Ad Code

Os leoninos do Star+! Confira produções dos aniversariantes de agosto

Durante o mês de agosto, o signo de Leão é rei! E o Star+ preparou uma lista especial para celebrar o aniversário dos leoninos favoritos do público. Sinônimo de autoestima, confiança, lealdade e orgulho, as pessoas deste signo de fogo não passam despercebidas e costumam ter um senso de liderança muito forte. Confira, abaixo, os leoninos do Star+ e suas produções disponíveis na plataforma:

Steve Carell


O premiado ator, humorista, dublador, produtor, roteirista e diretor Steven Carell está prestes a completar 60 anos no próximo 16 de agosto. Ele coleciona papeis memoráveis, desde o amado/odiado Michael Scoot de “The Office” (2005) até Andy, um homem que busca por sua primeira vez em “O Virgem de 40 Anos” (2005), ambas produções disponíveis no Star+.  Além disso, o público pode conferir outros filmes de sucesso do ator, como “Pequena Miss Sunshine” (2006), “Uma Noite Fora de Série” (2010) e “A Guerra dos Sexos” (2017).

Viola Davis


Viola é uma leonina do dia 11 de agosto, considerada pela revista Times uma das 100 pessoas mais influentes do planeta duas vezes. Ela é atriz, produtora, e faz parte da Tríplice Coroa da Atuação, tendo ganhado: o Prêmio da Academia, o Prêmio Emmy e o Prêmio Tony. Na plataforma, produções como “Histórias Cruzadas” (2011), “As Viúvas” (2018), “Os Suspeitos” (2013), “Encontro Explosivo” (2010) são algumas das que ela já atuou.

Sean Penn


Sean Penn é a perfeita definição de uma pessoa do signo de Leão. Ele nasceu em 17 de agosto em uma família formada por astros: seu pai, Leo Penn, era diretor e ator e sua mãe, Eileen Ryan, atriz. E como uma maçã não cai longe da árvore, é claro que Penn iria se tornar uma estrela. No Star+, o público pode encontrar títulos como “Milk: A Voz da Igualdade” (2008), que lhe rendeu um Oscar® de Melhor Ator, “Carlito's Way” (1993), “A Vida Secreta de Walter Mitty” (2013) e “The Thin Red Line” (1998).

Jennifer Lawrence


Jennifer, como boa leonina que é, batalhou muito por seu espaço em Hollywood. Ela nasceu em 15 de agosto e cresceu no Kentucky, mas ainda jovem, se mudou para Nova York em busca de oportunidades como atriz. Apesar dos medos de sua mãe em ver a filha seguindo carreira artística, Lawrence logo se destacou em papeis importantes e conquistou o público. O trabalho da atriz pode ser visto no Star+ em filmes, como: a franquia “Jogos Vorazes: Em Chamas” (2013), “Jogos Vorazes: A Esperança” (2014) e “Jogos Vorazes: A Esperança - O Final” (2014), além de “Operação Red Sparrow” (2017), “Joy: O Nome do Sucesso” (2015), “Trapaça” (2013) e “O Lado Bom da Vida” (2012), que lhe rendeu, aos 22 anos, seu primeiro Oscar® de Melhor Atriz.

Charlize Theron


Nascida na África do Sul, em 7 de agosto, Charlize Theron possui em seu currículo diversos títulos de sucesso. Além de ser uma premiada atriz, está também envolvida em organizações pelos direitos da mulher, e apoia os direitos dos animais, sendo membro ativa do PETA. No Star+, o público pode conhecer um pouco mais de Theron em “Branca de Neve e o Caçador” (2012), “Velozes e Furiosos 8” (2017), “Velozes e Furiosos 9” (2021), “O Caçador e a Rainha do Gelo” (2016) e “Prometheus” (2012)

Mila Kunis


Leonina do dia 14 de agosto, Mila vem de uma família com origem judaica e nasceu na Ucrânia. Kunis começou sua carreira artística muito jovem, se tornando atriz, modelo e dubladora. Alguns títulos protagonizados pela atriz, como “Cisne Negro” (2010), “Ted” (2012), “Max Payne” (2008) e “Family Guy” (1999 – presente), onde ela dubla a adolescente Meg Griffin, estão disponíveis na plataforma.

Ben Affleck


Outro leonino do dia 15 de agosto, Ben Affleck começou sua carreira ainda criança, em programas educativos da PBS. Hoje, ele é um ator, diretor, roteirista e produtor muito prestigiado, tendo ganhado prêmios importantes como Oscar®, Globo de Ouro, SAG Awards e BAFTA por suas produções. Algumas delas, inclusive, podem ser assistidas no Star+, como “Garota Exemplar” (2014), “Demolidor - O Homem sem Medo” (2003), “Último Duelo” (2021) e “Intrigas de Estado” (2009).

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code