapaz não acredita na irmã. Na manhã seguinte, a menina explica o que aconteceu a polícia, mas os oficiais também não a levam a sério.

Apenas a detetive cínica Dottie Wheel (Susan Sarandon) escuta Olivia, mas mesmo assim também é cética quanto ao sequestro. Destemida, Olivia bravamente lança sua própria investigação e mostrar seu valor. A garota coloca sua vida em risco para desvendar o crime e salvar sua vizinha.

Reprise. 94 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Segunda, 25 de julho

Cine Retrô: O Corintiano
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de segunda, dia 25/7, para terça, dia 26/7)

País: Brasil. Ano: 1967. Gênero: comédia. Direção: Milton Amaral. Elenco: Amácio Mazzaropi, Elizabeth Marinho, Lúcia Lambertini, Carlos Garcia, Roberto Pirillo, Leonor Lambertini, Nicolau Guzzardi, Roberto Orosco.

Em "O Corintiano", Amacio Mazzaropi é 'Seu' Manuel, um barbeiro fanático pelo Corinthians Paulista. Ele é capaz das maiores loucuras para torcer pelo seu time do coração como andar com um burro preto e branco, bater boca com torcedores de times rivais, fazer promessas malucas e orações, passar por sofrimentos, xingar na arquibancada e comprar todos os jornais das bancas quando seu time perde.

Reprise. 98 min.
Classificação Indicativa: Livre

Terça, 26 de julho

Sessão Família: As Aventuras do Avião Vermelho
14h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano: 2013. Gênero: animação. Direção: Frederico Pinto e Jose Maia. Elenco: Pedro Yan, Milton Gonçalves, Lázaro Ramos e Zezeh Barbosa, Sérgio Lulkin, Wandi Doratiotto.

Inspirado no livro homônimo lançado em 1936 pelo escritor gaúcho Érico Veríssimo, o filme de animação "As Aventuras do Avião Vermelho" (2013) tem as vozes dos personagens dubladas por astros da dramaturgia brasileira como Milton Gonçalves, Lázaro Ramos e Zezeh Barbosa.

A trama do longa-metragem nacional conta a história de Fernandinho (Pedro Yan), um menino de 8 anos, que perdeu a mãe e tornando-se um garoto solitário, sem amigos e com problemas de relacionamento com o pai (Sérgio Lulkin) e na escola.

Sem saber como lidar com a situação, o pai tenta conquistá-lo com presentes. Nada funciona até que ele dá para o filho um livro de sua infância. Encantado com a história, Fernandinho decide que precisa de um avião para salvar o Capitão Tormenta – aviador personagem do livro, que está preso no Kamchatka.

A bordo do Avião Vermelho (Milton Gonçalves) e junto com seus brinquedos favoritos, Ursinho (Wandi Doratiotto) e Chocolate (Lázaro Ramos), que ganham a vida com sua imaginação, Fernandinho visita lugares inusitados.

O garotinho viaja em seus pensamentos até a Lua e vai ao fundo do mar além de percorrer diferentes territórios - África, China, Índia, Rússia. Ao longo dessa jornada, Fernandinho descobre o prazer da leitura, a importância de ter amigos e o amor do pai.

Reprise. 72 min.
Classificação Indicativa: Livre

Terça, 26 de julho

Cine Retrô: Meu Japão Brasileiro
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de terça, dia 26/7, para quarta, dia 27/7)

País: Brasil. Ano: 1965. Gênero: comédia. Direção: Glauko Mirko Laurelli. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Célia Watanabe, Zilda Cardoso, Carlos Garcia, Reynaldo Martini, Adriano Stuart Elk Alves, Francisco Gomes, Judith Barbosa, Bob Junior, Ivone Hirata, Luiz Tokio, Luzia Yoshigumi.

Em uma comunidade rural nipo-brasileira, Amácio Mazzaropi vive um agricultor chamado Fofuca que enfrenta a exploração descarada do "seu" Leão, responsável por intermediar os negócios entre os produtores e o comércio na cidade.

Após muito penar em suas mãos, Fofuca articula com os camponeses a formação de uma cooperativa agrícola. Leão e seus filhos, entretanto, não vêem com bons olhos esta iniciativa e vão fazer de tudo para impedir Fofuca e seus amigos de conseguirem se dar bem neste Japão brasileiro.

Reprise. 102 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Quarta, 27 de julho

Sessão Família: Bons de Bico
14h00, na TV Brasil
Título original: Free Birds. País: Estados Unidos. Ano: 2013. Gênero: animação. Direção: Jimmy Hayward.

Rivais, Reggie e Jake são dois perus que realmente não se relacionam bem. Apesar disso, eles são obrigados a colocar as diferenças de lado em prol de um bem maior assim. A dupla vai embarcar em uma aventura bastante inusitada ao viajar no tempo para mudar os rumos da História. Eles devem tentar eliminar o peru do cardápio tradicional das festas de fim de ano.

Considerado um bicho diferente, Reggie não se sente como as outras aves do sítio em que vive. Ele percebe que os fazendeiros estão apenas engordando os animais para devorá-los mais tarde, mas ninguém presta atenção no que o peru diz.

Quando chega a sua vez de ser morto no Dia de Ação de Graças, Reggie tem sorte, pois é poupado pelo presidente dos Estados Unidos e adotado por sua filhinha, levando então uma vida de conforto e mordomias.

Um dia, Reggie é buscado por Jake, um peru corajoso que recebeu ordens superiores para resgatá-lo. Segundo os planos, os dois animais devem entrar em uma máquina do tempo, voltar no século XVII e impedir que os colonos americanos tenham a ideia de matar perus nas festas de fim de ano.

Reggie não tem a menor intenção de fazer a viagem, mas é obrigado por Jake a aceitar a aventura. Quando volta no tempo, a dupla vai conhecer um mundo cheio de perigos, incluindo cães selvagens e caçadores de perus, mas também novas amizades e amores.

Reprise. 91 min.
Classificação Indicativa: Livre

Quinta, 28 de julho

Sessão Família: O Noivo da Girafa
14h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano: 1957. Gênero: comédia. Direção: Victor Lima. Elenco: Amácio Mazzaropi, Glauce Rocha, Roberto Duval, Nieta Junqueira, Manoel Vieira, Celeneh Costa, Francisco Dantas, Palmerim Silva, Arnaldo Montel, Benito Rodrigues, Joyce de Oliveira, Pachequinho, Armando Nascimento, Carlos Duval, Walter Moreno, Ferreira Leite, Waldir Maia, Véra Lucia.

Funcionário do Zoológico do Rio de Janeiro, Aparício Boamorte (Amácio Mazzaropi) desenvolve um laço afetivo com a girafa do parque, com quem costuma conversar enquanto trabalha. O humilde tratador de animais vira alvo de chacota dos colegas, que o apelidam de Noivo da Girafa.

Dono da pensão onde Aparício mora, Seu Gonçalves (Manoel Vieira) reclama pelo atraso no pagamento. Já a solteirona Inesita (Glauce Rocha) e o Poeta (Roberto Duval), pretenso filósofo, mas pianista de cabaré, tentam compreender a simplicidade de Boamorte, um homem do interior.

As filhas de Seu Gonçalves, Aninha (Vera Lucia) e Clara (Celeneh Costa), também simpatizam com o pobre cuidador de animais. Quando Aninha adoece de repente, logo suspeita-se que Aparício tenha contaminado a menina com alguma doença proveniente dos animais.

Sem dinheiro para atendimento médico, Aparício se consulta com o veterinário do zoológico. Após um exame de sangue, o clínico constata que o tratador de animais tem leucemia terminal e apenas 15 dias de vida.

A notícia se espalha e os conhecidos de Aparício passam a tratá-lo bem. Já o dono da pensão vê nisso uma oportunidade e tenta arranjar o casamento de sua filha mais velha, Clara, com Aparício. Seu plano é torná-la herdeira da fortuna de um tio rico do cuidador de animais.

Realizada em 1957, a comédia O Noivo da Girafa é parte da trilogia carioca de Amácio Mazzaropi, ao lado de Fuzileiro do Amor e Chico Fumaça. Filmado nos estúdios da antiga TV-Rio, o longa-metragem traz imagens do Rio de Janeiro da época, incluindo o Corcovado, o bondinho do Pão de Açúcar e a praia de Copacabana.

A trilha sonora é assinada pelo maestro Radamés Gnatalli e as canções são interpretadas pelo próprio Mazzaropi.

Reprise. 92 min.
Classificação Indicativa: Livre

Quinta, 28 de julho

Cine Retrô: Sherlock de Araque
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de quinta, dia 28/7, para sexta, dia 29/7)

País: Brasil. Ano: 1958. Gênero: comédia. Direção e roteiro: Victor Lima. Elenco: Carequinha, Costinha, Fred, Celeneh Costa, Delorges Caminha, Carlos Tovar, Wilson Grey, Hamilton Ferreira, Mara di Carlo, Geraldo Meyer, Joel Vaz, Maurício Sherman, Carlos Imperial.

Atrapalhados, os guardas civis Sertório (Carequinha) e Deodato (Costinha) fazem a ronda noturna no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro. Os dois reclamam do horário, pois Deodato mal vê sua esposa, que trabalha quando ele chega e vice-versa. Já Sertório não suporta a vizinhança barulhenta.

Deodato estuda os romances protagonizados pelo detetive Sherlock Holmes e usa a técnica de dedução dele para observar os moradores. Mas suas deduções são sempre equivocadas.

Os dois estão sempre às voltas com o notório batedor de carteiras Cabrobó (Hamilton Ferreira) e com as confusões causadas pelos jovens rebeldes do bairro, que se reúnem em um clube de rock local.

Quando ladrões cavam um túnel para roubar um cofre da loja de modas do Doutor Abreu (Delorges Caminha), os guardas têm, enfim, a chance de impedir um crime.

A comédia "Sherlock de Araque" é estrelada pelo humorista Costinha e pelo Palhaço Carequinha, que atua sem seus trajes circenses. O elenco ainda tem a participação de nomes como Maurício Sherman e Carlos Imperial. O produtor artístico ainda faz um número musical com Paulo Silvino.

Reprise. 80 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Sexta, 29 de julho

Sessão Família: O Segredo do Vale da Lua
14h00, na TV Brasil

Título original: The Secret of Moonacre. País: Reino Unido. Ano: 2008. Gênero: aventura. Direção: Gábor Csupó. Elenco: Dakota Blue Richards, Ioan Gruffudd, Tim Curry, Natascha McElhone e Juliet Stevenson, Michael Webber.

Bela Bontempo (Dakota Blue Richards) é uma órfã de 13 anos, que após a morte de seu pai, precisa se mudar da mansão luxuosa em que mora com várias mordomias para a sombria casa de seu tio Benjamin (Ioan Gruffudd), no misterioso Vale da Lua. Ao passear pela floresta próxima a sua nova residência, ela descobre uma maldição que divide duas famílias há séculos e que põe em risco o próprio vale.

Em um mundo misterioso e cheio de disputas de interesse e poder entre o tio e a sinistra família de Coeur De Noir, a jovem descobre que ela é o centro de tudo, uma vez que é a última princesa herdeira da linhagem. Bela será guiada por uma legião de estranhos aliados na tentativa de manter a honra de sua família e evitar que o Vale da Lua desapareça para sempre.

Para salvar o local, ela precisa quebrar o feitiço antes da 5.000ª lua cheia. A jovem conta com a ajuda do chefe Pierre (Michael Webber), um cozinheiro maluco, a sra. Lavandísca (Juliet Stevenson), sua babá, e o cão Rufus. No decorrer do filme Bela conhece Robin (Augustus Prew), o mais jovem da família Coeur De Noir, rival da sua, e os dois acabam se afeiçoando um pelo outro, ajudando a salvar o Vale da Lua.

Reprise. 103 min.
Classificação Indicativa: 12 anos.

Sexta, 29 de julho

Cine Nacional: Bem Casados
22h30, na TV Brasil
03h45, na TV Brasil (madrugada de sexta, dia 29/7, para sábado, dia 30/7)

País de Origem: Brasil. Ano: 2015. Gênero: Comédia Romântica. Diretor: Aluizio Abranches. Elenco: Alexandre Borges, Letícia Lima, Camila Morgado, Fernanda Nizzato, João Gabriel Vasconcellos, Bianca Comparato

Heitor (Alexandre Borges) é um solteirão convicto que ganha a vida filmando festas de casamento. Durante os preparativos para cobrir mais um casamento ele conhece Penélope (Camila Morgado), uma mulher sensual e independente que está determinada a acabar com a festa antes mesmo que ela comece. A missão de Heitor é garantir que o casamento saia exatamente como os noivos querem. Já para Penélope, a cerimônia é a oportunidade perfeita para executar o seu plano. Juntos, essa dupla surpreendente, e um tanto atrapalhada, dará aos noivos muito mais emoção do que eles jamais imaginaram. Afinal, bem casados só os doces.

Reprise. 100 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Sábado, 30 de julho

Cine Retrô: O Jeca e a Freira
16h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano de estreia: 1968. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Mauricio do Valle, Elizabeth Hartman, Carlos Garcia, Ewerton de Castro.

Em uma fazenda localizada numa cidadezinha no interior do Brasil, no século XIX, um senhor de terras responsabiliza-se pela educação da filha de um dos seus colonos. Ele se afeiçoa a menina como se fosse sua própria filha.

Anos mais tarde, quando a jovem regressa do colégio em companhia de uma freira, o fazendeiro faz de tudo para que ela não reconheça seus verdadeiros pais.

Neste longa, o humorista Amácio Mazzaropi vive o protagonista e também dirige a comédia.

Reprise. 102 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Sábado, 30 de julho

Cine Retrô: Jecão... Um Fofoqueiro no Céu
21h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano: 1977. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi e Pio Zamuner. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Paulo Greven, Dante Ruy, Gilda Valença, Denise Del Vecchio, Edgard Franco, Elizabeth Hartman, João Paulo, Leonor Navarro, Rose Garcia, Armando Paschoalim.

Jecão Espinheiro vê-se envolvido com problemas relacionados à sua sorte com dinheiro. Ele e o filho Martinho ganham na Loteria "Espiritiva" e vão para São Paulo receber o prêmio. Quando voltam para cidadezinha onde moram, são recebidos pela população fanfarra, faixa de boas-vindas e muita festa, mas também por olhos cobiçosos.

A fortuna desperta o interesse de um latifundiário da região, Chico Fazenda, que, com seus capangas, assalta Jecão e o mata. Graças às suas boas ações, Jecão vai parar no céu, um achado cenográfico bem ao estilo popular do caipira. Há no filme sequências impagáveis das sessões espíritas. Em uma delas, o protagonista volta à Terra para realizar seu próprio enterro, provocando confusão, medo e correria em praça pública.
 
Para desespero dos santos, toda vez que volta ao céu, Jecão promove bailinhos para animar os anjos e é punido pelo pecado da indisciplina. Diante das estripulias do Jecão no céu, realiza-se uma reunião de cúpula entre os santos para decidir sua sorte. Como ele não pode ficar mais lá, nem ser mandado para o inferno, o conselho decide-se pela única saída: a reencarnação.

Reprise. 98 min.
Classificação Indicativa: Livre

Domingo, 31 de julho

Sessão Família: Will – Em Busca do Sonho
14h00, na TV Brasil

Título original: Will. País: Reino Unido. Ano: 2011. Gênero: drama. Direção: Ellen Perry. Elenco: Perry Eggleton, Damian Lewis, Bob Hoskins, Jane March, Alice Krige, Rebekah Staton, Neil Maskell, Kristian Kiehling.

Grande fã de futebol, o pequeno Will Brennan (Perry Eggleton) é um garoto de 11 anos, torcedor fanático do Liverpool. Na escola pública em que estuda, no sul da Inglaterra, o amor e conhecimento do esporte é tudo o que sustenta a sua rotina.

Desde a morte da mãe, o menino vive em um internato. Após três anos de afastamento, Gareth (Damian Lewis), o pai de Will, surge repentinamente na vida do filho. Ele traz consigo duas entradas para eles assistirem à final da Liga dos Campeões em Istambul, na Turquia. Na decisão pelo título, o time inglês enfrenta a poderosa equipe do Milan, da Itália. Apaixonado pelo esporte, Will adora a novidade.

Apesar da felicidade inicial, nem tudo são flores na vida do garotinho. Ele sofre um novo revés quando o pai morre inesperadamente antes da viagem para acompanhar o jogo tão esperado. O órfão supera a tristeza e permanece determinado a cumprir o combinado.

Will quer honrar a memória do pai e chegar à capital turca para ver a partida de futebol por conta própria. O jovem decide encarar seus medos e embarca em uma emocionante jornada cheia de desafios para realizar seus sonhos.

Durante a viagem da Inglaterra para a Turquia, o menino encontra um ex-astro do futebol que pendurou as chuteiras. Mesmo relutante de início, o jogador aposentado sente-se inspirado pela vontade do garoto e o ajuda a alcançar o seu objetivo.

Reprise. 102 min.
Classificação Indicativa: Livre

Domingo, 31 de julho

Festival de Cinema: Florence – Quem é Essa Mulher
16h00, na TV Brasil

Título Original: Florence Foster Jenkins. País de Origem: Reino Unido, França. Ano: 2016. Diretor: Stephen Frears. Gênero: Biografia, Drama, Comédia romântica. Elenco: Meryl Streep, Hugh Grant, Simon Helberg, Rebecca Ferguson, Nina Arianda

Meryl Streep é Florence Foster na história real de uma rica herdeira novaiorquina que perseguiu seu sonho de se tornar uma grande cantora. Para ela sua voz era perfeita, mas para todos era hilariamente horrível.  Seu companheiro, Bayfield (Hugh Grant), um aristocrata inglês, tenta proteger sua amada Florence longe da verdade, mas ele enfrentará o seu maior desafio quando Florence decide fazer uma apresentação no Carnegie Hall.

Reprise. 111 min.
Classificação Indicativa: 10 anos

Domingo, 31 de julho

Cine Doc: Paisagem – Um Olhar Sobre Roberto Burle Marx
23h00, na TV Brasil

País: Brasil. Ano: 2018. Diretor: João Vargas Penna. Gênero: Documentário.

A vida e a obra de Roberto Burle Marx ganham um recorte neste documentário. Passeando pela arte e personalidade do paisagista, pintor e escultor brasileiro, o filme apresenta suas ideias em forma de homenagem, com uma sucessão de paisagens sensoriais, que resgatam sua trajetória. Burle Marx projetou praças e jardins em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Recife.

“Burle Marx foi um mestre na construção de espaços públicos, locais de convívio e harmonia com a natureza. Num mundo cada vez mais cheio de barreiras e conflitos, me parece da maior importância mostrar a obra desse artista e cidadão que criou espaços de deleite e aproximação entre os homens e o meio ambiente. Quis mostrar o homem a partir de seu mundo diverso e sensual, misturando imagens de diversos formatos num percurso por seu sítio, por suas obras e por paisagens naturais ou construídas que o motivaram”, conta o diretor João Vargas Penna.

Reprise. 72 min.
Classificação Indicativa: Livre

Domingo, 31 de julho

Cine Retrô: No Paraíso das Solteironas
03h45, na TV Brasil (madrugada de domingo, dia 31/7, para segunda, dia 1/8)

País: Brasil. Ano de estreia: 1969. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Átila Iório, Carlos Garcia, Elizabeth Hartman.

Amácio Mazzaropi interpreta o matuto Joaquim Kabrito, caboclo acostumado com a vida do interior. O protagonista não poderia imaginar que ao tentar a sorte na cidade grande seria alvo dos olhares de desejo de uma turma de solteironas loucas por um tipão assim como ele.

Na bagunça, Joaquim Kabrito ainda tem tempo para se envolver em confusões com a dona do hotel e é colocado às voltas com uma quadrilha e um grupo de ciganos.

Reprise. 95 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code