Ad Code

CNN Brasil promove sabatina com candidatos ao governo de seis estados e Distrito Federal

Kelly Queiroz/Divulgação

A CNN Brasil, marca multiplataforma consolidada no noticiário geral e de política no País, faz sua estreia na cobertura de eleições estaduais realizando sabatinas com os pretendentes ao governo em caráter nacional, ao abranger estados de todas as Regiões do Brasil.

A primeira de uma série de sabatinas será com os candidatos ao governo do Rio Grande do Sul, a partir da próxima segunda-feira, dia 8/08. As entrevistas seguintes irão também avaliar candidatos aos governos dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Amazonas, além do Distrito Federal, até setembro.

Em seus formatos, as sabatinas incluem até quatro candidatos de cada estado, selecionados de acordo com o resultado mais recente do agregador de pesquisas do site de eleições da CNN Brasil, com sete dias de antecedência. E a ordem dos sabatinados será definida, para cada estado, do 1º lugar (segunda-feira) até o 4º lugar (quinta-feira) na pesquisa do agregador.

As sabatinas com os pleiteantes ao governo gaúcho vão até a quinta-feira, 11, e terão Carol Nogueira como mediadora e Iuri Pitta como analista – ambos são apresentadores da CNN Brasil.

Ricardo Godoy/divulgação

Os candidatos avaliados serão Eduardo Leite (PSDB), Onyx Lorenzoni (PL), Edegar Pretto (PT) e Luis Carlos Heinze (PP), e as sabatinas acontecem diariamente, durante 20 minutos, das 17h30 às 17h50 com transmissão nos meios digitais da CNN Brasil: canal no YouTube e redes sociais.

A CNN Brasil, no ano de suas primeiras eleições gerais no País, investe todos os esforços em um trabalho amplo e abrangente, nos moldes do que é realizado por sua matriz nos EUA.

Por ser uma emissora que já nasceu multiplataforma com programação ao vivo, todas as frentes (televisão, rádio, YouTube, site e redes sociais) estarão atentas à cobertura das corridas para o Planalto, o Congresso Federal, governos estaduais e seus legislativos.

“Nosso objetivo é criar aqui a mesma cultura e para isso vamos proporcionar ao público uma cobertura jornalística de excelência, com rapidez nas informações e profundidade nas análises. Tivemos reforços na redação e em ferramentas tecnológicas. Nossa estratégia principal é investir no potencial de nossos colaboradores, que formam o time de jornalismo mais imparcial e criterioso do país”, conta o vice-presidente de Jornalismo, Leandro Cipoloni.

Sobre a linha editorial, a CNN Brasil possui regras que exigem apuração sólida e analítica por meio de uma visão imparcial no sentido de não corroborar com o clima de polarização e violência que estamos vivendo.

“Não vamos ceder a nenhum tipo de pressão. Desde o início, cumprimos nosso papel nesse ambiente hostil e chegamos preparados para enfrentar — o verbo correto é este — as eleições de outubro. Nossa cobertura é e será ancorada, com absoluto rigor, na imparcialidade, na independência e na defesa indelével da democracia. Além disso, nossos profissionais estão sendo treinados por uma equipe de segurança especializada em grandes eventos para evitar situações de violência. Não mediremos esforços na defesa de nossos colaboradores”, finaliza Cipoloni.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code