Ad Code

No Mundo da Bola, da TV Brasil, completa 500 programas neste domingo

Divulgação

Para celebrar a edição de número 500, o No Mundo da Bola exibe uma edição temática neste domingo (7), ao vivo, às 21h, na TV Brasil. A mesa redonda apresentada pelo jornalista Sergio du Bocage com a participação do comentarista titular Marcio Guedes recebe os craques Zico, Edu Coimbra e Zenon, ex-jogadores que brilharam nos gramados do país vestindo a camisa 10.

Com formato especial neste domingo, o programa dominical alcança a expressiva marca em nove anos de transmissões semanais na emissora pública. Os irmãos Zico e Edu Coimbra, astros do futebol carioca e ídolos das torcidas do Flamengo e do América, marcam presença no estúdio da atração, no Rio de Janeiro. O veterano Zenon, que fez história nos times paulistas, entra no papo direto de São Paulo, pela internet.

Origens da resenha esportiva

Considerado um dos principais debates esportivos da televisão brasileira, o No Mundo da Bola tem o título e o formato atuais desde 16 de junho de 2013. Na época, além dos anfitriões, o saudoso jornalista Alberto Léo também fazia parte do time de comentaristas fixos da produção que sucedeu o sucedeu "EsporTVisão".

A nomenclatura vigente teve inspiração nas ondas do rádio. A expressão adotada na TV Brasil homenageia o programa homônimo da Rádio Nacional que comemora 75 anos de estreia em 1º de setembro de 2022. A atração original foi criada e era feita pelo locutor esportivo Antônio Cordeiro.

A mesa redonda do canal público é uma das mais longevas do país. O tradicional bate-papo esportivo das noites de domingo está há mais de quatro décadas na telinha, desde a época da antiga TV Educativa do Rio de Janeiro.

O saudoso jornalista Luiz Mendes apresentou o primeiro programa com essa concepção, chamado de "Terceiro Tempo", que estreou na TVE/RJ em 27 de junho de 1976. O experiente radialista conduzia a conversa sobre futebol que está na história da emissora e teve grandes profissionais do jornalismo em sua formação.

Bancada com craques da imprensa

Em mais de 40 anos, o programa no ar pela TV Brasil passou por diversas transformações. A mesa redonda dominical conquistou espaço cativo entre os fãs de futebol. A liderança do "comentarista da palavra fácil", na década de 1970, foi o pontapé inicial quando Luiz Mentes trouxe a produção da extinta TV Rio.

De lá pra cá, o debate esportivo até mudou de dias da semana e horários, mas a tradição da TVE/RJ se manteve e, a partir dela, outras muitas surgiram e permanecem até hoje. O desempenho faz desse formato o mais tradicional do jornalismo esportivo televisivo.

Após Luiz Mendes, o programa teve apresentação de Luiz Orlando e passou a se chamar "Esporte Total". A bancada reunia ícones da imprensa como Achilles Chirol, Oldemário Touguinhó e Sérgio Noronha, entre outras personalidades como o ex-jogador e comentarista Gérson, o Canhotinha de Ouro.

Voz e bordões de Januário de Oliveira

A década de 1980 marca o início do narrador Januário de Oliveira na emissora. Agora sob o nome de "Esporte Visão", a atração também contava com as participações de Ruy Porto, Roberto Porto, Washington Rodrigues e Sergio Cabral. As reprises de jogos com a locução e os bordões inesquecíveis do veterano marcam essa época.

Em 1987, o atual apresentador Sergio du Bocage ficou à frente do programa por cerca de dois anos até a volta do titular Januário de Oliveira que havia se afastado após sofrer um infarto. O jornalista Raul Quadros assumiu a condução do bate-papo em 1990.

José Carlos Araújo, o Garotinho, teve passagem pela TVE/RJ no início daquela década quando a produção era chamada "Mesa Redonda". Na sequência, o jornalista Maurício Menezes comandou o dominical, agora como "Debate Esportivo". A partir de 1996, o narrador Ricardo Mazella apresentou o programa e dividiu a bancada com Sergio du Bocage.

Formato nas últimas décadas

No ano de 2001, uma parceria da TVE/RJ com o jornal O Dia permitiu as chegadas de astros da imprensa esportiva como Marcio Guedes, Paulo Stein e Alberto Léo. Nesse período, o programa adotou o título "Ataque", nome do caderno de esportes do jornal, e foi apresentado da redação, na Rua do Riachuelo. A bancada tinha participações fixas de Renato Gaúcho, Francisco Horta e Isabel, do vôlei, além de Bocage.

Já no ano seguinte, as transmissões lideradas por Marcio Guedes no "EsporTVisão" voltaram para a sede da emissora. Desde então, a apresentação ainda passou por craques do microfone como Paulo Stein, Sergio Mauricio e Henrique Marques, além de Ricardo Mazella e do próprio Bocage novamente.

Em 2011, o jornalista Flávio Winicki era o titular da mesa redonda e dividia a bancada com Sergio du Bocage que assumiu a apresentação no ano seguinte até que, em 2013, a atração teve renovação no cenário e ganhou o atual nome de No Mundo da Bola que se mantém até hoje na telinha da TV Brasil.

Interação com o público

Sempre ao vivo, aos domingos, às 21h, com uma hora de duração, o No Mundo da Bola recebe convidados na programação da TV Brasil para uma análise descontraída sobre os principais resultados esportivos da semana, com destaque para o futebol.

Apresentada por Sergio du Bocage com o comentarista titular Marcio Guedes, a mesa redonda traz uma enquete que conta com a participação dos comentaristas, dos convidados e dos telespectadores a cada edição.

Para participar da pesquisa, o público pode enviar mensagem de texto pelo WhatsApp para o número (21) 97148-9270. As respostas são lidas, ao vivo, no decorrer da atração. Os interessados ainda têm a opção de manifestar suas opiniões pelas redes sociais.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code