Ad Code


A história de Maria Quitéria é tema do podcast 'Mulheres na Independência'

Divulgação 

Maria Quitéria tinha trinta anos, não era casada, nem tinha filhos – algo absolutamente incomum para os padrões da época - e sentia uma vontade enorme de lutar pela libertação do Brasil-Colônia. Um emissário das forças da resistência estava em busca de voluntários dispostos a combater os portugueses, em plena guerra pela Independência, e convocou a família do fazendeiro Gonçalo Alves de Almeida. Gonçalo não se entusiasmou, alegando que não tinha filho homem em idade para ser soldado. O que ele não imaginava era que sua filha mais velha, Maria Quitéria de Jesus, almejava se juntar aos patriotas. A trajetória dela é contada no quinto episódio de 'Mulheres na Independência', podcast original Globoplay que traz a história de seis brasileiras pioneiras que exerceram variados papéis influenciando diretamente o movimento político e social do país. A roteirista Antonia Pellegrino narra a jornada da combatente, enquanto a historiadora Heloísa Starling mergulha no contexto histórico das batalhas pela independência. 

Durante o movimento pró-independência no Recôncavo Baiano, entre 1822 e 1823, Maria Quitéria avisou ao pai que ia para a guerra. A reação paterna foi furiosa e previsível: “Mulher não vai à guerra”. Quitéria fugiu de casa, cortou o cabelo, vestiu uma farda de seu cunhado, adotou o nome de soldado Medeiros e se alistou. 

“Ela fiava, tecia, bordava – e caçava. Aprendeu a manejar armas de fogo para caçar e se defender.  Maria Quitéria era tão hábil no manejo de armas de fogo que logo se destacou entre os demais voluntários e jurou bandeira no Batalhão de Voluntários do Príncipe, que tinha o apelido de Batalhão dos Periquitos por causa dos punhos e das golas verdes do uniforme dos soldados. Eles se tornaram uma das unidades mais famosas da guerra pela independência”, destaca Antonia Pellegrino. 

No início de 1823, Maria Quitéria assumiu ser uma mulher à frente da guerra e foi reconhecida pelo seu devido valor. A partir desse momento, passou a integrar a tropa vestindo fardas com um saiote por cima. 

‘Mulheres na Independência’ é um projeto original Globoplay, produzido pela Pipoca Sound, especializada na produção de podcasts e mídias audiovisuais. Para ouvir o quinto episódio, que traz a história de Maria Quitéria, clique aqui. A série narrativa tem seis episódios, publicados às quartas-feiras, com encerramento no dia 07 de setembro, marco dos 200 anos da Independência do Brasil. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code